Alexandre O' Neill

Alexandre O' Neill

Biografia

Poeta português, Alexandre Manuel Vahia de Castro O'Neill de Bulhões nasceu a 19 de dezembro de 1924, em Lisboa, e morreu a 21 de agosto de 1986, na mesma cidade. Para além de se ter dedicado à poesia, Alexandre O'Neill exerceu a atividade profissional de técnico publicitário. Fundador do Grupo Surrealista de Lisboa, com Mário Cesariny, António Pedro, José-Augusto França, diretamente influenciado pelo surrealismo bretoniano, desvinculou-se do grupo a partir de Tempo de Fantasmas (1951), embora a passagem pelo surrealismo marque indelevelmente a sua postura estética. A sua distanciação em relação a este movimento não obstou a que um estilo sarcástico e irónico muito pessoal se impregnasse de algumas características do Surrealismo, abordando noutros passos o Concretismo, preocupando-se não em fazer "bonito", mas sim "bom e expressivo". Para Clara Rocha, a poesia de Alexandre O'Neill coincide com o programa surrealista a dois níveis: "a libertação total do homem e a libertação total da arte. O que implica: primeiro, uma poesia de 'intervenção', exortando os homens a libertarem-se dos constrangimentos de toda a ordem que os tolhem e oprimem (familiares, sociais, morais, quotidianos, psicológico, políticos, etc.); segundo, a libertação da palavra de todas as formas de censura (estética, moral, lógica, do bom senso, etc.)" (cf. ROCHA, Clara - prefácio a Poesias Completas, 1982, p. 12). Para Fernando J. B. Martinho (retomando um artigo de Quadernici Portoghesi), a diferença de O'Neill relativamente à poética surrealista situa-se na "preferência, relativamente à oposição 'falar/imaginar', pelo primeiro polo", numa consequente atenção dispensada, nos livros posteriores a Tempo de Fantasmas, como No Reino da Dinamarca ou Abandono Vigiado, "à sociedade portuguesa de que vai traçar como que a radiografia, surpreendendo-a na sua mediocridade, nos seus ridículos, nos seus pequenos vícios provincianos" (MARTINHO, Fernando J. B., op. cit., 1996, pp. 39-40). Nessa medida, e ainda segundo o mesmo crítico, se "o surrealismo ortodoxo põe a sua crença na existência de um 'ponto do espírito em que [...] o real e o imaginário' deixariam 'de ser percebidos contraditoriamente', em Alexandre O' Neill toda a busca parece centrar-se na 'vida' e no 'real'" (id. ibi, p. 40).
Recebeu, pelas suas Poesias Completas, o Prémio da Crítica do Centro Português da Associação Internacional de Críticos Literários (1983).
partilhar
Poesias Completas & Dispersos
10%
portes grátis
10% Cartão Leitor Bertrand
33,00€
Assírio & Alvim
Poesias Completas
10%
portes grátis
10% Cartão Leitor Bertrand
33,00€
Assírio & Alvim
Uma Coisa em Forma de Assim
10%
portes grátis
10% Cartão Leitor Bertrand
25,00€
Assírio & Alvim
Já Cá Não Está Quem Falou
10%
portes grátis
10% Cartão Leitor Bertrand
18,00€
Assírio & Alvim
Anos 70
10%
portes grátis
10% Cartão Leitor Bertrand
14,00€
Assírio & Alvim
A Ampola Miraculosa
10%
portes grátis
10% Cartão Leitor Bertrand
12,00€
Assírio & Alvim
Alexandre O´Neill Dito por Sinde Filipe
10%
portes grátis
10% Cartão Leitor Bertrand
18,95€
Dinalivro
As Andorinhas Não têm Restaurante
A Saca de Orelhas
2,54€
Livraria Sá da Costa Editora
Feira Cabisbaixa
2,63€
Livraria Sá da Costa Editora
No Reino da Dinamarca
7,55€
Relógio D'Água
Poesias Completas 1951-1981
14,10€
INCM – Imprensa Nacional Casa da Moeda
X
O QUE É O CHECKOUT EXPRESSO?


O ‘Checkout Expresso’ utiliza os seus dados habituais (morada e/ou forma de envio, meio de pagamento e dados de faturação) para que a sua compra seja muito mais rápida. Assim, não tem de os indicar de cada vez que fizer uma compra. Em qualquer altura, pode atualizar estes dados na sua ‘Área de Cliente’.

Para que lhe sobre mais tempo para as suas leituras.