Bertrand.pt - História Abreviada da Literatura Portátil
Opinião dos leitores
(1)

História Abreviada da Literatura Portátil

de Enrique Vila-Matas 

Editor: Assírio & Alvim
Formatos Disponíveis:
Portes
Grátis
10%
13,30€
Poupe 1,33€ (10%) Cartão Leitor Bertrand
Em stock
portes grátis

Livro de culto na obra de Enrique Vila-Matas, surgem aqui algumas marcas que perpassam toda a sua obra, como a exploração de biografias, verdadeiras ou imaginárias, de personagens escritores. História Abreviada da Literatura Portátil é uma vibrante história das vanguardas do século XX, onde se narra o percurso de um grupo de intelectuais que, em 1924, decide fundar uma sociedade secreta. Encontravam-se entre estes Duchamp, F. Scott Fitzgerald, Walter Benjamin, Cesar Vallejo, Man Ray, Tristan Tzara, Valery Larbaud, Federico García Lorca e muitos outros.

Conhecidos como portáteis, ou shandys, em homenagem ao Tristram Shandy de Laurence Sterne, este grupo, obscuro e extremamente seleto, cultiva ideais como o amor à escrita, a diversão, o espírito inovador e a autoria de obras, literárias ou plásticas, que possam caber facilmente numa pequena mala: portáteis.

História Abreviada da Literatura Portátil aposta decididamente numa imaginação radical, excêntrica, operando com suficiente eficácia para que a ficção se comprometa com a inteligência do ensaio.

  • Sátira às vanguardas
    Henrique Fialho - Livreiro Bertrand La Vie Caldas da Rainha | 04-10-2017

    Dizem tratar-se de um livro emblemático na carreira de Vila-Matas, por culpa do reconhecimento que lhe valeu à época da primeira edição. O livro terá vendido a rodos e não admira. Partindo de um suposto projecto literário do dadaísta Tristan Tzara, que consistiria na elaboração de uma «história portátil da literatura abreviada», Enrique Vila-Matas oferece-nos neste livro um divertido e curioso exercício literário que «se caracteriza por não ter um sistema a propor, mas apenas uma arte de viver». Reconhecemos facilmente os nomes dos personagens, associamo-los, inevitavelmente, a um tempo e a uma forma de viver, mas tudo o resto só é verosímil pela imaginação. Aquilo que se conta nesta história é o que a História não logra contar, ou seja, «os pilares sobre os quais assentou a sociedade secreta shandy». Fundado em Port Actif (?), uma povoação africana situada na foz do rio Níger, o shandismo sucumbirá com a autodestruição do último shandy em Sevilha. Pelo meio, ficam os episódios de uma célebre vaga de suicídios juvenis na Paris de 1924, a invenção de um método de encontrar artistas portáteis nas ruas de Paris, um violino masturbador chinês como duplo de Dalí, o método de pesar textos, etc, numa novela que pode também ser lida como uma sátira às vanguardas, mas onde, acima de tudo, se homenageia o «caos donde nascerá, por fim, a literatura».

Outros livros da coleção

As Elegias de Duíno
10%
portes grátis
10% Cartão Leitor Bertrand
14,40€
Assírio & Alvim
Suicídios Exemplares
10%
portes grátis
10% Cartão Leitor Bertrand
14,40€
Assírio & Alvim
História Abreviada da Literatura Portátil
ISBN: 978-972-37-1682-5 Editor: Assírio & Alvim Idioma: Português Dimensões: 147 x 205 x 11 mm Encadernação: Capa mole Páginas: 112 Tipo de Produto: Livro Coleção: Peninsulares Classificação Temática: Livros  >  Livros em Português  >  Literatura  >  Romance

Quem comprou também comprou

O Anti-Cristo
10%
portes grátis
10% Cartão Leitor Bertrand
24,00€

de Gomes Leal 

Assírio & Alvim
As Sombras - À Ventura - Jesus e Pã
10%
portes grátis
10% Cartão Leitor Bertrand
18,00€
Assírio & Alvim
X
O QUE É O CHECKOUT EXPRESSO?


O ‘Checkout Expresso’ utiliza os seus dados habituais (morada e/ou forma de envio, meio de pagamento e dados de faturação) para que a sua compra seja muito mais rápida. Assim, não tem de os indicar de cada vez que fizer uma compra. Em qualquer altura, pode atualizar estes dados na sua ‘Área de Cliente’.

Para que lhe sobre mais tempo para as suas leituras.