5 histórias de animais que mudaram o mundo

Por: Bertrand Livreiros a 2021-10-04

10%

Histórias de Animais Que Mudaram o Mundo
16,50€
10% CARTÃO LEITOR BERTRAND
PORTES GRÁTIS

Se tens algum animal de estimação sabes que Jane Goodall, uma antropóloga que dedicou a sua vida ao estudo dos chimpanzés, tem razão quando diz que "é impossível partilhar a vida com um cão ou com um gato sem reparar que os animais têm personalidade, inteligência e sentimentos." Demos início às celebrações do Dia Mundial do Animal, que se comemora no próximo dia 4 de outubro, recordando 6 animais que, pela sua inteligência, coragem e ousadia, mudaram para sempre o curso da História.

Podes encontrar estas histórias e as de muitos outros animais no livrHistórias de Animais Que Mudaram o Mundo.


Dolly - Uma ovelha única?

Se um dia te deparasses com uma cópia exata de ti próprio, isso seria como estar com um irmão ou antes como olhares-te ao espelho? Nós - e todos os seres vivos - temos em cada célula um «manual de instruções» onde se encontram todos os detalhes sobre como somos. Chama-se ADN. A pergunta, então, era: se copiarmos essas instruções, podemos fazer uma cópia exata de um ser vivo?

A 5 de julho de 1996, ficámos a saber a resposta. Num laboratório da Escócia, copiaram as instruções de uma célula de ovelha e fizeram-na crescer (dentro de outra ovelha), até que nasceu a Dolly, uma ovelha igual à primeira. É um procedimento muito complicado. De tal maneira, que a Dolly foi o primeiro caso de sucesso, depois de 278 tentativas por parte dos cientistas. Embora não fosse o primeiro animal clonado da História, tornou-se de imediato o mais famoso. Durante algum tempo, as fotografias da Dolly apareceram em todos os telejornais, jornais e revistas do mundo.

 

 

Laika - A cadelinha que passou de vaguear pelas ruas de Moscovo a ser o primeiro animal no espaço

Em 1957, os russos (que naquela altura se chamavam soviéticos) já congeminavam sobre como poderia enviar-se um ser humano ao espaço. Mas a tecnologia não era a de agora: para saber se um homem conseguiria sobreviver às duras condições, a única forma era enviar primeiro um animal. Recrutaram três cães vadios. Tendo em conta o frio de Moscovo, pensaram que estes estariam mais preparados para as condições extremas da viagem. Desde o princípio do treino, a Laika demonstrou ser uma cadelinha tranquila e pacífica, que não ficava nervosa facilmente. Por isso, foi a escolhida para ir na nave.

Durante a descolagem, correu tudo lindamente e a missão foi um sucesso. Só houve um problema: todos sabiam que a Laika não ia regressar viva. Morreria devido ao calor que sentiria ao entrar na atmosfera, se é que não lhe acontecia alguma coisa antes disso. Aquilo com que ninguém contava era que a Laika se tornasse superfamosa em todo o planeta. Foi tão estimada que o Governo russo só cinquenta anos depois conseguiu admitir que, devido a uma falha técnica, a Laika não tinha sobrevivido sequer cinco horas. E, assim, sem o saber a cadelinha mudou o mundo duas vezes: primeiro, ao mostrar que o ser humano seria capaz de sobreviver a um voo espacial. E segundo, porque o carinho do mundo inteiro fez com que se decidisse não enviar mais animais para o espaço sem que estes pudessem voltar.

 

 

Leo - O animal mais visto em todo o mundo e um dos menos conhecidos

É o leão mais conhecido da História: aparece no início de todos os filmes da produtora Metro Goldwyn Mayer há já mais de um século. Deu azo a todo o tipo de rumores. Por exemplo, o de que "quando o leão ruge três vezes é porque o filme é bom", totalmente falso. E outro nascido nas redes sociais nos últimos anos e muito mais sério: uma suposta fotografia do leão atado e quase torturado enquanto o filmavam. Na verdade, é uma montagem a partir da imagem verdadeira de outro leão (nada a ver com o cinema) que foi preciso dominar para lhe fazerem um exame médico.

Até hoje, houve sete leões diferentes no logótipo da Metro Goldwyn Mayer, mas o verdadeiro Leo é o que aparece há mais de cinquenta anos, e que foi comprado a um circo, onde era maltratado, precisamente porque era tão calmo que se deixava filmar sem levantar qualquer problema.

 

 

David Greybeard - O chimpanzé que provou que os animais são muito mais espertos do que julgamos

Hoje, sabemos que nós, os seres humanos, não somos muito mais inteligentes do que alguns animais (embora, claro, essa pequena diferença seja importantíssima). Diz-se que, se a inteligência humana corresponde a dez, a de animais como os golfinhos ou certos primatas seria oito. Para sermos capazes de perceber isto, foi importantíssimo o trabalho da antropóloga inglesa Jane Goodall, fascinada desde pequena pelos chimpanzés e que, à primeira oportunidade, foi viver para a Tanzânia para estudá-los.

Aí conquistou a confiança do chimpanzé David Greybeard (habitualmente, os cientistas não lhe davam nomes, mas a Jane gostava demasiado deles). O David destacava-se entre os seus companheiros por ser muito mais calmo e amistoso. Se não fosse ele, a Jane não teria conquistado a confiança dos outros chimpanzés. Os mais de cinquenta anos que dedicou aos seus estudos fizeram com que a revista Time considerasse o David um dos 15 animais mais importantes para a História da Humanidade.

 

 

Belka e Strelka - Os dois primeiros animais que viajaram numa nave espacial e que voltaram para nos «contar» tudo

O primeiro cão no espaço foi a Laika. Mas, como podes ver neste livro, a sua valentia custou-lhe a vida. O Governo russo prometeu que algo assim não se repetiria. Dois anos depois, já tinham criado a primeira cápsula espacial que poria um ser humano em órbita. Mas ainda não se sabia o suficiente sobre como a viagem o afetaria, por isso decidiu-se enviar primeiro, na mesma nave, vários animais e estudá-los depois.

O voo Sputnik 5 foi um dos mais curiosos da História: os seus astronautas foram um coelho, 42 ratos, três ratazanas e imensas moscas, além de várias plantas e fungos. Que tripulação! Mas os principais viajantes da nave foram a Belka e a Strelka, duas cadelinhas que voltaram à Terra em perfeitas condições e que, durante algum tempo, foram verdadeiras estrelas em todos os jornais e televisões.

 

X
O QUE É O CHECKOUT EXPRESSO?


O ‘Checkout Expresso’ utiliza os seus dados habituais (morada e/ou forma de envio, meio de pagamento e dados de faturação) para que a sua compra seja muito mais rápida. Assim, não tem de os indicar de cada vez que fizer uma compra. Em qualquer altura, pode atualizar estes dados na sua ‘Área de Cliente’.

Para que lhe sobre mais tempo para as suas leituras.