A Grande Solidão

de Kristin Hannah 

Editor: Bertrand Editora
Formatos Disponíveis:
17,70€
Notifiquem-me quando disponível.

1974, Alasca. Indómito. Imprevisível. E para uma família em crise, a prova definitiva. Ernt Allbright regressa da Guerra do Vietname transformado num homem diferente e vulnerável. Incapaz de manter um emprego, toma uma decisão impulsiva: toda a família deverá encetar uma nova vida no selvagem Alasca, a última fronteira, onde viverão fora do sistema. Com apenas 13 anos, a filha Leni é apanhada na apaixonada e tumultuosa relação dos pais, mas tem esperança de que uma nova terra proporcione um futuro melhor à sua família. Está ansiosa por encontrar o seu lugar no mundo. A mãe, Cora, está disposta a tudo pelo homem que ama, mesmo que isso signifique segui-lo numa aventura no desconhecido. Inicialmente, o Alasca parece ser uma boa opção. Num recanto selvagem e remoto, encontram uma comunidade autónoma, constituída por homens fortes e mulheres ainda mais fortes. Os longos dias de verão e a generosidade dos habitantes locais compensam a inexperiência e os recursos cada vez mais limitados dos Allbright.

À medida que o inverno se aproxima e que a escuridão cai sobre o Alasca, o frágil estado mental de Ernt deteriora-se e a família começa a quebrar. Os perigos exteriores rapidamente se desvanecem quando comparados com as ameaças internas. Na sua pequena cabana, coberta de neve, Leni e a mãe aprendem uma verdade terrível: estão sozinhas. Na natureza, não há ninguém que as possa salvar, a não ser elas mesmas. Neste retrato inesquecível da fragilidade e da resiliência humana, Kristin Hannah revela o carácter indomável do moderno pioneiro americano e o espírito de um Alasca que se dissipa - um lugar de beleza e perigo incomparáveis. A Grande Solidão é uma história ousada e magnífica sobre o amor e a perda, a luta pela sobrevivência e a rudeza que existe tanto no homem como na natureza.

  • Incrível!
    Ana Rita Martinho - Bertrand Torres Vedras | 04-06-2021

    A história passa-se no Alasca nos anos 70. Uma família, Ernt, Cora e a filha de 13 anos Leni recebem uma herança de um colega do Ernt, combatente da Guerra do Vietname. Essa herança é uma casa no Alasca e Ernt decide mudar-se com a família após o seu regresso da guerra, pois viu nesta oportunidade um recomeço de vida. O livro fala-nos então da adaptação desta família ao Alasca selvagem, onde os dias de inverno são muito rigorosos. Existem vários perigos naturais e pouca comida. Todos trabalham na primavera e no verão para reunir e armazenar mantimentos que tem de durar o inverno todo. Com a chegada do inverno, altera-se bastante o estado psicológico de Ernt pelo facto de ficarem todos confinados à sua cabana. Os traumas do seu passado regressam, e Cora e Leni vivem permanentemente assustadas com Ernt. Cora parece desculpar sempre as atitudes violentas do marido e Leni, apesar de não entender o comportamento da mãe, tornam-se bastante cúmplices e próximas. Um romance sobre sobrevivência, adversidades e superação. Um romance forte, por vezes duro, e, muitas vezes, emocionante.

  • A sobrevivência no Alasca!
    Susana Comprido - Livraria SJMadeira | 19-05-2021

    Quando o pai regressa da Guerra do Vietname, Leni e a mãe mudam-se com ele para o Alasca. A família vai em busca de uma vida melhor e de ajudar o pai a superar o trauma da guerra. Contudo, não encontram o que esperavam e o seu dia a dia torna-se muito difícil. A sobrevivência em condições climatéricas tão adversas e a gestão do stress pós-traumático do pai vão mostrar-se uma verdadeira luta pela própria vida. A autora apresenta-nos uma história sobre a relação inquebrável entre mãe e filha, capacidade do ser humano de se adaptar às mais impensáveis situações, mostrando também como é realmente viver no Estado mais frio dos USA. Um livro sobre amor, perseverança e força.

  • Magnífico e viciante
    Mónica Salvado - Bertrand Vasco da Gama | 24-04-2021

    Ernt Allbright volta traumatizado da guerra do Vietnam e decide começar do zero com a família no Alasca. Cora ama profundamente o marido e segue-o para qualquer lugar no mundo e Lenie, a filha de 13 anos, que já não recorda como o pai era antes da guerra, refugia-se na leitura. O Alasca é uma terra selvagem, onde poucos decidem viver. O inverno é muito rigoroso e a comunidade local ajuda os Allbright a como sobreviver durante os longos meses frios. Mas nada os consegue preparar psicologamente para a grande solidão, porque o perigo não está fora de casa, mas sim dentro. Kristin Hannah tem uma escrita cinematográfica e envolvente, este livro deixa-nos sentir muitas emoções, principalmente tendo em conta a situação que estamos a viver em que também nós nos temos de isolar (apesar de não ser no Alasca). Recomendo é uma leitura apaixonante.

  • Uma História de sobrevivência.
    Cármen Couto - Livraria Bertrand Coimbra Rua | 19-04-2021

    Este é um livro muito emotivo sobre a fragilidade e a resiliência humana, sobre um começar de novo num ambiente lindíssimo mas cheio de perigos. É a história de uma família que vai lutar contra tudo para sobreviver porque o amor é maior. Um livro 5 estrelas.

  • Romance envolvente
    Raquel Mateus, Livreira Bertrand Fórum Coimbra | 01-03-2020

    Um romance que nos envolve e que conta a história de uma família que se muda para o gélido, mas magnífico, Alasca - um homem com traumas de guerra, uma mulher que faz tudo pelo marido e uma criança/jovem, que adora ler e que cresce numa casa onde, aparentemente, o amor é a força desta família. Um romance forte, por vezes duro, e, muitas vezes, emocionante.

  • Bom, mas deprimente
    José Bernardo - Livraria Parque Atlântico | 02-06-2019

    Com "A Grande Solidão" aprendi muito sobre o Alasca, contudo, a primeira metade do livro achei bastante repetitivo. Muita descrição, talvez 50 páginas ou mais de descrição. A segunda metade do livro foi fantástica. Muita coisa aconteceu nessa história - os personagens eram bem definidos, o enredo era tortuoso, triste e feliz e também horripilante às vezes. Houve um final feliz que fez valer a pena ler e pensar sobre isso. Recomendo - a autora é uma grande escritora.

  • Amor de Família
    Marina Rossas - Livraria Bertrand Palácio do Gelo | 23-05-2019

    Um livro para românticos, pois ao invés da desistência, esta família une-se para apoiar o pai e marido que precisa de recuperar da guerra longe do caos da sociedade. A capacidade de resiliência e de amor da mulher e da filha que não desistem de serem felizes.

  • Envolvente!
    Carla Tomé - Bertrand Foz Plaza | 20-05-2019

    Mais um dos meus livros favoritos. Roubou-me lágrimas! Kristin Hannah nunca desilude! Belo e poderoso, um livro memorável que não posso deixar de recomendar.

  • A Grande Solidão
    Tânia Duarte Livraria Bertrand do Amoreiras | 10-05-2019

    A Grande Solidão acompanha a história de um casal e da sua filha de 13 anos. Depois de várias tentativas, a família acaba por rumar ao Alasca. É um livro sobre muitas coisas: sobre o amor, em todas as suas formas, e os seus limites. É um bom livro, bem escrito, com uma história interessante que agarra o leitor.

  • 6 estrelas muito brilhantes!!
    Ana Azenha - Bertrand Foz Plaza | 16-04-2019

    Fabuloso! Uma história incrível de sobrevivência, adversidades e superação. Uma família destroçada e em crise, decide recomeçar a vida no Alasca, uma terra inóspita e cheia de perigos. O que deveria ser um recomeço auspicioso, longe do bulício das grandes cidades, vai acabar por pôr à prova esta família. Uma história repleta de emoções que nos deixa completamente abalados. Super recomendado!!

  • Solidão
    Sónia Fernandes - Livreira Bertrand Guarda | 28-03-2019

    Com uma descrição fantástica conseguimos viver este romance com todos os sentidos. Para leitores que gostam de histórias muito fortes.

  • Um romance arrebatador
    Raquel Abel - Livreira Bertrand Forum Coimbra | 01-03-2019

    A Grande Solidão faz-nos viajar para o Alaska junto com a familia Allbright. Vamos acompanhando a vida de Leni, vibrando e sofrendo com ela. Um romance frio, que nos mostra temas fortes e impactantes. Para quem gosta de histórias fortes.

  • ver menos comentários ver mais comentários
  • Emotivo
    Isabel Caldeira | 11-07-2020

    Em vários momentos da leitura senti as dores das personagens. Senti empatia, impotência, revolta, esperança. Em alguns momentos foi impossível controlar as lágrimas, que teimaram em aparecer. Portanto, a quem é mais sensível e emotivo, recomendo os belos dos lenços de papel, a uma distância não superior a um metro.

  • Imprevisível
    Patrícia Silva | 17-06-2020

    Um romance que surpreende a cada linha e nos prende á história. Passou para o meu TOP 10. Um livro realista e imprevisível.

  • A Grande Solidão
    ALC | 11-03-2019

    Este livro mais do que um romance, é uma história de vida envolvente que nos faz querer ler, para ter a certeza que existe um final feliz.

  • ver menos comentários ver mais comentários
A Grande Solidão
ISBN: 9789722535991 Editor: Bertrand Editora Idioma: Português Dimensões: 149 x 233 x 30 mm Encadernação: Capa mole Páginas: 456 Tipo de Produto: Livro Classificação Temática: Livros  >  Livros em Português  >  Literatura  >  Romance

Quem comprou também comprou

Volta ao Mundo em Vinte Dias e Meio
10%
portes grátis
10% Cartão Leitor Bertrand
16,60€
Porto Editora
Rio Profundo
10%
portes grátis
10% Cartão Leitor Bertrand
18,80€
Dom Quixote
X
O QUE É O CHECKOUT EXPRESSO?


O ‘Checkout Expresso’ utiliza os seus dados habituais (morada e/ou forma de envio, meio de pagamento e dados de faturação) para que a sua compra seja muito mais rápida. Assim, não tem de os indicar de cada vez que fizer uma compra. Em qualquer altura, pode atualizar estes dados na sua ‘Área de Cliente’.

Para que lhe sobre mais tempo para as suas leituras.