O Paraíso existe | Comer e dormir entre os livros

Por: Marisa Sousa a 2021-11-18

Últimos artigos publicados

Retratos Contados | Uma biblioteca feita por avós e netos

Há seis anos, Nélson Mateus empenhou a sua energia numa missão: falar da importância da ligação intergeracional entre avós e netos, valorizando os mais velhos e estreitando laços entre gerações. Na altura, não havia qualquer projeto com estas características e Nélson pôs em marcha o plano de entrevistar avós e netos, traçando, com histórias, o fio das memórias afetivas que nos une. Isabel Stilwell descreveu-o como a construção de uma biblioteca de avós e netos e o mentor da ideia revê-se na descrição, que considera perfeita.

Contra o Idadismo

O psiquiatra Robert Neil Butler terá sido o primeiro (ou um dos primeiros) a batizar como ageism (idadismo) a atitude preconceituosa e discriminatória baseada na idade, sobretudo em relação a pessoas idosas. Numa entrevista concedida em 1969 a Carl Bernstein (Washington Post) no âmbito de uma reportagem que o jornalista desenvolveu sobre a contestação suscitada pela decisão de transformar um complexo de apartamentos na pequena vila de Chevy Chase (Maryland) num bairro social para idosos carenciados, nomeadamente afro-americanos, Butler considerou o caso mais uma função de idadismo do que de racismo: “O idadismo irá ombrear com (seria esperança vã dizer antes substituir) o racismo como o grande tema dos próximos 20 ou 30 anos”.

10 livros para descomplicar a filosofia

Apesar da crença do comediante e ator Groucho Marx de que a filosofia não é mais do que “a ciência que nos ensina a ser infelizes de maneira mais inteligente”, a filosofia tem sido, desde o início dos tempos, uma ferramenta indispensável para melhor nos conhecermos e ao mundo que nos rodeia.

Se, como nós, sofre de bibliomania aguda, chegou certamente a uma conclusão: livros nunca são demais. Criamos sempre oportunidades para comprar mais alguns, folhear outros tantos, cheirar muitos deles e sonhar com os que ainda não temos. Se, quando planeia uma viagem, aproveita para conhecer (quase todas) as livrarias locais, vai gostar de saber que, além de se abastecer de literatura, há locais onde pode também comer e dormir entre os livros. Sim, o paraíso existe. Faça as malas e agradeça-nos depois.

 
TOREL PALACE PORTO | ESTAURANTE BLIND - Rua de Entreparedes nº42, Porto

 

Inaugurado em fevereiro de 2020, o Torel Palace Porto nasceu no edifício do antigo Palacete Campos Navarro, que existia desde 1861. Os 24 quartos e suítes foram batizados com nomes de escritores e poetas portugueses: aqui, é possível dormir, por exemplo, sob a aura surrealista de Mário Cesariny, o assombro de Florbela Espanca, a poesia de Sophia de Mello Breyner ou a mestria de Almeida Garrett.
No restaurante blind — assim denominado em homenagem ao ensaio sobre a cegueira, de josé saramago —, o chef vítor matos desafia-nos para uma viagem que não termina no palato.  Para celebrar os cinco sentidos esteja preparado para tudo. O menu blind emotions é composto por uma experiência de dez momentos e uma outra de oito momentos, sendo que ambas podem ser acompanhadas com harmonizações vínicas blind. Caso opte pela primeira, o encontro será às cegas; caso escolha a segunda, também. “o blind é uma aventura.” 

 

Restaurante Blind

 

THE LITERARY MAN ÓBIDOS HOTEL - Rua D. João d'Ornelas, Óbidos

 

Este antigo convento, de 1830, localizado ao lado do castelo de óbidos, a vila literária, manteve o seu encanto original e viu nascer a estalagem do convento, em 1965. em 2015, foi convertido no maior hotel literário do mundo, com 30 quartos e um acervo de mais de 50 000 livros. no restaurante, a carta book & cook é toda ela composta por pratos inspirados no universo literário. o the literary gin bar vai beber a hemingway, faulkner, f. scott fitzgerald, kerouac ou steinbeck para nos oferecer uma seleção de cocktails literários. aproveite a estada e leia, mexa nos livros, folheie-os, leve-os para o quarto, mude-os de sítio. vale tudo, menos estragar.

 

The Literary Man Óbidos Hotel


SAPIENTIA HOTEL - Rua José Falcão nº4, Coimbra

 

Situado na zona património mundial da humanidade, em Coimbra, com vista para o paço das escolas e para o Mondego, o Sapientia (latim, sabedoria) nasceu da reconstrução de três casas dos séculos xviii e xix, que haviam sido ocupadas por jesuítas. Do projeto, abraçado por dois casais — o cantor e compositor André Sardet e a mulher, Catarina Dutra, e o jornalista José Manuel Portugal e a mulher, maria Israel —, nasceram 22 quartos com nomes de escritores portugueses que, de alguma forma, foram importantes para a cidade. Motivos não faltam para que façamos deste espaço o nosso refúgio durante alguns dias: perdermo-nos na leitura de uma das edições mais antigas de as farpas, no quarto Ramalho Ortigão; desligarmo-nos do mundo, no pátio interior, onde uma nogueira centenária é a companhia ideal para conversas demoradas; ou apreciarmos o céu no terraço batizado, oportunamente, de “cheio de estrelas” são apenas alguns deles.

 

Sapientia Hotel

 

PARIS BOUTIK | SUITE LA LIBRAIRIE DU MARAIS - 12 Rue Caffrelli 75003, Paris

 

David Lecullier e os seus sócios idealizaram o conceito Paris Boutik, suítes que nascem da reconversão de estabelecimentos tradicionais que tenham deixado de ser utilizados. 
Na antiga livraria da rue caffarelli, outrora um alfarrabista, podemos agora usufruir de um carismático espaço de 45 m2 onde coabitam 4500 livros, entre eles algumas edições raras.

 

Suite La Librarie Du Marais

 

BOOK AND BED - 200 Nakanocho, Higashimaya Ward, Quioto
 

Aberto desde 2015, este bibliohostel — que possui unidades em Quioto, Fukuoka, Asakusa e Ikebukuru — leva a expressão dormir com os livros a um outro nível. O Book and Bed oferece beliches, do estilo cápsula, construídos dentro das próprias estantes, que agregam cerca de 5 000 livros, em inglês e japonês.  Os espaços de dormir não são amplos, os colchões não são os mais cómodos, mas esta poderá ser uma das melhores experiências que poderá ter na hora de ler um livro antes de dormir. Se esqueceu o pijama em casa, não se preocupe: aqui pode alugar um.
 

Book and Bed

 

BIBLIOTECA GLADSTONE - Church Lane, Hawarden, Flintshire CH5 3DF, Reino Unido
 
 

A Biblioteca Gladstone, fundada por William Gladstone, primeiro-ministro do Reino Unido, no século XIX, dispõe de mais de 150 mil livros e de quartos onde pode usufruir de uma ou mais noites de sono num ambiente que mais parece saído dos livros de Harry Potter. Os hóspedes têm acesso às salas de leitura até às 22h00, e, depois do encerramento, podem levar um livro para seu quarto. Aproveite e jante no restaurante, Food for Thought, aberto todas as noites das 18h30 às 19h30.

 

Biblioteca Gladstone

 

HOTEL RADISSON SONYA - Liteyniy Ave, 5/19, São Petersburgo, Rússia

 

Se tem um cantinho especial no seu coração destinado à literatura russa, não vai querer perder a oportunidade para visitar este hotel, inspirado no Crime e Castigo, de Fiódor Dostoiévski, que recebeu o nome da filha do funcionário público a quem a personagem principal da obra doou dinheiro. De acordo com a diretora-geral, o conceito assenta na história de transformação que Crime e Castigo nos oferece: alguns quartos têm mesmo o teto inacabado, como metáfora da ideia de progressão contínua. Não deixe de jantar no restaurante Metamorfos, onde as ementas representam livros, com prólogo, epílogo e capítulos, e aproveite, também, para visitar o museu dedicado ao autor, que fica a apenas dois quilómetros do hotel.

 

Hotel Radisson Sonya

X
O QUE É O CHECKOUT EXPRESSO?


O ‘Checkout Expresso’ utiliza os seus dados habituais (morada e/ou forma de envio, meio de pagamento e dados de faturação) para que a sua compra seja muito mais rápida. Assim, não tem de os indicar de cada vez que fizer uma compra. Em qualquer altura, pode atualizar estes dados na sua ‘Área de Cliente’.

Para que lhe sobre mais tempo para as suas leituras.