A Mercearia do Mundo

A globalização através dos produtos alimentares, do século XVIII aos nossos dias

de Pierre Singaravelou e Sylvain Venayre 

Bertrand.pt - A Mercearia do Mundo
Editor: Quetzal Editores
Edição: março de 2024
Formatos Disponíveis:
Portes
Grátis
10%
24,40€
21,96€
Em stock online

São 88 produtos que fazem parte da nossa vida e cuja história mostra como a globalização dos alimentos, dos sabores e da política é um corpo volátil, que tanto se explica como surpreende. O famoso «Christmas pudding» inglês, por exemplo, é feito com rum jamaicano, passas da Austrália, açúcar das Índias Ocidentais, canela do Ceilão, cravo de Zanzibar, especiarias da Índia e aguardente do Chipre.

E se a popularidade do ramen não atinge ainda as proporções do döner kebab ou do hambúrguer, já o azeite, a pizza, a pimenta, a margarina, o chá, o chili con carne, o sal, a vodca ou o açúcar e o champanhe fazem parte da história da humanidade como nós a conhecemos, a comer dim sum ou cuscuz, feijoada ou sardinhas de conserva, ostras ou corn flakes, mas também a beber gin ou whisky, laranjada ou cerveja.

Todas as primeiras frases de cada capítulo incluem uma data e um lugar: são o ponto de partida para fazer a história de cada um dos 88 produtos (molhos, bebidas, queijos, pratos tradicionais, ingredientes, frutos e sementes), que tempera, ilumina, alimenta ou satisfaz os apetites e as papilas de um mundo sem fronteiras, sempre desejoso de saborear e inventar. Eis como mudámos o nosso mundo.

Críticas de imprensa
«Iluminando o mundo de hoje, e especialmente as grandes metrópoles onde se podem saborear poke bowls, ramens e dim sums, a obra constitui uma porta de entrada cheia de curiosidade para uma infinidade de pratos, espaços e temporalidades.»
Le Monde

«A história única dos produtos alimentares, da circulação ao consumo. O que se degusta neste livro não tem preço, explorando tudo o que se deseja saber sobre a difusão global de pratos, bebidas, molhos – enfim, o que pode, de uma refeição para outra, aparecer no nosso prato.»
L’Histoire

«É uma história fascinante da globalização, um livro impressionante que traça a odisseia de 88 produtos.»
Le Point

«Quase setenta historiadores reuniram-se para escrever este livro original, que ajuda a superar a rigidez identitária.»
Le Nouvel Observateur

«A história da globalização também passa pelo estômago. O livro faz com que o gin, os bagels ou o sushi falem para contar a história da sua globalização de uma forma acessível. É a aposta bem-sucedida dos dois historiadores.»
24 Heures

«Um livro coletivo, erudito, saboroso, às vezes travesso, que estuda os nossos alimentos do ponto de vista da sua história social, cultural e geopolítica. Com esta viagem surpreendente e com as questões de identidade, já não poderemos comer ovo e maionese, húmus ou parmesão, nem beber chá como antes...»
Madame Figaro

«Um catálogo delicioso para desenhar um balanço da globalização do gosto.»
Le Monde

«Com este livro, os produtos alimentares tornam-se verdadeiros objetos de estudo, sérios mas fascinantes, permitindo-nos compreender a globalização em toda a sua complexidade e em todas as suas dimensões. Um saboroso livro de história.»
Cliothèque Kirkus Reviews

A Mercearia do Mundo
A globalização através dos produtos alimentares, do século XVIII aos nossos dias
ISBN:
9789897229329
Ano de edição:
03-2024
Editor:
Quetzal Editores
Idioma:
Português
Dimensões:
152 x 235 x 32 mm
Encadernação:
Capa mole
Páginas:
504
Tipo de Produto:
Livro

Quem comprou também comprou

Natal à Portuguesa
10%
portes grátis
10% Cartão Leitor Bertrand
18,50€
Colares Editora
Bacalhau Em Português
10%
portes grátis
10% Cartão Leitor Bertrand
15,90€
Colares Editora
X
O QUE É O CHECKOUT EXPRESSO?


O ‘Checkout Expresso’ utiliza os seus dados habituais (morada e/ou forma de envio, meio de pagamento e dados de faturação) para que a sua compra seja muito mais rápida. Assim, não tem de os indicar de cada vez que fizer uma compra. Em qualquer altura, pode atualizar estes dados na sua ‘Área de Cliente’.

Para que lhe sobre mais tempo para as suas leituras.