"Longa pétala de mar" conquistou o coração dos leitores Bertrand

Por: Bertrand Livreiros a 2020-07-21 // Coordenação Editorial: Marisa Sousa

Olga Tokarczuk

Olga Tokarczuk

Prémio Nobel da Literatura 2018

Olga Tokarczuk nasceu em Sulechów, uma pequena cidade polaca, em 1962. Formada em Psicologia, publicou o seu primeiro livro em 1989, uma coletânea de poesia intitulada Miasta w lustraché, seguindo-se os romances E. E. e Prawiek i inne czasy, tendo sido este último um sucesso.

A partir daí, a sua prosa afastou-se da narrativa mais convencional, aproximando-se da prosa breve e do ensaio. Uma das melhores e mais apreciadas autoras de hoje, a obra de Olga Tokarczuk tem sido alvo de várias distinções, nacionais e internacionais. Recebeu por duas vezes o mais importante prémio literário do seu país, o prémio Nike; em 2018, foi finalista do prémio Fémina Estrangeiro e vencedora do Prémio Internacional Man Booker. Os seus livros estão traduzidos em trinta línguas.

VER +
Isabel Allende

Isabel Allende

Isabel Allende nasceu em 1942 no Peru. Viveu no Chile entre 1945 e 1975, com largos períodos de residência noutros locais, na Venezuela até 1988 e, desde então, na Califórnia. Em 1982, o seu primeiro romance, A casa dos espíritos, converteu-se num dos títulos míticos da literatura latino-americana. Seguiram-se muitos outros, todos êxitos internacionais. A sua obra está traduzida em trinta e cinco línguas. Foi galardoada com o Prémio Nacional de Literatura do Chile.
Recentemente foi homenageada pelo Presidente dos Estados Unidos da América, Barack Obama, com a Medalha Presidencial da Liberdade a mais importante distinção civil daquele país.

VER +
Delia Owens

Delia Owens

Delia Owens é coautora de três livros de não ficção, sucessos de vendas internacionalmente reconhecidos, sobre a sua experiência como cientista da vida selvagem, em África. Zoóloga formada pela Universidade da Geórgia, tem ainda um doutoramento em comportamento animal pela Universidade da Califórnia. Venceu o John Burroughs Award para artigos sobre Natureza. Foi publicada em várias revistas de referência na área da ecologia e da vida selvagem.
Delia Owens vive em Idaho. Lá, onde o vento chora é o seu primeiro romance.

VER +

10%

Longa pétala de mar
18,80€
10% CARTÃO LEITOR BERTRAND
PORTES GRÁTIS

O ano passado, na edição de Natal da revista Somos Livros, apresentávamos aos nossos leitores o romance mais recente de Isabel Allende como "um livro feito de cicatrizes [qu]e carrega o simbolismo da realidade de quem viveu, em primeira mão, as guerras e revoluções". Depois de os nossos leitores terem premiado Heather Morris por O Tatuador de Auschwitz, na edição anterior do prémio Livro do Ano Bertrand, o prémio dedicado ao melhor livro de ficção de autores estrangeiros é agora atribuído à autora chilena, pelo livro Longa Pétala de Mar.


 

Passado em Espanha, no final da década de 1930, Longa pétala de Mar conta a história de Roser Bruguera, uma jovem viúva, e Víctor Dalmau, médico e irmão do falecido marido de Roser, que são obrigados a abandonar o país após o final da Guerra Civil. Após uma viagem perigosa pelos Pirinéus, conseguem, finalmente, embarcar no Winnipeg, um navio fretado pelo poeta Pablo Neruda que transportou mais de 2 mil espanhóis até ao Chile - essa longa pétala de mar, de vinho e de neve, como o poeta se referia ao país -, onde são recebidos como heróis. Víctor e Roser integram-se com sucesso na vida social do país de acolhimento, durante várias décadas, até ao golpe de Estado que derruba Salvador Allende, parceiro de xadrez de Víctor Dalmau, forçando ambos novamente ao exílio. 

Para Vítor Gonçalves, da Porto Editora, este é um dos melhores romances de Isabel Allende, tendo manifestado orgulho por este ter merecido o reconhecimento dos leitores e livreiros Bertrand:

 

Longa pétala de mar é um dos melhores romances de Isabel Allende, que, curiosamente, revisita nesta sua obra mais recente o período histórico do seu livro de estreia, A casa dos espíritos. A autora consegue, como poucos, conciliar o melhor de dois mundos, trazendo-nos um livro pleno de referências históricas relevantes, superiormente mescladas com a habitual beleza da sua escrita, a que não poderia faltar uma arrebatadora história de amor. 
Este é um livro que fica com os leitores muito para lá da última página, e o Prémio Livro do Ano Bertrand, de que muito nos orgulhamos, é uma excelente prova disso."   
 Vítor Gonçalves (editor)


 

Comunicado escrito por Isabel Allende aos seus leitores portugueses, a propóstio do lançamento de Longa pétala de mar.

 

Para além de Allende, o pódio da categoria de ficção de autores estrangeiros do Prémio Livro do Ano Bertrand 2019 foi ocupado por mais duas mulheres. O segundo lugar foi atribuído a Conduz o Teu Arado sobre os Ossos dos Mortos, um dos melhores livros de 2019 segundo a revista Time, da autoria da Nobel da Literatura polaca, Olga Tokarczuk. Sobre este, pronunciou-se Diogo Madre Deus da editora Cavalo de Ferro, declarando:

 

"Conduz o Teu Arado Sobre os Ossos dos Mortos é, desde o título à sua última página, um romance único e desconcertante, capaz de alterar as ideias e a percepção do leitor perante o mundo vivo que o rodeia." Diogo Madre Deus  (editor)

 

A este seguiu-se o romance de estreia de Delia OwensLá Onde o Vento Chora, que ocupa o terceiro lugar depois de se ter tornado um bestseller internacional. A autora norte-americana mostrou-se agradavelmente surpreendida com o carinho dos leitores portugueses, para quem espera que a história que escreveu tenha sido uma inspiração:

 

"Saber que os portugueses tiveram a oportunidade de descobrir e ler o meu romance já é um enorme prazer; ter o privilégio de o ver selecionado como como um dos melhores livros do ano deixa-me imensamente orgulhosa. Que a história de Kya seja uma inspiração para todos.

Muito obrigado aos leitores portugueses." Delia Owens

 

Por sua vez, Paula Ventura, da Porto Editora, agradeceu também o reconhecimento da estreia literária de Owens, afirmando que este é um romance que nunca vai esquecer:

 

"Lá, onde o vento chora é um daqueles romances que não se esquecem. Eu não esquecerei, certamente: lembro-me exatamente do que senti quando comecei a ler este original e de como, às primeiras linhas, me apaixonei por Kya, uma personagem tão poderosa que quase sentimos fisicamente a sua solidão, desespero e força interior. Não deixem de viver a experiência Lá, onde o vento chora, um romance que é também um drama e um thriller psicológico, onde muitas vezes a crueldade dos homens se opõe à poesia da natureza – que prevalece – ajudando Kya a sobreviver e a perceber o mundo que a rodeia. 
Não podia recomendar mais. E agora chega a distinção maior: a dos leitores."
 
— Paula Ventura (editora)

 

Recorde os restantes vencedores do Prémio Livro do Ano Bertrand 2019

X
O QUE É O CHECKOUT EXPRESSO?


O ‘Checkout Expresso’ utiliza os seus dados habituais (morada e/ou forma de envio, meio de pagamento e dados de faturação) para que a sua compra seja muito mais rápida. Assim, não tem de os indicar de cada vez que fizer uma compra. Em qualquer altura, pode atualizar estes dados na sua ‘Área de Cliente’.

Para que lhe sobre mais tempo para as suas leituras.