Vem aí a Noite dos Livros Censurados

Por: Beatriz Sertório a 2024-04-17

10%

Capitães da Areia
16,60€
10% CARTÃO LEITOR BERTRAND
PORTES GRÁTIS

10%

Novas Cartas Portuguesas
22,20€
10% CARTÃO LEITOR BERTRAND
PORTES GRÁTIS

10%

Admirável Mundo Novo
18,50€
10% CARTÃO LEITOR BERTRAND
PORTES GRÁTIS

10%

Por Quem os Sinos Dobram
19,99€
10% CARTÃO LEITOR BERTRAND
PORTES GRÁTIS

10%

Mataram a Cotovia
21,00€
10% CARTÃO LEITOR BERTRAND
PORTES GRÁTIS

10%

A casa dos espíritos
18,85€
10% CARTÃO LEITOR BERTRAND
PORTES GRÁTIS

30%

Persépolis
19,90€
30% CARTÃO LEITOR BERTRAND
PORTES GRÁTIS

10%

O Alquimista
16,60€ 14,94€
PORTES GRÁTIS

10%

Alice no País das Maravilhas
12,20€
10% CARTÃO LEITOR BERTRAND
PORTES GRÁTIS

10%

As Aventuras de Tom Sawyer
12,20€
10% CARTÃO LEITOR BERTRAND
PORTES GRÁTIS

Últimos artigos publicados

5 livros recomendados por Taylor Swift

Se for um verdadeiro “Swiftie”, de certeza que já está habituado a analisar todas as referências escondidas nas letras das canções de Taylor Swift. Mas será que sabe que elas são fortemente influenciadas pela literatura? Na semana em que Portugal recebe a cantora e compositora pela primeira vez, para dois concertos nos dias 24 e 25 de maio, partilhamos cinco livros recomendados por um dos maiores fenómenos de sempre do mundo da música.

“Deixemo-nos de tretas!” Duas ou três ideias sobre... a ilusão da comida saudável

“Quanto mais sabemos acerca de alimentação e de nutrição, pior as pessoas comem.”  Quem o afirma é Conceição Calhau, uma das mais prestigiadas investigadoras do país na área da nutrição e saúde, e autora do livro Deixemo-nos de tretas – A ilusão da comida saudável. Publicado pela Contraponto no passado mês de abril, este livro pioneiro procura desmascarar muitas das teorias que nos são vendidas sobre alimentação saudável e dietas milagrosas. Afinal, será que devemos mesmo comer tudo cozido e grelhado? Existem realmente alimentos “saudáveis”? Terão as calorias assim tanta importância? 

Cinco livros essenciais de Paul Auster

Ícone nova-iorquino, superestrela literária, santo padroeiro da cena literária de Brooklyn… Para várias gerações de leitores, Paul Auster foi isso e muito mais. A sua morte com 77 anos de idade, anunciada no passado dia 30 de abril, fez os cabeçalhos dos jornais do mundo, mas funcionou também como cruel lembrete de como o tempo, tema ao qual dedicou grande parte da sua obra, nem sempre lhe foi favorável. Autor de bestsellers como A Trilogia de Nova Iorque, Palácio da Lua e O Livro das Ilusões, nos quais se debruça de forma recorrente sobre temas como a memória, o envelhecimento, a solidão e a identidade, foi perdendo popularidade perante uma geração entre a qual acredita que: “já ninguém acredita que a poesia (ou a arte) pode mudar o mundo.”

No ano em que comemoramos 50 anos da Revolução que instaurou a liberdade em Portugal, o Plano Nacional de Leitura quer lembrar autores que foram e continuam a ser censurados ou banidos, em Portugal e no mundo. Durante a semana de 22 a 28 de abril, é lançado o desafio a bares, centros culturais, associações, livrarias, bibliotecas, institutos, teatros e outros, para que organizem noites de livros censurados, trazendo à luz textos e autores que ao longo da História foram votados à escuridão.
 

Contando com o apoio da APEL e do jornal Público, esta iniciativa pretende trazer a celebração da leitura para cenários informais, lembrando que os livros não são para ser venerados, nem fechados em armários. Pelo contrário, “os livros fizeram parte da revolução, fazem parte das nossas vidas como sociedade e do nosso crescimento”, afirmam num comunicado. Censurá-los ou bani-los restringe o nosso potencial de crescimento enquanto sociedade e limita a nossa capacidade de compreender o mundo ao nosso redor. Fique com algumas sugestões de leituras para participar nesta iniciativa.
 

Livros proibidos ou censurados em Portugal durante o Estado Novo:


Livros alvo de censura no mundo (séc. XX-XXI)


Livros censurados para os mais pequenos:

X
O QUE É O CHECKOUT EXPRESSO?


O ‘Checkout Expresso’ utiliza os seus dados habituais (morada e/ou forma de envio, meio de pagamento e dados de faturação) para que a sua compra seja muito mais rápida. Assim, não tem de os indicar de cada vez que fizer uma compra. Em qualquer altura, pode atualizar estes dados na sua ‘Área de Cliente’.

Para que lhe sobre mais tempo para as suas leituras.