Bertrand.pt - Direitos Fundamentais na Jurisprudência Constitucional

Direitos Fundamentais na Jurisprudência Constitucional

Materiais de trabalho para aulas práticas

de Pedro Lomba e Alexandre Sousa Pinheiro 

Editor: AAFDL
Edição ou reimpressão: novembro de 2006
Portes
Grátis
10%
18,00€
Poupe 1,80€ (10%) Cartão Leitor Bertrand
Envio até 10 dias
portes grátis

INTRODUÇÃO

A recolha ora apresentada resulta da experiência docente dos autores leccionando matérias de Direito Público - essencialmente Direito Constitucional - na Faculdade de Direito de Lisboa.
Na génese estão, assim, preocupações pedagógicas onde a Constituição, como texto normativo, deve ser mostrada através das suas concretizações, nomeadamente jurisprudenciais. Julgamos que ignorar a jurisprudência constitucional não é nem mais nem menos do que esquecer que a Constituição existe para ser aplicada, que as normas constitucionais projectam a sua acção reguladora nas situações da vida, que, para usar uma expressão conhecida, para além de um law in the books há também um law in action. Ausente esta dimensão, o cume do ordenamento pode diluir-se num venerável nada.
Os juristas não duvidam do espaço da Constituição na teoria das fontes, nem discutem que as leis e as restantes actos públicos lhe devem obediência. Contudo, afigura-se ainda pouco frequente a sua consulta e utilização em decisões judiciais ou na fundamentação de actos públicos, a partir de um discurso intelectualmente elaborado e tecnicamente correcto. Podem ser várias as explicações de tal esquecimento da Constituição, mas elas reflectem-se sobretudo no seu capítulo material mais importante - os direitos fundamentais -, que vão desde o ínfimo espaço que lhes é atribuído nos curricula universitários, até à progressiva desaparição do pouco que se conseguiu assimilar nas escolas em vidas jurídicas de muita letra e pouco espírito.
Assiste-se hoje, com óbvias vantagens para a comunidade, a uma enorme difusão pública de temas de direitos fundamentais. A intervenção do Tribunal Constitucional começa a fazer parte do quotidiano do espaço público português, como órgão constitutivo do Direito. Isso não resulta só do facto de o catálogo de direitos fundamentais inscrito na Constituição portuguesa ser amplo, nem de ter vindo a ser enriquecido por sucessivas revisões constitucionais. Na realidade, uma grande parte, senão a mesma maioria, das controvérsias constitucionais que surgem na comunidade têm a sua origem no domínio dos direitos fundamentais, seja ao nível da definição dos direitos, seja no que se refere ao complexo tema das restrições e colisões. Pensamos que este conjunto de dez acórdãos do Tribunal Constitucional pode contribuir para a formação de futuros juristas, transmitindo-lhes uma ideia do Direito como problemática, arredado de viciantes minutas ou estafados formulários. Acham-se neste trabalho acórdãos essencialmente posterior a 2000, encontrando--se em todos eles referências para jurisprudência anterior. Preferiu-se, assim, incluir decisões consolidadas a decisões históricas ou seminais. Os acórdãos respeitam a direitos, liberdades e garantias e a direitos, económicos, sociais e culturais, a processos em que o Tribunal decidiu no sentido da inconstitucionalidade e a outros em que a decisão foi inversa, a decisões unânimes ou tiradas por maioria. Por exemplo, questões como a interrupção voluntária da gravidez ou o ensino de moral e religião católica nas escolas públicas são, também, temas de controvérsia constitucional, onde o Tribunal, como outros órgãos com estas características, se divide.
Pela leitura dos acórdãos propostos pode descobrir-se pertinência constitucional na obrigação de se apresentar ao serviço barbeado ou no pagamento de propinas. Transmitir a dimensão dos direitos fundamentais e o quanto eles nos estão próximos na vida de todos os dias traduz o propósito dos autores.
A recolha inclui o texto completo dos acórdãos, sendo seguida de um grupo de questões a debater sobre temas específicos da decisão, e de outros relativos a princípios gerais de Direito Constitucional.

Lisboa, Junho de 2006
Alexandre Sousa Pinheiro
Pedro Lomba

Direitos Fundamentais na Jurisprudência Constitucional
Materiais de trabalho para aulas práticas
ISBN: 9789726290322 Ano de edição ou reimpressão: Editor: AAFDL Idioma: Português Dimensões: 150 x 230 x 20 mm Páginas: 568 Tipo de Produto: Livro Classificação Temática: Livros  >  Livros em Português  >  Direito  >  Direito Constitucional

Sugestões

Constituição da República Portuguesa - Edição Académica
10%
portes grátis
10% Cartão Leitor Bertrand
5,90€
Porto Editora
Constituição da República Portuguesa
10%
portes grátis
10% Cartão Leitor Bertrand
7,50€
Porto Editora
X
O QUE É O CHECKOUT EXPRESSO?


O ‘Checkout Expresso’ utiliza os seus dados habituais (morada e/ou forma de envio, meio de pagamento e dados de faturação) para que a sua compra seja muito mais rápida. Assim, não tem de os indicar de cada vez que fizer uma compra. Em qualquer altura, pode atualizar estes dados na sua ‘Área de Cliente’.

Para que lhe sobre mais tempo para as suas leituras.