Bertrand.pt - Novas Cartas Portuguesas

Descubra mais

"Novas Cartas Portuguesas" e o caso das Três Marias Lisboa, maio de 1971. Maria Isabel Barreno, Maria Teresa Horta e Maria Velho da Costa escrevem Novas Cartas Portuguesas. Abordam temas proibidos e censurados durante o Estado Novo, como a guerra colonial, o adultério, a violação, o aborto e a subordinação da mulher. A obra é publicada em abril de 1972, pela Estúdios Cor, sob a direção literária de Natália Correia. Três dias depois, é proibido pelo regime, que o considerou “pornográfico e contrário à moral e aos bons costumes”, sendo grande parte dessa primeira edição recolhida e destruída. A obra rapidamente se torna num manifesto contra todas as formas de opressão e um símbolo da luta pela liberdade, igualdade e direitos da mulher. Partindo da história de Soror Mariana, as autoras abordam a clausura da mulher portuguesa no seu quotidiano, seja num convento ou na sociedade patriarcal do Estado Novo. Natália Correia, a mulher que era muitas Foi poetisa, dramaturga, ensaísta, jornalista e até deputada à Assembleia da República. Mas, acima de tudo, Natália Correia foi uma mulher que queria debater ideias e lutar por aquilo em que acreditava. Documentário sobre “Novas Cartas Portuguesas” no DocLisboa O documentário "O que podem as palavras", das realizadoras Luísa Sequeira e Luísa Marinho, sobre o livro Novas Cartas Portuguesas, de Maria Isabel Barreno, Maria Teresa Horta e Maria Velho da Costa, terá estreia mundial em outubro, no Festival Internacional de Cinema DocLisboa, que decorrerá entre 6 e 16 de outubro.

Novas Cartas Portuguesas

(Edição Anotada)

de Maria Isabel Barreno, Maria Velho da Costa e Maria Teresa Horta 

Editor: Dom Quixote
Formatos Disponíveis:
Portes
Grátis
20%
22,20€
17,76€
Em stock
portes grátis

«Reescrevendo, pois, as conhecidas cartas seiscentistas da freira portuguesa, Novas Cartas Portuguesas afirma-se como um libelo contra a ideologia vigente no período pré-25 de Abril (denunciando a guerra colonial, o sistema judicial, a emigração, a violência, a situação das mulheres), revestindo-se de uma invulgar originalidade e actualidade, do ponto de vista literário e social. Comprova-o o facto de poder ser hoje lido à luz das mais recentes teorias feministas (ou emergentes dos Estudos Feministas, como a teoria queer), uma vez que resiste à catalogação ao desmantelar as fronteiras entre os géneros narrativo, poético e epistolar, empurrando os limites até pontos de fusão.»
Ana Luísa Amaral in «Breve Introdução»

Outros livros da coleção

O Manual dos Inquisidores
10%
portes grátis
10% Cartão Leitor Bertrand
20,90€
Dom Quixote
Eu Hei-de Amar Uma Pedra
10%
portes grátis
10% Cartão Leitor Bertrand
24,90€
Dom Quixote
Novas Cartas Portuguesas
(Edição Anotada)
ISBN: 9789722040112 Editor: Dom Quixote Idioma: Português Dimensões: 119 x 181 x 31 mm Encadernação: Capa mole Páginas: 464 Tipo de Produto: Livro Coleção: Autores de Língua Portuguesa Classificação Temática: Livros  >  Livros em Português  >  Literatura  >  Epístolas e Cartas

Quem comprou também comprou

O Segundo Sexo - volume 2
20%
portes grátis
17,70€ 14,16€
Quetzal Editores
O Segundo Sexo - vol 1
20%
portes grátis
17,70€ 14,16€
Quetzal Editores
X
O QUE É O CHECKOUT EXPRESSO?


O ‘Checkout Expresso’ utiliza os seus dados habituais (morada e/ou forma de envio, meio de pagamento e dados de faturação) para que a sua compra seja muito mais rápida. Assim, não tem de os indicar de cada vez que fizer uma compra. Em qualquer altura, pode atualizar estes dados na sua ‘Área de Cliente’.

Para que lhe sobre mais tempo para as suas leituras.