"Telma, o unicórnio" | A beleza de sermos nós próprios

Por: Beatriz Sertório a 2020-03-23 // Coordenação Editorial: Marisa Sousa

Aaron Blabey

Aaron Blabey

Aaron Blabey era um péssimo ator, por isso, decidiu escrever anúncios irritantes para televisão. Depois, ensinou desenho a quem desenhava melhor do que ele. Até que decidiu escrever livros, e adivinhem? Os seus livros receberam diversos prémios e muitos tornaram-se famosos. Então, ele pensou: “Ser autor é excelente! Esta será a minha profissão!”
Hoje, Aaron vive numa montanha, na Austrália, com a sua esposa, três filhos e uma piscina cheia de tubarões brancos. OK, é mentira. Ele só tem dois filhos.

VER +

10%

Telma, o Unicórnio
9,90€ 8,91€
PORTES GRÁTIS

Últimos artigos publicados

Joana Laranjeiro recomenda "Eu Sou Super!"

Desafiámos os autores a partilharem connosco algumas leituras, levando até aos leitores o poder terapêutico da literatura. Joana Laranjeiro respondeu ao desafio e fez uma recomendação para toda a família: o seu livro "Eu Sou Super".

Rita Mira conta a história por detrás de "O Duende que Caiu da Lua"

Desafiámos os autores a partilharem connosco algumas leituras, levando até aos leitores o poder terapêutico da literatura. Rita Mira respondeu ao desafio e partilhou connosco a inspiração por detrás de "O Duende que Caiu da Lua".  

"Greta e os Gigantes" | Ninguém é demasiado pequeno para fazer a diferença

Esta história é inspirada numa menina real chamada Greta Thunberg. Certamente já ouviste falar dela, ou já a ouviste discursar, nas notícias. Quando tinha mais ou menos a tua idade, começou a preocupar-se com as alterações climáticas.  Ela tinha apenas 15 anos quando começou a fazer greve da escola, todas as sexta-feiras, sentando-se, sozinha, em frente ao edifício do governo sueco, com um cartaz onde se lia: GREVE PELO CLIMA. À medida que o tempo foi passando, inspirou cada vez mais adultos e crianças de todo o mundo. Muitos milhares de pessoas se juntaram a ela. É importante referir que lhe foi diagnosticada síndrome de Asperger, transtorno de déficit de atenção/hiperatividade, transtorno obsessivo-compulsivo e mutismo seletivo. Todas estas palavras complicadas referem doenças que podem causar uma série de dificuldades mas que, quando controladas, não impedem as pessoas de levar uma vida normal. A Greta diz que, dependendo das circunstâncias, "ser diferente é um superpoder." 

Provavelmente, já tiveste momentos em que te sentiste um pouco triste e desejaste poder ser outra pessoa. Se calhar, já olhaste para o espelho e desejaste parecer-te mais com as pessoas que vês na televisão. Ou, então, já te sentiste invisível ao pé de alguém mais popular, e desejaste que reparassem mais em ti. Seja qual for o teu desejo, a verdade é que todos nós já nos sentimos assim. Até mesmo a Telma.


 

Telma, o unicórnio é um livro sobre um pónei, a Telma, que sonha ser um unicórnio. Apesar de o seu melhor amigo, o burro Óscar, lhe dizer que ela é perfeita tal como é, a Telma acha que ser um unicórnio lhe traria a fama e a felicidade que sempre desejou. Um dia, decide fingir que é um unicórnio, colocando uma cenoura no nariz e cobrindo-se de tinta cor-de-rosa e purpurinas, e torna-se, de imediato, uma celebridade. Mas a fama não lhe trouxe a felicidade que ela pensava que traria.


Cansada de ser constantemente perseguida pelos fãs e criticada por desconhecidos, começa a perceber que a vida de celebridade pode ser um pouco complicada. Sente saudades de sair à rua sem que a conheçam, de poder ir às compras sem que lhe tirem fotografias e, principalmente, sente falta da única pessoa que sempre a aceitou como ela era - o seu amigo Óscar. Embora achasse que ia sentir-se especial, sente-se sozinha e mais triste que nunca e, por isso, decide voltar a ser um pónei.


No final, a Telma aprende lições valiosas com as quais todos nós podemos aprender. Em primeiro lugar, aprende que é preferível ter a amizade verdadeira de um, do que a admiração de muitos. Em segundo, aprende que é mais importante ter um amigo que a aceita apesar dos seus defeitos, do que um admirador que conhece apenas as suas qualidades.


Para além disso, aprende a lição mais valiosa que poderás aprender ao longo da tua vida: que o que te torna especial é que, no mundo inteiro, não há outra pessoa como tu; que o que te torna único, é que, por muito que os anos passem, não voltará a nascer alguém exatamente igual a ti. E não há nada mais bonito do que seres exatamente quem és … assim mesmo, sem purpurinas.

X
O QUE É O CHECKOUT EXPRESSO?


O ‘Checkout Expresso’ utiliza os seus dados habituais (morada e/ou forma de envio, meio de pagamento e dados de faturação) para que a sua compra seja muito mais rápida. Assim, não tem de os indicar de cada vez que fizer uma compra. Em qualquer altura, pode atualizar estes dados na sua ‘Área de Cliente’.

Para que lhe sobre mais tempo para as suas leituras.