O Caçador de Elefantes Invisíveis

de Mia Couto 

Prémio Camões
Editor: Editorial Caminho
Edição: outubro de 2021
Formatos Disponíveis:
Portes
Grátis
10%
15,90€
Poupe 1,59€ (10%) Cartão Leitor Bertrand
Em stock online

Finalista Prémio Livro do Ano Bertrand 2021 - Ficção Lusófona

Mia Couto volta a um género literário que pratica com reconhecida mestria desde a sua primeira obra em prosa, a coletânea Vozes Anoitecidas, que a Caminho publicou no já longínquo ano de 1987.

O Caçador de Elefantes Invisíveis recolhe sob este título, que é também o de um dos contos antologiados, as belas histórias que a revista Visão vem publicando mensalmente.

Aproveitou a oportunidade para lhes dar uma demão, mais ou menos intensa aqui e ali, e presenteia-nos com um livro que está à altura das melhores obras que neste género se escreveram em língua portuguesa. O estilo é sóbrio e preciso, os temas são vários e diversos, o lugar donde o autor vê o mundo e o retrata neste livro é tão amplo que nele cabe tudo.

Entre a história do pobre velho, ou melhor, de um velho pobre que recebe em casa um enfermeiro em serviço de rastreio da covid 19, e, já no fim do livro, a conversa das estátuas que descem dos seus pedestais, descem e não são derrubadas, para conversarem sobre os males e os equívocos deste mundo, entre uma e outra destas histórias o leitor encontra personagens e cenas que não lhe sairão tão cedo da memória.

O Caçador de Elefantes Invisíveis é uma vez mais Mia Couto no seu melhor.

  • As várias faces da verdade, do entendimento, da perceção do universo
    Luísa Fresta | 14-02-2023

    É uma escrita sóbria, poética e certeira. A teia de surpresa e de espanto na qual se verá enredado o leitor advém do caráter insólito, dos enredos enigmáticos, da obscuridade e da luz em cada narrativa. Cada vida é única, as circunstâncias irrepetíveis, e o ser humano, na sua pureza, incoerência, espontaneidade e fragilidade, protagoniza histórias que ninguém se atreveria a sonhar. Os vinte e seis textos desta obra foram publicados ao longo de dois anos na revista Visão, ainda que, na presente edição, tenham sofrido alterações residuais, “uma demão, mais ou menos intensa aqui e ali”, como refere o editor na badana do livro. Refletem já episódios muito recentes, à escala mundial, localizados em diversas regiões de Moçambique. Em algumas histórias o autor refere a pandemia do novo coronavírus (Um gentil ladrão, A imortal quarentena), assim como em O caçador de elefantes invisíveis, o conto cujo título abrange o conjunto dos diversos textos antologiados. Em outros relatos, como O vice-viajante, descreve a ação do terrorismo e o seu impacto trágico junto das famílias e das populações...

O Caçador de Elefantes Invisíveis
ISBN:
9789722131223
Ano de edição:
10-2021
Editor:
Editorial Caminho
Idioma:
Português
Dimensões:
139 x 212 x 12 mm
Encadernação:
Capa mole
Páginas:
176
Tipo de Produto:
Livro

Quem comprou também comprou

Primeira Pessoa do Singular
10%
portes grátis
10% Cartão Leitor Bertrand
19,90€
Casa das Letras
Anos de Chumbo e Outros Contos
10%
portes grátis
10% Cartão Leitor Bertrand
15,95€
Companhia das Letras
X
O QUE É O CHECKOUT EXPRESSO?


O ‘Checkout Expresso’ utiliza os seus dados habituais (morada e/ou forma de envio, meio de pagamento e dados de faturação) para que a sua compra seja muito mais rápida. Assim, não tem de os indicar de cada vez que fizer uma compra. Em qualquer altura, pode atualizar estes dados na sua ‘Área de Cliente’.

Para que lhe sobre mais tempo para as suas leituras.