romancista_como_vocacao_tile.png

Romancista como Vocação, de Haruki Murakami | Bula Literária

Neste livro envolvente, o premiado autor de bestsellers internacionais e famoso escritor de romances partilha com os leitores o que pensa sobre ser romancista e sobre o papel do romance na nossa sociedade; as suas origens como escritor; e as suas reflexões sobre o que inspira a criatividade dos outros escritores, artistas e músicos.

o_meu_primeiro_25_de_abril_tile.png

O Meu Primeiro 25 de Abril, de José Jorge Letria; Ilustração: Hélder Teixeira Peleja | Bula Literária

Este livro conta a história de um Abril muito especial que mudou a nossa História. Esse Abril, o do dia 25 e dos muitos que se lhe seguiram, pôs fim à guerra Colonial, à censura e aos muitos medos de todos os dias e todas as horas. O autor, que era jornalista e cantor, conta como viveu essas horas e esses dias com grande intensidade e emoção, aos leitores mais novos, que podem partilhá-la com os colegas de escola e com os amigos.

vemo_nos_em_agosto_tile.png

Vemo-nos em Agosto, de Gabriel García Márquez | Bula Literária

Todos os anos, a 16 de agosto, Ana Magdalena Bach apanha o ferry que a leva até à ilha onde a mãe está enterrada, para visitar o seu túmulo. Estas viagens acabam por ser um convite irresistível para se tornar uma pessoa diferente durante uma noite por ano.

o_meu_parto_tile.png

O Meu Parto, as Minhas Regras, de Mia Negrão | Bula Literária

É um facto: Portugal é um dos países da Europa com maior taxa de partos instrumentados, de episiotomias e de cesarianas. Hoje em dia fala-se cada vez mais em violência obstétrica, mas, apesar da atenção crescente dada pela sociedade, sobressai uma dúvida: como salvar as grávidas de uma experiência de parto traumático se estas não têm informação para perceberem que estão a ser enganadas? A resposta está neste livro.

zodiaco_tile.png

Zodíaco, de Ai Weiwei | Bula Literária

Ai Weiwei era ainda uma criança quando teve de se exilar, com a família, durante a Revolução Cultural. Foram várias as vezes em que a única coisa que tinha para ler eram as bandas desenhadas de propaganda política — e ficou espantado pela habilidade com que o artista exprimia ideias sobre arte e humanidade através de uma narrativa gráfica. Hoje, décadas depois, Ai Weiwei apresenta Zodíaco, as suas memórias em formato de novela gráfica.

kim_jiyoung_tile.png

Kim Jiyoung, nascida em 1982, de Cho Nam-Joo | Bula Literária

Quem é Kim Jiyoung?Kim Jiyoung é uma menina nascida de uma mãe cujos sogros queriam um menino. Kim Jiyoung é uma irmã obrigada a dividir um quarto enquanto seu irmão fica com um só para ele.Kim Jiyoung é uma mulher perseguida por professores do sexo masculino na escola.Kim Jiyoung é uma filha cujo pai a culpa quando ela é assediada na rua, à noite. Kim Jiyoung é uma boa aluna que não recebe qualquer referência para estágios. Kim Jiyoung é uma funcionária modelo, mas é esquecida nas promoções. Kim Jiyoung é uma esposa que abdica da sua independência por uma vida doméstica.Kim Jiyoung começou a agir de forma estranha.Kim Jiyoung está deprimida.Kim Jiyoung é todas as mulheres.

a_origem_do_tempo_tile.png

A Origem do Tempo, de Thomas Hertog | Bula Literária

A Origem do Tempo é a última teoria de Stephen Hawking, uma nova e impressionante visão do nascimento do universo que transformará profundamente a maneira como pensamos sobre o nosso lugar na ordem do cosmos.

quero_comer_o_teu_pancreas_tile.png

Quero Comer o Teu Pâncreas, de Yoru Sumino | Bula Literária

O sentido da vida e a alegria de amar num romance que desafia todas as convenções.

um_preto_tile.png

Um Preto Muito Português, de Telma Tvon | Bula Literária

Cabo-verdianos que vivem há muito em Portugal e neto de cabo-verdianos que nunca conheceram Portugal. Também é bisneto de holandeses que mal conheceram Portugal e de africanos que muito ouviram falar de Portugal. Vive em Lisboa, mas não é considerado alfacinha. Terminou a licenciatura na faculdade e vai trabalhar num call center, com outros negros e brancos, pobres e ricos. Budjurra faz parte de uma minoria que, lentamente, vai sendo cada vez menos minoria. É um preto português, muito português, que, ao longo do livro e das aventuras que relata, levanta questões relativamente a temas como racismo, discriminação, estereótipos, igualdade e humanidade, mas também música, rap, identidade — numa Lisboa morena e colorida que é necessário conhecer: «Posso dizer, sem qualquer orgulho, que sou um homem estranho. Tão estranho como a minha alma. […] E assim como os anos e meses fluem no meu espírito bom e impotente, continuo apenas mais um preto muito português.» Com a sua rara humanidade, Budjurra mostra-nos como se vive por dentro da invisibilidade da comunidade africana, como se lida com as narrativas falsas que a envolvem, como se sobrevive aos preconceitos e ao esquecimento.

X
O QUE É O CHECKOUT EXPRESSO?


O ‘Checkout Expresso’ utiliza os seus dados habituais (morada e/ou forma de envio, meio de pagamento e dados de faturação) para que a sua compra seja muito mais rápida. Assim, não tem de os indicar de cada vez que fizer uma compra. Em qualquer altura, pode atualizar estes dados na sua ‘Área de Cliente’.

Para que lhe sobre mais tempo para as suas leituras.