Se gostou de “Bridgerton”, vai adorar estas sugestões

Por: Sónia Rodrigues Pinto a 2021-02-05 // Coordenação Editorial: Marisa Sousa

Evie Dunmore

Evie Dunmore

Evie Dunmore começou a escrever inspirada pelo cenário mágico de Oxford e pela sua paixão pelo romance, as mulheres pioneiras e tudo o que é vitoriano. Vive em Berlim e o seu fascínio pelo século XIX britânico é a fonte de inspiração da sua escrita.

VER +
Sarah MacLean

Sarah MacLean

Sarah MacLean nasceu em Rhode Island, na costa leste dos Estados Unidos. É autora bestseller do New York Times e do USA Today.
Desde adolescente que desejou ser romancista. O seu amor pela ficção histórica levou-a a formar-se em História da Europa no Smith College, em Massachusetts, e em Ciências da Educação, na Universidade de Harvard. Mudou-se para Nova Iorque para se dedicar à carreira na escrita, e é aí que ainda hoje vive com o seu marido, o seu cão, e a sua imensa coleção de romances.
É colunista no Washington Post. Venceu duas vezes o Prémio RITA para Melhor Romance Histórico, atribuído pela Associação Americana de Escritores de Romance, com os romances Um Marquês Irresistível e Um Duque Glorioso.

VER +
Julia Quinn

Julia Quinn

Julia Quinn é uma das escritoras de romance mais queridas em todo o mundo. A sua determinação em contrariar o mito de que as mulheres inteligentes não leem nem escrevem literatura romântica levou-a a participar no concurso O Elo Mais Fraco, arrecadando o jackpot de 79 mil dólares (provou igualmente a sua ignorância em matérias como Desporto ou Música Country, mas de resto portou-se muito bem!). Traduzidos para vinte e nove línguas, todos os seus romances integram de imediato a lista de bestsellers do New York Times, com especial destaque para a Série Bridgerton, que se encontra neste momento a ser produzida para a Netflix e está publicada na íntegra pela ASA. A autora foi já várias vezes galardoada com os prémios Romantic Times e RITA da Romance Writers of America, tendo sido a mais jovem autora a entrar para o Hall of Fame dessa associação. Vive com a família na costa oeste dos Estados Unidos.

VER +
Mary Balogh

Mary Balogh

Autora premiada e presença constante nas listas de bestsellers do New York Times, Mary Balogh cresceu em Gales, terra de mar e montanhas, músicas e lendas. Ela levou consigo a música e uma imaginação vívida quando se mudou para o Canadá. Aí desenvolveu uma segunda carreira como autora de livros com finais felizes e que celebram o poder do amor. Os seus romances históricos venderam já mais de 4 milhões de exemplares em todo o mundo.

VER +
Madeline Hunter

Madeline Hunter

Madeline Hunter publicou o seu primeiro romance em 2000. Escreveu já vinte romances históricos e ganhou por duas vezes o prémio RITA, da Romance Writers of America, com Stealing Heaven em 2003 e Lessons of Desire em 2008. Quase todos os seus livros figuraram na lista dos mais vendidos do USA Today e é uma das autoras favoritas da publicação Romantic Times. As suas obras encontram-se traduzidas para doze línguas, tendo vendido seis milhões de exemplares. Para além de Os Pecados de Lord Easterbrook, no catálogo da ASA figuram já os seus romances As Regras da Sedução, Jogos de Sedução e Casamento de Conveniência. Doutorada em História de Arte, dá aulas numa universidade.

VER +
Julie Garwood

Julie Garwood

Tendo crescido numa família de ascendência irlandesa, não é de admirar que Julie Garwood tenha uma veia de contadora de histórias. Só se pôde dedicar à escrita, porém, quando todos os seus filhos passaram a frequentar a escola. Já escreveu ficção juvenil, romances históricos e ficção contemporânea, e desde então figura com frequência nas listas de bestsellers. Atualmente encontram-se em circulação mais de quarenta milhões de exemplares dos seus livros, traduzidos para dúzias de línguas em todo o mundo. Mas, quer a história se passe na escócia medieval, na Regência inglesa, no Velho Oeste ou na Louisiana dos dias de hoje, os seus temas são recorrentes: família, lealdade e honra (com um bocadinho de humor à mistura). Julie vive no Kansas, e está sempre a trabalhar no livro seguinte.

VER +

10%

Crónica de Paixões e Caprichos
16,90€
10% CARTÃO LEITOR BERTRAND
PORTES GRÁTIS

10%

Derrubar o Duque
17,70€
10% CARTÃO LEITOR BERTRAND
PORTES GRÁTIS

10%

O Casamento
16,50€
10% CARTÃO LEITOR BERTRAND
PORTES GRÁTIS

10%

O Duque Mais Perigoso de Londres
16,60€
10% CARTÃO LEITOR BERTRAND
PORTES GRÁTIS

10%

11 Escândalos para Prender o Coração de Um Duque
19,99€
10% CARTÃO LEITOR BERTRAND
PORTES GRÁTIS

10%

Ligeiramente Casados
16,90€
10% CARTÃO LEITOR BERTRAND
PORTES GRÁTIS

Últimos artigos publicados

5 autores que adoravam os seus gatos

Hoje celebramos um dos três dias dedicados aos gatos. Comemoramos a data deste animal de estimação tão especial ao relembrar as relações mais populares entre felinos e escritores. 

Está (ou vai ficar) tudo bem | Sobre a ditadura da felicidade e do pensamento positivo

Constata Edgar Cabanas no livro A Ditadura da Felicidade (Temas e Debates) que “até ao virar do século, a Amazon apresentava uma lista de não mais do que 300 livros com a palavra ‘felicidade’ no título”, sendo que “hoje, essa lista inclui mais de dois mil”. Com o desenvolvimento da psicologia positiva, que passa a encarar a felicidade como uma escolha em vez de algo que é determinado pelas nossas circunstâncias, criou-se a noção de que somos nós os únicos responsáveis pelo nosso sucesso, bem-estar e felicidade. Paradoxalmente, a par desta evolução, aumenta a procura pelos livros de autoajuda e multiplicam-se os life coaches que prometem ter a receita infalível para a felicidade plena.

6 regras do Feng Shui para organizar a casa e a mente

A forma como nos relacionamos com o espaço que habitamos, tem sido objeto de estudo de diversas disciplinas e metodologias - desde a "poética do espaço" do filósofo e poeta francês Gaston Bachelard (autor do livro Poética do Espaço), que defendia uma arquitectura orientada pelas experiências sensíveis que um espaço pode proporcionar aos seus ocupantes, à mais recente "psicogeografia" do neurocientista Colin Elard, (autor do livro A Alma dos Lugares), têm sido várias as teorias que procuram explicar a forma como o nosso cérebro e corpo respondem aos espaços reais e virtuais que ocupamos. Uma das mais conhecidas é uma prática ancestral que, há pelo menos três mil anos, tem funcionado como um guia para como organizar o ambiente à nossa volta de modo a atrair boa fortuna e proporcionar bem estar: o Feng Shui. 

A nova série do serviço de streaming Netflix tem sido uma verdadeira sensação para todos os fãs de romance. Bridgerton não só já está confirmada para uma segunda temporada, como bateu um novo recorde e é já a série mais vista da plataforma durante as primeiras quatro semanas desde a estreia. 

Se delirou com Regé-Jean Page e Phoebe Dynevor nos papéis de Simon Basset e Daphne Bridgerton, descubra as sugestões apaixonantes que hoje partilhamos, ideais para entrar no espírito romântico do mês de fevereiro. 

 


 

Bridgerton

 

Crónica de Paixões e Caprichos, de Julia Quinn

Apesar de esta sugestão parecer um tanto óbvia, a verdade é que foi com Crónica de Paixões e Caprichos que tudo começou. Escritos pela autora Julia Quinn, os nove volumes da série Bridgerton narram as vidas de oito irmãos: Anthony, Benedict, Colin, Daphne, Eloise, Francesca, Gregory e Hyacinth. A história dos filhos do falecido Visconde Bridgerton foi um sucesso tão grande que a autora resolveu publicar uma sequela, Felizes Para Sempre, procurando responder a todas as dúvidas dos leitores sobre o que aconteceu a esta família tão especial. 

É em Crónica de Paixões e Caprichos que descobrimos a história de Daphne Bridgerton e Simon Basset, dois jovens da alta sociedade londrina que se recusam a aceitar os padrões impostos pela sua época. O que começa por ser um noivado falso, acaba por se transformar numa paixão bem real. Será que terá um final feliz?


Derrubar o Duque

 

Derrubar o Duque, de Evie Dunmore 

Quem apreciou a personalidade forte de Daphne irá também gostar de conhecer Annabelle Archer. Em Derrubar o Duque, uma das primeiras estudantes do sexo feminino a entrar na conceituada Universidade de Oxford é convidada para recrutar homens de grande influência para defender a causa do movimento sufragista. A jovem escolhe o frio e calculista duque de Montgomery como alvo, responsável pela política do país. 

O que começa como uma rivalidade de ideias depressa se transforma numa batalha de desejo e atração. Será Annabelle capaz de derrubar o duque e ganhar a disputa entre ambos?
 

 

O Casamento

 

O Casamento, de Julie Garwood

Os românticos que adoram a temática dos casamentos combinados (ou fingidos, como no caso do casal de Bridgerton), certamente irão adorar O Casamento. Lady Brenna deixa Inglaterra, rumo à Escócia e a um casamento combinado, mas é apanhada num enredo de violência e vingança entre clãs. Quando um bando de guerreiros a captura, Brenna aceita corajosamente casar com o seu líder - e inimigo do seu noivo - Connor MacAlister.

Brenna não ousa sequer sonhar com o amor de Connor, mas o passado em comum não a deixa desistir. Talvez o escocês que em tempos visitou a castelo do seu pai ainda exista por detrás daquela fachada severa. Talvez ainda haja esperança. 

 

O Duque mais Perigoso de Londres

 

O Duque mais Perigoso de Londres, de Madeline Hunter

A trilogia A Sociedade dos Duques Decadentes começa por nos apresentar um duque cuja reputação é sobejamente conhecida pela sociedade. O duque de Stratton regressa de França com a promessa de vingar a morte do pai. Ao conhecer Clara Cheswick, filha do homem que suspeita ser seu inimigo, a sua vendetta complica-se. Clara, no entanto, está mais interessada em publicar o seu jornal feminino do que em ser seduzida, principalmente por um homem repleto de ódio e vingança. Mas será que a história contada pelo duque de Stratton será mesmo verdade?

O Duque mais Perigoso de Londres é o romance indicado para quem não se deixou conquistar pela reputação de mulherengo de Simon Basset e procura conhecer o que esconde a máscara vingativa do duque de Stratton. 

11 Escândalos para Prender o Coração de um Duque

 

11 Escândalos para Prender o Coração de Um Duque, de Sarah MacLean

Em 11 Escândalos para Prender o Coração de um Duque, a autora Sarah Maclean apresenta-nos uma protagonista feminina que nada tem de convencional e que pretende conquistar o coração de um homem que sempre quis respeitar as regras sociais. 

Juliana Fiori, tema principal de todas as conversas e mexericos, conhece Simon Pearson, apelidado de Duque do Desdém devido à arrogância e desprezo que demonstra por todos à sua volta. Quando um feliz acaso faz com que ambos se aproximem, Juliana apaixona-se perdidamente e sente que nasceram para ficar juntos. Agora só precisa de convencer Simon a amar pela primeira vez. Será que os opostos se atraem mesmo?

 

Ligeiramente Casados

 

Ligeiramente Casados, de Mary Balogh

Quem adorou a dinâmica da família Bridgerton, acompanhando o seu dia-a-dia e as suas histórias repletas de paixão, seguramente terá de conhecer os Bedwyn: seis irmãos e irmãs que revolucionam a alta sociedade londrina com sedução e escândalo. Em Ligeiramente Casados, Aidan Bedwyn é o segundo irmão mais velho, sem pretensões de casar-se, até ao dia em que conhece Eve Morris. 

Prometendo tomar conta da irmã de um amigo falecido, Aidan acaba por descobrir em Eve uma mulher independente que recusa a sua proteção. Quando um familiar particularmente cruel ameaça expulsar Eve de sua própria casa, Aidan faz-lhe então uma proposta irrecusável: o casamento, que é a única hipótese de salvar o lar da família. Aquilo que começa como nada mais do que um casamento de conveniência depressa se transforma em algo muito mais intenso.   

X
O QUE É O CHECKOUT EXPRESSO?


O ‘Checkout Expresso’ utiliza os seus dados habituais (morada e/ou forma de envio, meio de pagamento e dados de faturação) para que a sua compra seja muito mais rápida. Assim, não tem de os indicar de cada vez que fizer uma compra. Em qualquer altura, pode atualizar estes dados na sua ‘Área de Cliente’.

Para que lhe sobre mais tempo para as suas leituras.