Bertrand.pt - Como se Reergue um Estado

Como se Reergue um Estado

Inclui versão Francesa Original

de António de Oliveira Salazar 

Editor: Esfera do Caos
Edição ou reimpressão: abril de 2007
16,40€
Esgotado ou não disponível.

António de Oliveira Salazar afirmou-se como uma das personalidades mais marcantes e decisivas do nosso viver colectivo. Para o compreendermos, teremos de ler, com objectividade, o que deixou escrito.
O texto que agora se publica é um documento histórico e programático de enorme valor: porque nos oferece uma síntese admirável das teses do autor, porque está redigido com uma clareza expositiva e com uma perspicácia analítica desarmantes, e porque nele a filosofia política do Estado Novo adquire a dimensão de um manifesto.
Este volume inclui, para além da reprodução da versão original do texto em língua francesa, o manuscrito fac-similado do discurso proferido no 10º aniversário do 28 de Maio de 1926, assim como o selo e a medalha concebidos para assinalar essa data.

Corria o ano de 1936 e em Portugal celebrava-se o 10º aniversário da Revolução Nacional que estaria na origem do Estado Novo.
Uma editora francesa, então já célebre e importante, a Flammarion, nessa altura muito ligada ao grupo da revista Action Française, decide solicitar uma entrevista a Salazar. Este declina-a, alegando não ter tempo, e encarrega António Ferro, à data responsável pelo Secretariado de Propaganda Nacional, de "resolver o problema".
Depois de feita uma criteriosa selecção de textos, que incluíam discursos, comunicações e apontamentos do Presidente do Conselho, dá-se uma sequência ao rascunho, promove-se a sua retroversão em francês e submete-se esta versão preliminar à revisão de Salazar.
Daqui resultaria uma pequena obra teórica, que seria em 1937 publicada em Paris com o título Comment on relève un État.
Neste texto notável, Salazar decide explicar aos franceses e ao mundo ¿ não a Portugal e aos portugueses ¿ como chegou ao poder e o que está com ele a fazer, ou seja, as principais linhas de força do seu programa político e o inventário das realizações havidas e a haver.
Partindo de um diagnóstico da caótica situação portuguesa ¿ em múltiplos planos, do financeiro ao social, do económico ao político ¿, Salazar, utilizando uma retórica modesta e de tom humilde, que se tornaria seu timbre, dá uns quantos conselhos ao mundo, fazendo lembrar a atitude de Descartes no Discurso do Método: afirma terem sido estes os passos que deu e acrescenta que se alguém vir algum proveito em segui-los, que o faça.
Protagonista de uma das mais longas ditaduras pessoais da História ¿ só batida, recentemente, pela de Fidel Castro ¿, sem dúvida uma figura incontornável e um português de relevo, Salazar tem de ser lido e relido, para que consigamos criticamente entender os sinais e as marcas, e até os apelos da sua «sombra». O que não devemos de todo fazer é varrê-lo para «debaixo do tapete», fingindo que nunca existiu.

Como se Reergue um Estado
Inclui versão Francesa Original
ISBN: 9789898025265 Ano de edição ou reimpressão: Editor: Esfera do Caos Idioma: Português Dimensões: 162 x 235 x 14 mm Encadernação: Capa mole Páginas: 168 Tipo de Produto: Livro Coleção: Ideias Classificação Temática: Livros  >  Livros em Português  >  História  >  História de Portugal
Livros  >  Livros em Português  >  Política  >  Política em Geral

Sugestões

Glórias e Desaires da História Militar de Portugal
10%
portes grátis
10% Cartão Leitor Bertrand
17,50€
Manuscrito Editora
A Queda de Salazar
10%
portes grátis
10% Cartão Leitor Bertrand
21,90€
Tinta da China
X
O QUE É O CHECKOUT EXPRESSO?


O ‘Checkout Expresso’ utiliza os seus dados habituais (morada e/ou forma de envio, meio de pagamento e dados de faturação) para que a sua compra seja muito mais rápida. Assim, não tem de os indicar de cada vez que fizer uma compra. Em qualquer altura, pode atualizar estes dados na sua ‘Área de Cliente’.

Para que lhe sobre mais tempo para as suas leituras.