3 razões para nos dedicarmos à Filosofia

Por: Bertrand Livreiros a 2021-11-18 // Coordenação Editorial: Marisa Sousa

Últimos artigos publicados

Retratos Contados | Uma biblioteca feita por avós e netos

Há seis anos, Nélson Mateus empenhou a sua energia numa missão: falar da importância da ligação intergeracional entre avós e netos, valorizando os mais velhos e estreitando laços entre gerações. Na altura, não havia qualquer projeto com estas características e Nélson pôs em marcha o plano de entrevistar avós e netos, traçando, com histórias, o fio das memórias afetivas que nos une. Isabel Stilwell descreveu-o como a construção de uma biblioteca de avós e netos e o mentor da ideia revê-se na descrição, que considera perfeita.

Contra o Idadismo

O psiquiatra Robert Neil Butler terá sido o primeiro (ou um dos primeiros) a batizar como ageism (idadismo) a atitude preconceituosa e discriminatória baseada na idade, sobretudo em relação a pessoas idosas. Numa entrevista concedida em 1969 a Carl Bernstein (Washington Post) no âmbito de uma reportagem que o jornalista desenvolveu sobre a contestação suscitada pela decisão de transformar um complexo de apartamentos na pequena vila de Chevy Chase (Maryland) num bairro social para idosos carenciados, nomeadamente afro-americanos, Butler considerou o caso mais uma função de idadismo do que de racismo: “O idadismo irá ombrear com (seria esperança vã dizer antes substituir) o racismo como o grande tema dos próximos 20 ou 30 anos”.

10 livros para descomplicar a filosofia

Apesar da crença do comediante e ator Groucho Marx de que a filosofia não é mais do que “a ciência que nos ensina a ser infelizes de maneira mais inteligente”, a filosofia tem sido, desde o início dos tempos, uma ferramenta indispensável para melhor nos conhecermos e ao mundo que nos rodeia.

Em 2002 a UNESCO decretou que o Dia Mundial da Filosofia iria ser assinalado anualmente, na terceira quinta-feira do mês de Novembro. Comemorar este dia significa reconhecer o papel fundamental da Filosofia como espaço e tempo de reflexão, de prática dos pensamentos crítico e criativo e do diálogo. Esta afirmação é muito clara para mim e traduz um pressuposto meu: a Filosofia é útil. Para quem, ao contrário da minha pessoa, não estudou Filosofia e não trabalha nesta área que motivos pode haver para comemorar o Dia Mundial da Filosofia? Vou avançar com 3 razões para que qualquer pessoa, independentemente da sua bagagem filosófica, se dedique ao estudo, à leitura ou ao diálogo com textos filosóficos.


Treinar algumas das 10 Top Skills do futuro

Segundo um artigo do World Economic Forum, o pensamento crítico e o pensamento criativo surgem na lista das 10 Top Skills (competências) do futuro.  A prática da leitura e do diálogo, sobretudo a partir de problemas filosóficos, permitem um forte envolvimento com ferramentas do pensamento crítico (identificar argumentos, resolver problemas, assinalar falácias) e do pensamento criativo (considerar e explorar alternativas). Aproveite o agora para se preparar para o futuro.

 

Aprender a discordar de forma cuidadosa

Creio que a maioria de nós tem a experiência da polarização do discurso: ou é preto ou é branco e tantas vezes os cinzentos não são considerados.

Além disso, fazemos uso de rótulos: catalogamos a pessoa X com o rótulo tal e, por não sermos a favor do que esse rótulo significa para nós, cancelamos essa pessoa, evitando qualquer forma de diálogo. Uma  das aprendizagens que a Filosofia nos permite é a de considerar diferentes respostas para uma mesma pergunta, contextualizando a mensagem, avaliando o seu conteúdo, permitindo que possa manter o diálogo – para concordar e para discordar.

 

Reconhecer e evitar erros de raciocínio

Estudar pensamento crítico não nos inibe de cometer erros de raciocínio. Estes vão fazer parte da nossa vida e a Filosofia dá-nos ferramentas úteis para reconhecer e aprender algo com os erros. A procura da clareza e da simplicidade no pensamento é uma atitude que ajuda a minimizar os erros, sobretudo em decisões de grande calibre.

 

O que fazer para aprender Filosofia?

Para que a Filosofia faça parte da sua vida, não será necessário inscrever-se num curso de licenciatura na área – note que poderá sempre fazê-lo, mas não é condição necessária. Do que precisa mesmo é de disponibilizar algum tempo para a leitura de bons livros ou para participar num Café Filosófico. Dê prioridade à leitura e ao diálogo. Visite o canal YouTube do coletivo Isto Não É Filosofia e poderá mesmo aceder a cursos gratuitos de História da Filosofia.

 

Caso precise de alguma orientação, conte comigo. Envie-me um e-mail (joana@filosofiaparacriancas.pt) e terei todo o gosto em ajudar.

 

Joana Rita Sousa – filósofa e mestre em filosofia para crianças

X
O QUE É O CHECKOUT EXPRESSO?


O ‘Checkout Expresso’ utiliza os seus dados habituais (morada e/ou forma de envio, meio de pagamento e dados de faturação) para que a sua compra seja muito mais rápida. Assim, não tem de os indicar de cada vez que fizer uma compra. Em qualquer altura, pode atualizar estes dados na sua ‘Área de Cliente’.

Para que lhe sobre mais tempo para as suas leituras.