Bertrand.pt - Che cós'è la poesia?

Che cós'è la poesia?

de Jacques Derrida 

Editor: Angelus Novus
Edição ou reimpressão: abril de 2003
Portes
Grátis
10%
4,51€
Poupe 0,45€ (10%) Cartão Leitor Bertrand
Em stock - Envio 24H
portes grátis

Publicado inicialmente na revista italiana Poesia, em Novembro de 1988, e tendo preservado dessa publicação inicial o título em italiano, Che cos’è la poesia? viria depois a ser recolhido no volume Points de Suspension, em 1992.

Trata-se de uma das mais idiossincráticas reflexões sobre a poesia na obra de Derrida, uma obra na qual a poesia, e mais latamente essa «estranha instituição chamada literatura», ocupou um lugar crescente a partir de final dos anos 70.

Críticas de imprensa
«Talvez a poesia seja a ilusão de uma plenitude - mas a própria experiência do poeta e do leitor nos dizem que se trata de algo que deixa sempre um resto.
É esse resto que resiste que surge em Derrida como «o segredo». Um segredo que inesperadamente aparece sob o signo de um animal que, enovelando-se sobre si próprio, representa o próprio movimento da escrita de Derrida: o ouriço. Segredo, sim, «um segredo partilhado, a um tempo público e privado, absolutamente um e outro, absolvido de fora e de dentro, nem um nem outro, o animal lançado na estrada, absoluto, solitário, enrolado em bola junto de si».
Para Jacques Derrida (…), o poema vem sempre do outro, é um ditado do outro, que eu desejo aprender de cor, isto é, através do coração que memoriza um texto que se define pela concisão e a economia das palavras. Há um percurso do poema (e a poesia não existe, só existem poemas), que vai desde o cais de partida ao porto de chegada, deixando que se inscreva no texto a marca da origem e as vicissitudes do percurso (desfiguração, transfiguração, indeterminação), e tendo sempre no horizonte a potencial relação com um referente: «Come, bebe, engole a minha letra, porta-a, transporta-a em ti como lei de uma escrita em que o teu corpo se tornou: a escrita em si». Que esta escrita em si tenha a ver com a configuração linguística do poema de que fala Adorno, eis o que me parece bastante óbvio. Mas o que em Derrida se reforça é a energia do «tu» e a paixão do singular: «Chamarás poema a uma encantação silenciosa, à ferida áfona que de ti desejo aprender de cor.»
Eduardo Prado Coelho, «Esse Pássaro Fluido», Público / Mil Folhas

Che cós'è la poesia?
ISBN: 9789728115944 Ano de edição ou reimpressão: Editor: Angelus Novus Idioma: Português Dimensões: 146 x 225 x 4 mm Encadernação: Capa mole Páginas: 12 Tipo de Produto: Livro Classificação Temática: Livros  >  Livros em Português  >  Literatura  >  Poesia

Sugestões

Chuva de Graça
10%
portes grátis
10% Cartão Leitor Bertrand
12,00€
Tecto de Nuvens
As Rimas de Petrarca
10%
portes grátis
10% Cartão Leitor Bertrand
22,20€
Quetzal Editores
X
O QUE É O CHECKOUT EXPRESSO?


O ‘Checkout Expresso’ utiliza os seus dados habituais (morada e/ou forma de envio, meio de pagamento e dados de faturação) para que a sua compra seja muito mais rápida. Assim, não tem de os indicar de cada vez que fizer uma compra. Em qualquer altura, pode atualizar estes dados na sua ‘Área de Cliente’.

Para que lhe sobre mais tempo para as suas leituras.