Bula Literária | "As Aventuras de Huckleberry Finn", de Mark Twain

Por: Bertrand Livreiros a 2020-05-06 // Coordenação Editorial: Marisa Sousa

Mark Twain

Mark Twain

Mark Twain (1835-1910) foi batizado como Samuel Langhorne Clemens, mas esse nome ficaria para sempre na sombra do seu pseudónimo. Filho de um advogado severo, terá sido a mãe a despertar-lhe o sentido de humor. Se não há dúvida de que a sua obra é variada, mais curioso será notar que a sua vida profissional o foi mais ainda. Twain começou por trabalhar como aprendiz de tipógrafo, em 1848, e alguns anos mais tarde já contribuía com artigos e histórias humorísticas para o jornal de um irmão. Mais velho, numa viagem pelo Mississípi a bordo de um barco a vapor, terá ficado fascinado com o trabalho do piloto, e dedicou dois anos da sua vida à aprendizagem deste ofício. Uma das muitas viagens da sua vida levou-o, algum tempo depois, a uma mina de prata no Nevada, onde tentou ser mineiro, sem grande sucesso. Em contrapartida, encontrou trabalho no jornal da zona. Foi aqui que, da pena de Samuel Clemens, então com 27 anos, nasceu Mark Twain. É autor de A Viagem dos Inocentes (Tinta-da-china, 2010) e de duas obras a que é invariavelmente associado: As Aventuras de Tom Sawyer (1876) e As Aventuras de Huckleberry Finn (1884).

VER +

20%

As Aventuras de Huckleberry Finn
13,90€ 11,12€
PORTES GRÁTIS

Há diversos estudos científicos que demonstram que ler melhora a nossa saúde. Neste consultório, recheado de estantes, partilhamos consigo as nossas bulas literárias. Dentro dos livros, há remédios para todos os males. Encontre o mais adequado para si, atente aos efeitos secundários e siga a posologia recomendada. 

Quem sabe se a (sua) cura não passa por aqui?

 


 

Indicado para: Identificar, denunciar e combater qualquer forma de escravatura e abuso, o racismo, a segregação, o preconceito, a opressão, a hipocrisia, a injustiça, a crueldade, a degradação moral, a cobardia, o egoísmo e a irracionalidade;

Efeitos secundários: Introspecção; amadurecimento; maior valorização e defesa do valor liberdade; humanismo; maior apreço pela amizade e o companheirismo; empatia; alívio em eventuais sentimentos de culpa e/ou vergonha; melhoria na capacidade de pensar, escolher e decidir por si;

Posologia: Ler um capítulo ao pequeno-almoço e outro ao almoço; ler dois capítulos depois do jantar.

X
O QUE É O CHECKOUT EXPRESSO?


O ‘Checkout Expresso’ utiliza os seus dados habituais (morada e/ou forma de envio, meio de pagamento e dados de faturação) para que a sua compra seja muito mais rápida. Assim, não tem de os indicar de cada vez que fizer uma compra. Em qualquer altura, pode atualizar estes dados na sua ‘Área de Cliente’.

Para que lhe sobre mais tempo para as suas leituras.