Sete biografias imperdíveis para oferecer este Natal

Por: Bertrand Livreiros a 2022-12-12

10%

Surrender
de Bono 
28,85€ 25,97€
PORTES GRÁTIS

10%

Luz Verde
16,90€ 15,21€
PORTES GRÁTIS

10%

Sontag
28,85€
10% CARTÃO LEITOR BERTRAND
PORTES GRÁTIS

10%

Pessoa. Uma Biografia
29,90€ 26,91€
PORTES GRÁTIS

10%

O Rei Imprudente
24,40€ 21,96€
PORTES GRÁTIS

10%

Ascensão e Queda de Stan Lee
19,99€ 17,99€
PORTES GRÁTIS

10%

Integrado Marginal
20,90€
10% CARTÃO LEITOR BERTRAND
PORTES GRÁTIS

Últimos artigos publicados

“Deixemo-nos de tretas!” Duas ou três ideias sobre... a ilusão da comida saudável

“Quanto mais sabemos acerca de alimentação e de nutrição, pior as pessoas comem.”  Quem o afirma é Conceição Calhau, uma das mais prestigiadas investigadoras do país na área da nutrição e saúde, e autora do livro Deixemo-nos de tretas – A ilusão da comida saudável. Publicado pela Contraponto no passado mês de abril, este livro pioneiro procura desmascarar muitas das teorias que nos são vendidas sobre alimentação saudável e dietas milagrosas. Afinal, será que devemos mesmo comer tudo cozido e grelhado? Existem realmente alimentos “saudáveis”? Terão as calorias assim tanta importância? 

Cinco livros essenciais de Paul Auster

Ícone nova-iorquino, superestrela literária, santo padroeiro da cena literária de Brooklyn… Para várias gerações de leitores, Paul Auster foi isso e muito mais. A sua morte com 77 anos de idade, anunciada no passado dia 30 de abril, fez os cabeçalhos dos jornais do mundo, mas funcionou também como cruel lembrete de como o tempo, tema ao qual dedicou grande parte da sua obra, nem sempre lhe foi favorável. Autor de bestsellers como A Trilogia de Nova Iorque, Palácio da Lua e O Livro das Ilusões, nos quais se debruça de forma recorrente sobre temas como a memória, o envelhecimento, a solidão e a identidade, foi perdendo popularidade perante uma geração entre a qual acredita que: “já ninguém acredita que a poesia (ou a arte) pode mudar o mundo.”

8 curiosidades sobre a língua portuguesa

No dia em que celebramos esta pátria tão mais rica e extensa do que o limite das nossas fronteiras que é a da língua portuguesa, partilhamos consigo oito curiosidades sobre a nossa língua que pode encontrar nos livros Almanaque da Língua Portuguesa e História do Português desde o Big Bang, de Marco Neves.

Num género literário cada vez mais explorado em Portugal, são muitas as publicações recentes que desvendam as vidas notáveis de diversas figuras, da cultura ao entretenimento, passando pela literatura e até mesmo pela política. São bons exemplos de livros onde a memória e a investigação se cruzam, para nos dar uma leitura contagiante e enriquecedora. Recomendamos-lhe, por isso, sete biografias que não deve deixar de considerar como presente para oferecer este Natal.



1. Surrender, de Bono

Na primeira pessoa, o mítico vocalista dos U2 escreve sobre a sua vida e sobre aqueles com quem a partilhou. Nesse caminho de memória, Bono leva-nos até aos seus dias de juventude em Dublin, na Irlanda, ao momento em que perdeu a mãe subitamente, aos 14 anos, à improvável viagem dos U2 antes de se tornarem uma das bandas mais influentes de sempre, aos seus mais de 20 anos de ativismo, dedicados à luta contra a SIDA e à pobreza extrema. Um exercício de franca autoanálise e com uma dose saudável de humor, em que abre a porta para a sua vida, a sua família e amigos e para a fé em que se apoiou e que o moldou.


2. Luz Verde, de Matthew McConaughey

Neste importante relato de vida daquele que é um dos mais populares atores de cinema dos nossos tempos estão 35 anos de memórias e de registos que foi fazendo em diários, dos seus sucessos e fracassos, alegrias e tristezas, entre coisas que o deixaram maravilhado e coisas que o fizeram rir às gargalhadas. Na primeira pessoa, Matthew McConaughey, de 53 anos, faz muitas revelações sobre si: desde o homem que se lançou na fama como modelo de mãos, antes de abrir caminho nas comédias românticas, até ao momento em que conquistou o Óscar da Academia pelo filme O Clube de Dallas, em 2014.


3. Sontag, de Benjamin Moser

É, porventura, a biografia inexcedível e definitiva de uma das mais importantes e estimulantes intelectuais do século XX. Neste livro, Benjamin Moser, biógrafo e escritor, narra sobre os acontecimentos de vida de Susan Sontag e examina o trabalho sobre o qual a reputação da escritora se construiu, tendo em conta o seu pensamento radical, as causas que abraçou e a sua tão reservada vida privada. Uma biografia que explora a angústia e as inseguranças por trás da formidável persona pública de Sontag, as suas relações mais íntimas, o conflito interior com a sua sexualidade, que lhe motivava e ensombrava a escrita.


4. Pessoa. Uma biografia, de Richard Zenith

Fernando Pessoa é, a par de Luís de Camões, o maior poeta português, sendo igualmente uma das figuras proeminentes do modernismo europeu, juntamente com escritores como Kafka, Joyce e Proust. Porém, o homem por detrás da extraordinária multiplicidade de vozes (os heterónimos e dezenas de outros autores ficcionais), e de uma das obras literárias mais complexas e ricas de todos os tempos, é quase um desconhecido. Foi daí que partiu o autor norte-americano naturalizado português Richard Zenith, que vem suprir definitivamente essa lacuna com uma biografia notável, onde cruza a vida íntima de Pessoa, com o seu génio literário ímpar e singular.


5. O Rei Imprudente, de Geoffrey Parker

A vida e o reinado de Filipe I de Portugal e II de Espanha extravasam as fronteiras da Península Ibérica e abarcam a vastidão do território controlado pela coroa espanhola no século XVI. Neste extenso trabalho de investigação, Geoffrey Parker analisa a longa aprendizagem de Filipe, os seus interesses pessoais, os maiores desafios políticos e militares que enfrentou no seu longo reinado e, claro, a relação com Portugal. Baseando-se nas mais recentes e extraordinárias descobertas arquivísticas sobre o monarca que governou sobre um quarto da população mundial — 3000 documentos encontrados nos cofres da Hispanic Society of America, em Nova Iorque —, o biógrafo desconstrói ideias estereotipadas e transforma significativamente tudo o que sabíamos sobre um dos homens mais poderosos da história.


6. Integrado Marginal, de Bruno Vieira Amaral

Pela mão do destacado escritor Bruno Vieira Amaral, dá-se a conhecer a história de vida de um dos maiores escritores portugueses do século XX. De espírito insubmisso, boémio e notívago, dá-se a conhecer a figura de José Cardoso Pires como um homem de personalidade vincada, formada no antagonismo e também na angústia que se revelava no processo de escrita dos seus livros. Contradições ou apenas características singulares que lhe merecem um legado ímpar e de dignificação do ofício de escritor que abraçou, sempre como um integrado marginal, tal qual o próprio defendeu.


7. Ascensão e Queda de Stan Lee, de Abraham Riesman

Para escrever esta que é a biografia definitiva do ícone da Marvel Comics, Stan Lee, um artista e empresário que remodelou a cultura pop global — à custa de um elevado preço pessoal — Abraham Riesman realizou mais de 150 entrevistas e acedeu a milhares de páginas de documentos privados contendo informações nunca reveladas sobre a vida e a obra do criador. Analisando os triunfos marcantes e os passos em falso de uma vida memorável, a obra procura mostrar-nos quem era realmente este homem cujo rosto é hoje tão reconhecido como o de qualquer outra superestrela.

X
O QUE É O CHECKOUT EXPRESSO?


O ‘Checkout Expresso’ utiliza os seus dados habituais (morada e/ou forma de envio, meio de pagamento e dados de faturação) para que a sua compra seja muito mais rápida. Assim, não tem de os indicar de cada vez que fizer uma compra. Em qualquer altura, pode atualizar estes dados na sua ‘Área de Cliente’.

Para que lhe sobre mais tempo para as suas leituras.