blogue-somos-livros-lennart-heim-satc4UKQpa8-unsplash-tile.jpg

"Entrevista de emprego", de Filipa Leal

Em entrevista à revista Somos Livros, Filipa Leal confessou que se fosse um poema, as primeiras palavras seriam as de um soneto de Camões que desde a adolescência vem colando nas suas mesas de trabalho: "Que dias há que n’alma me tem posto / Um não sei quê, que nasce não sei onde, / vem não sei como e dói não sei porquê". Nasceu no Porto em 1979, e é poeta, jornalista e argumentista. Publicou o seu primeiro livro, lua-polaroid, em 2003, ao qual se seguiram oito títulos de poesia, entre os quais A Cidade Líquida, O Problema de Ser Norte, A Inexistência de Eva, ou, o mais recente Fósforos e Metal sobre Imitação de Ser Humano. Atualmente, colabora com o programa semanal Literatura Aqui, da RTP2, vencedor do Prémio SPA para Melhor programa de Entretenimento 2017.O poema "Entrevista de emprego" faz parte do livro Vem à Quinta-feira, o primeiro livro da autora a ser publicado pela editora Assírio e Alvim. 

blogue-somos-livros-5344-tile.jpg

Livro banido das escolas e bibliotecas de Hong Kong chega às livrarias

O recente desaparecimento de livros como os do ativista político Joshua Wong das bibliotecas e escolas de Hong Kong, é um exemplo da censura de que, ainda hoje, os livros são alvo em sociedades onde a liberdade de expressão é vista como uma potencial ameaça. O seu manifesto em prol da democracia, intitulado (Da falta de) Liberdade de Expressão, chega às livrarias no dia 17 de julho.

Estante_Biblioterapia_amante_370x235.png

Bula Literária | "A Amante do Governador", de José Rodrigues dos Santos

Indicado para fracos conhecimentos de História; falta de cultura geral; défice e imaginação; aborrecimento; tédio; apatia; amores difíceis.

blogue-somos-livros-gon_alo_cadilhe_1_1024_2500-tile.jpg

"Por este reino acima" | A arte de tratar "as estradas do mundo por tu"

De mochila às costas e bastão de caminhada na mão, Gonçalo Cadilhe segue, mais uma vez, o ímpeto que o acompanha desde os tempos de escuteiro: “Caminha até alcançares o início de ti mesmo” ou, pelo menos, até tratares “as estradas do mundo por tu”.

Estante_Biblioterapia_Guerrapaz_370x235.png

Bula Literária | "A guerra que acabou com a paz", de Margaret MacMillan

Indicado para colmatar qualquer tipo de lacuna sobre a história da Primeira Guerra Mundial; combater a falta de cultura geral; combater visões lineares e simplistas das causas para o conflito; entender melhor o presente e o actual jogo de forças políticas, financeiras e comerciais.

blogue-91RMBKWWsUL-tile.jpg

Somos de todas as cores

Decerto já te apercebeste de que, no mundo, existem pessoas de todos os tipos: altas, baixas, umas com o cabelo mais claro, outras com o tom de pele mais escuro, umas com olhos mais pequenos, outras com o nariz maior. Nem todos falam a mesma língua ou gostam dos mesmos alimentos; nem todos têm os mesmos hábitos ou as mesmas regras. A maior parte de nós não vê nesta diversidade um problema. No entanto, nem sempre é assim: algumas pessoas tratam mal aqueles que consideram diferentes delas. Seja pela cor da pele, pela religião que praticam ou pelo país onde vivem. A isto chama-se “racismo”; decerto já ouviste esta palavra muitas vezes. O racismo é uma forma de preconceito.

Estante_Biblioterapia_Outros_370x235.png

Bula Literária | "Os Outros", de C. J. Tudor

Indicado para aliviar sentimentos de injustiça, desejos de castigo e vingança, quadros de luto ou dor emocional e a sensação de desconsolo ou desamparo.

blogue-somos-livros-Desafio_Fb_julho-tile.png

Um mundo de todas as cores, com o Clube Bertrand Infantil

Todos os meses, o Clube Bertrand Infantil tem um desafio de leitura para ti com um tema diferente. O deste mês é Um mundo de todas as cores.

Estante_Biblioterapia_Gosto-ti_370x235.png

Bula Literária | "Gosto de ti (quase sempre)", de Anna Llenas

Indicado para eliminar o medo face ao que é diferente ou estranho; erradicar o racismo, a xenofobia, a ostracização, a segregação e o bullying; estimular a curiosidade do/a leitor/a pelo mundo que o/a rodeia; aprimorar a capacidade para gerir conflitos e encontrar soluções de compromisso.

X
O QUE É O CHECKOUT EXPRESSO?


O ‘Checkout Expresso’ utiliza os seus dados habituais (morada e/ou forma de envio, meio de pagamento e dados de faturação) para que a sua compra seja muito mais rápida. Assim, não tem de os indicar de cada vez que fizer uma compra. Em qualquer altura, pode atualizar estes dados na sua ‘Área de Cliente’.

Para que lhe sobre mais tempo para as suas leituras.