Bábi Iar

de Anatóli Kuznetsov 

Bertrand.pt - Bábi Iar

Descubra mais

Bábi Lar, de Anatóly Kuznetsov | Bula Literária Em setembro de 1941, as tropas nazis conquistaram Kiev. Fascinadas pela elegância dos soldados alemães ou esperançosas na reconquista do exército soviético, as populações dividiram-se. Anatóli Kuznetsov tinha doze anos e assistiu à discordância no seio da própria família. Mas à medida que os dias corriam, tornava-se claro que aquele território estava a ser palco de um crime terrível: os disparos não cessavam, as valas comuns eram abertas, o fumo tomava conta dos céus, e os judeus, os ciganos e quaisquer opositores às regras alemãs desapareciam das ruas. Não existem números consensuais, mas estima-se que mais de 100 000 pessoas terão sido mortas em Bábi Iar, às portas da capital ucraniana, e, durante décadas, quer alemães quer russos tentaram escondê-lo. Em 1961, Kuznetsov submeteu o seu testemunho deste período às autoridades soviéticas e, em 1966, saiu por fim em livro, numa versão fortemente truncada. Apenas após a fuga do autor para Inglaterra, em 1969, seria revelado o texto completo – e é esse que agora, pela primeira vez, se dá a ler em Portugal. Um perturbador retrato da brutalidade da guerra vista pelos olhos de uma criança e uma lição sobre o poder da censura. Bábi Iar: uma obra-prima sem cortes pela primeira vez publicada em Portugal Com apenas 14 anos, o ucraniano Anatóli Kuznetsov começou a registar o massacre Bábi Iar, que testemunhara em setembro de 1941, quando morreram numa ravina de Kiev milhares de judeus. Em plena Segunda Guerra Mundial (1939-1945), o jovem que se tornaria escritor viu as tropas nazis conquistarem Kiev, assistiu às divisões que se geraram no seu país e até mesmo no seio da sua própria família, enquanto começava a suspeitar que aquele território estava, afinal, a ser palco de um crime terrível.
Editor: Livros do Brasil
Edição: outubro de 2022
Formatos Disponíveis:
Portes
Grátis
10%
22,20€
19,98€
Em stock online

Em setembro de 1941, as tropas nazis conquistaram Kiev. Fascinadas pela elegância dos soldados alemães ou esperançosas na reconquista do exército soviético, as populações dividiram-se. Anatóli Kuznetsov tinha doze anos e assistiu à discordância no seio da própria família. Mas à medida que os dias corriam, tornava-se claro que aquele território estava a ser palco de um crime terrível: os disparos não cessavam, as valas comuns eram abertas, o fumo tomava conta dos céus, e os judeus, os ciganos e quaisquer opositores às regras alemãs desapareciam das ruas. Não existem números consensuais, mas estima-se que mais de 100 000 pessoas terão sido mortas em Bábi Iar, às portas da capital ucraniana, e, durante décadas, quer alemães quer russos tentaram escondê-lo. Em 1961, Kuznetsov submeteu o seu testemunho deste período às autoridades soviéticas e, em 1966, saiu por fim em livro, numa versão fortemente truncada. Apenas após a fuga do autor para Inglaterra, em 1969, seria revelado o texto completo – e é esse que agora, pela primeira vez, se dá a ler em Portugal. Um perturbador retrato da brutalidade da guerra vista pelos olhos de uma criança e uma lição sobre o poder da censura.

«As partes sobre o colaboracionismo ucraniano assumem hoje especial importânica, pois, como se sabe, ao ordenar a invasão da Ucrânia, (...) Putin utilizou o argumento de que iria libertar o país dos "nazis" entre os ucranianos. Ao instrumentalizar a história da ocupação nazi da União Soviética, grande parte da sua propaganda bélica passou por insultar todo um povo»
Da Introdução de Irene Flunser Pimentel

Críticas de imprensa
O livro é a obra de um escritor que passou dois anos na vizinhança da morte (as rajadas de metralhadora ouviam-se onde ele vivia) e mais de duas décadas a contá-los a outras pessoas e a revisitá-los na sua cabeça — muitas vezes até sem dar por isso.

Luís Miguel Faria, Expresso

Da mesma coleção

O Diário de Anne Frank
10%
portes grátis
10% Cartão Leitor Bertrand
16,65€
Livros do Brasil
O estrangeiro
10%
portes grátis
10% Cartão Leitor Bertrand
12,20€
Livros do Brasil
Bábi Iar
ISBN:
978-989-711-182-2
Ano de edição:
10-2022
Editor:
Livros do Brasil
Idioma:
Português
Dimensões:
152 x 235 x 31 mm
Encadernação:
Capa mole
Páginas:
488
Tipo de Produto:
Livro
Coleção:
Dois Mundos

Quem comprou também comprou

Questões Escaldantes
10%
portes grátis
22,20€ 19,98€
Bertrand Editora
Tu Não Sabes o que é a Guerra
10%
portes grátis
13,50€ 12,15€
Clássica Editora
X
O QUE É O CHECKOUT EXPRESSO?


O ‘Checkout Expresso’ utiliza os seus dados habituais (morada e/ou forma de envio, meio de pagamento e dados de faturação) para que a sua compra seja muito mais rápida. Assim, não tem de os indicar de cada vez que fizer uma compra. Em qualquer altura, pode atualizar estes dados na sua ‘Área de Cliente’.

Para que lhe sobre mais tempo para as suas leituras.