Os homens de Putin, de Catherine Belton — A regra é: não há regras

Por: Marisa Sousa a 2022-11-30

Catherine Belton

Catherine Belton

Catherine Belton é correspondente especial da Reuters e ex-correspondente do Financial Times em Moscovo, função que desempenhou durante muito tempo. Anteriormente foi repórter do jornal The Moscow Times e da BusinessWeek na Rússia. Em 2008 fez parte da lista restrita de candidatos aos British Press Awards para Jornalista de Negócios do Ano. Vive em Londres.

VER +

10%

Os Homens de Putin
24,90€ 22,41€
PORTES GRÁTIS

Últimos artigos publicados

Três obras imperdíveis de Norman Mailer para ler em português

Romancista, jornalista, realizador de cinema e polemista invertebrado, o autor norte-americano Norman Mailer completaria 100 anos no passado dia 31 de janeiro. Nascido em 1923, em Long Branch, Nova Jérsia, Norman Mailer cresceu em Brooklyn, Nova Iorque, formou-se em engenharia em Harvard e serviu durante a guerra nas Filipinas. Esses foram os anos que inspiram Os Nus e os Mortos (1948), considerada por muitos a sua obra maior. 

Em memória das vítimas do Holocausto

Localizado no sul da Polónia, Auchwitz que foi o maior campo de concentração operado pela Alemanha Nazi, funcionou com uma verdadeira fábrica de morte, de maio de 1940 a janeiro de 1945. Embora o número exato de mortos seja impossível de determinar, estima-se que mais de um milhão de prisioneiros (entre eles, judeus — a maioria —, mas também prisioneiros políticos e criminosos comuns) perdeu as suas vidas neste campo, sendo que a estimativa do número total de mortos no Holocausto chega aos 6 milhões.

Cinco livros de banda desenhada de autores nacionais

Ao longo dos últimos anos, foram vários os autores que se destacaram na publicação de obras de banda desenhada ou de novelas gráficas em Portugal. Neste campo de representação de uma linguagem universal, há histórias para miúdos e graúdos, que amplificam horizontes e a nossa capacidade imaginativa. Por isso recomendamos cinco livros de autores portugueses cuja obra deve conhecer. 

Bestseller do The New York Times, Livro do Ano 2020 para o The Times, The Sunday Times, The Daily Telegraph, The Economist, Financial Times e The New Statesman.



“Vocês, no Ocidente, julgam que estão a jogar xadrez connosco. Mas nunca ganharão, porque nós não cumprimos quaisquer regras.” 
— Um mafioso russo para o seu advogado

 

Catherine Belton é correspondente especial da Reuters e ex-correspondente do Financial Times em Moscovo. Este livro resulta de um impressionante trabalho de investigação que, tendo seguido o rasto do dinheiro, pretendeu trazer à luz do dia a história de como Vladimir Putin e o seu círculo restrito, formado principalmente por membros do antigo KGB, tomaram o poder na Rússia e estabeleceram uma nova cúpula de oligarcas, substituindo os magnatas da era soviética. 

Para centenas de milhões de pessoas, a queda do Muro de Berlim representou o início de uma nova e promissora era. Para os agentes do KGB, em Dresden — onde se incluía o agente Putin —, as revoluções políticas de 1989 marcaram o fim do seu império e o início de uma era humilhante. Em diversas entrevistas, Putin recorda sempre esse momento como um ponto de viragem na sua própria vida, tendo jurado, ao que parece, dedicar sua vida a restaurar a glória do seu país.

Catherine demonstra como o futuro presidente fez pleno uso dos métodos, contactos e redes do KGB em cada etapa da sua carreira. Desde o conhecido escândalo, que ocorreu em São Petersburgo nos anos 90, quando Putin vendeu petróleo, alegando a necessidade de comprar comida para os habitantes e, em vez disso, utilizou os lucros para criação de um fundo — conhecido na gíria criminal russa como obschak —, que serviu para financiar outras operações que enriqueceram os seus amigos. Passando pelos detalhes de como Putin, mais tarde, durante a era do Presidente Boris Yeltsin, conquistou a confiança dos oligarcas russos, prometendo-lhes imunidade e, mal assumiu o poder, mandou prender muitos deles, expulsando outros tantos do país. Esquemas, fraudes, ligações perigosas, extorsões.

Belton conclui que, ao tentar restaurar o império russo, os aliados de Putin no KGB repetiram muitos dos erros cometidos anteriormente pelos seus predecessores soviéticos, criando um sistema político calcificado e autoritário e uma economia corrupta, que desencoraja a inovação e o empreendedorismo. No lugar da prosperidade e do dinamismo político que, nos anos 90, ainda pareciam ser uma realidade possível, a Rússia é hoje uma nação empobrecida e apática — arrastada, recentemente, para uma guerra. Putin e os seus, no entanto, prosperaram, cumprindo desta forma o seu objetivo principal.

X
O QUE É O CHECKOUT EXPRESSO?


O ‘Checkout Expresso’ utiliza os seus dados habituais (morada e/ou forma de envio, meio de pagamento e dados de faturação) para que a sua compra seja muito mais rápida. Assim, não tem de os indicar de cada vez que fizer uma compra. Em qualquer altura, pode atualizar estes dados na sua ‘Área de Cliente’.

Para que lhe sobre mais tempo para as suas leituras.