Bertrand.pt - A Hora Má

A Hora Má

O Veneno da Madrugada

de Gabriel García Márquez 

Prémio Nobel da Literatura
Editor: Dom Quixote
Edição ou reimpressão: agosto de 2008
Portes
Grátis
10%
16,90€
Poupe 1,69€ (10%) Cartão Leitor Bertrand
Em stock - Envio 24H
portes grátis


Uma inesquecível fábula da violência colectiva.

A um povoado perdido na América do Sul chegou a hora má dos camponeses, a hora da desgraça. Certo amanhecer, enquanto o Padre Ángel se prepara para celebrar a missa, ouve-se um tiro na aldeia. Um comerciante de gado, informado da infidelidade da mulher por um papel colado na porta da sua casa, acaba de matar o seu presumível amante. É um dos pasquins anónimos cravados durante a madrugada nas portas das casas, que não são panfletos políticos mas apenas denúncias sobre a vida privada dos cidadãos, e que nada revelam que não seja do conhecimento de todos há algum tempo. São os velhos boatos que agora se tornam públicos: traições amorosas e políticas, assassinatos, segredos de família envolvendo filhos bastardos e romances escusos. Todos se sentem atingidos e ameaçados, dos cidadãos mais eminentes aos mais humildes. Todos parecem ter algo a esconder e a revelar. Qualquer habitante pode ser o autor dos bilhetes ou a próxima vítima.
Este romance foi adaptado ao cinema pelo realizador brasileiro Ruy Guerra.

Críticas de imprensa
«O pano de fundo de todas essas narrativas é o conflito que, nos últimos cento e cinquenta anos, tem dividido a Colômbia entre liberais e conservadores, em particular a Guerra dos Mil Dias (1899-1903), verdadeiro leimotiv da ficção de García Márquez. Sob o manto pícaro da crónica de costumes, A Hora Má ilustra a precária coabitação dos adversários: "Havia ordens para acabar contigo", diz o alcaide ao homem que julgou vingar a honra da mulher, "ordens para te assassinarem numa emboscada e confiscarem as tuas reses para que o Governo tivesse com que subsidiar as enormes despesas das eleições em toda a região. Sabes que outros o fizeram..." De seguida apresenta a factura.
Como acima se diz, o traço distintivo é o tom neutro do relato (o que não exclui uma fina ironia), como se tudo, crimes e escapadelas, se equivalesse numa mesma ordem de valores. Eduardo Pitta, Público

A Hora Má
O Veneno da Madrugada
ISBN: 9789722031561 Ano de edição ou reimpressão: Editor: Dom Quixote Idioma: Português Dimensões: 154 x 233 x 12 mm Encadernação: Capa mole Páginas: 192 Tipo de Produto: Livro Coleção: Ficção Universal Classificação Temática: Livros  >  Livros em Português  >  Literatura  >  Romance

Sugestões

O Tatuador de Auschwitz
10%
portes grátis
10% Cartão Leitor Bertrand
16,50€
Editorial Presença
O Ano da Morte de Ricardo Reis
10%
portes grátis
10% Cartão Leitor Bertrand
17,70€
Porto Editora
X
O QUE É O CHECKOUT EXPRESSO?


O ‘Checkout Expresso’ utiliza os seus dados habituais (morada e/ou forma de envio, meio de pagamento e dados de faturação) para que a sua compra seja muito mais rápida. Assim, não tem de os indicar de cada vez que fizer uma compra. Em qualquer altura, pode atualizar estes dados na sua ‘Área de Cliente’.

Para que lhe sobre mais tempo para as suas leituras.