Contos de Amor, Desejo e Perda

de João de Mancelos 

Bertrand.pt - Contos de Amor, Desejo e Perda
Opinião dos leitores
(4)
Editor: Edições Colibri
Edição: outubro de 2018
Portes
Grátis
10%
8,00€
Poupe 0,80€ (10%) Cartão Leitor Bertrand

Contos de amor, desejo e perda é um conjunto de doze histórias marcadas pelo signo da solidão. Apresentam dois amantes em fuga, um psicopata que paga um preço demasiado alto, uma jovem com um segredo perigoso, um peregrino em busca da santidade, um ex-combatente a braços com a paz, etc.

Em comum, todas estas personagens se encontram no limite e procuram a redenção através do amor. Contos ora de suspense, ora centrados em figuras perturbadoras, sempre pautados por uma escrita exímia, permanecem na memória do leitor.

  • DOZE HISTÓRIAS EXÍMIAS DE JOÃO DE MANCELOS - AMOR, DESEJO E PERDA.
    Ana Parracho Brito | 14-05-2021

    O livro de João de Mancelos - “Contos de Amor, Desejo e Perda”- desempenha um forte impacto sobre a existência humana, porque é sobre os sentimentos que se construiu a arte de todos os tempos, desde a música à poesia, da literatura à pintura. É paradoxal compreender os sentimentos através de meios racionais, mas somos impelidos pelo desejo de construir uma ponte entre o mundo do pensar e o mundo do sentir. Mancelos é exímio, através destas intensas doze histórias, a lidar com Amor, Desejo e Perda, emoções, também elas, em conflito entre si, que agitam as águas do nosso sentir ou enlaçam, ou quebram os fios das nossas relações com os outros. Apresenta-nos reações afetivas, manifestações significativas da pessoa e da existência humana vividas em experiências diversas, através de uma linguagem cativante, emocional, destrinçando as personalidades que, ora mais, ora menos, se expandem com frequência na elaboração de experiências de “dor mais profunda” ou, até, chegando a retardar um afeto, que pode, também, ser projetado para o exterior...para o fazer viver noutra pessoa em vez de em si próprio, porque se receia a sua intensidade. Estas histórias fantásticas, excecionais, marcadas pela solidão combinam com o génio que anima o autor, que o inspira como poeta, que o (re)cria como artista, que lhe confere a consciência de uma lanterna que a solidão acende à noite. Equilibrando-se entre “verdades” e “consequências”- João de Mancelos proporciona-nos um livro que nos conduz na procura e destino de forças pessoais relativas ao homem que sente e, muitas vezes, surgem de uma satisfação impossível de alcançar no mundo real, desejos e ilusões que adormecem a necessidade de se projetar para o exterior. Gosto muito: é um livro a ler e que pode conduzir a uma “habituação tão perigosa, quanto salutar”. Ana Parracho Brito

  • Leitura obrigatória
    Cláudia Matos | 05-05-2021

    Livro de contos que se lê de uma penada, ao jeito criativo e envolvente a que o autor nos habituou. Para pousar só quando a leitura estiver terminada. A não perder.

  • Sem falhas
    Paulina Silva | 31-10-2020

    Doze histórias muito bem contadas, que percorrem vários géneros, com destaque para o romântico, sempre com qualidade. Os finais são surpreendentes.

  • Excelente
    Dani | 09-10-2020

    Histórias contemporâneas, muito bem narradas, que prendem o leitor até à última página. Recomendo!

  • ver menos comentários ver mais comentários
Contos de Amor, Desejo e Perda
ISBN:
9789896892821
Ano de edição:
10-2018
Editor:
Edições Colibri
Idioma:
Português
Dimensões:
159 x 229 x 5 mm
Encadernação:
Capa mole
Páginas:
86
Tipo de Produto:
Livro
Classificação Temática:

Quem comprou também comprou

Oito Contos
10%
portes grátis
8,85€ 7,97€
Livros do Brasil
Cem Anos, 100 Palavras
10%
portes grátis
10% Cartão Leitor Bertrand
5,00€
U.Porto Editorial
X
O QUE É O CHECKOUT EXPRESSO?


O ‘Checkout Expresso’ utiliza os seus dados habituais (morada e/ou forma de envio, meio de pagamento e dados de faturação) para que a sua compra seja muito mais rápida. Assim, não tem de os indicar de cada vez que fizer uma compra. Em qualquer altura, pode atualizar estes dados na sua ‘Área de Cliente’.

Para que lhe sobre mais tempo para as suas leituras.