Bertrand.pt - A Era Secular

A Era Secular

de Charles Taylor 

Editor: Instituto Piaget
Edição ou reimpressão: julho de 2012
Portes
Grátis
10%
63,60€
Poupe 6,36€ (10%) Cartão Leitor Bertrand
Em stock - Envio 24H
portes grátis

Charles Taylor, vencedor do Prémio Templeton, em 2007, escreveu esta obra, considerada indispensável, sobre a «era secular». Segundo o autor, esta era é caracterizada, não só pela saída da religião do espaço público, mas também pelo facto de que a «crença em deus não é axiomática» e que as crenças de um ou outro sinal já não são precondições da existência social e pessoal. Neste sen- tido, o secularismo descreve uma era na qual os preconceitos e pré-julgamentos tradicionais surgem sistematicamente sob um exame crítico.
O autor inicia a obra interrogando sobre o significado de se viver «numa Era Secular». O que significa viver em uma Era Secular para aqueles que vivem no mundo do Atlântico Norte?
Inicialmente, Taylor restringe a sua análise a essa área geográfica, mais especificamente à «cristandade latina», no entanto compreende que a secularidade seja um fenómeno que se estende de maneira diferente e parcial para além do norte do Ocidente. Os países islâmicos, a Índia e a África não são classificados como «secularizados», na perspetiva do autor. A modernidade, diz, promove a secularidade em três formas distintas, mas inter-relacionadas: A religião como questão privada e a sua ausência nos espaços públicos; O abandono de convicções e práticas religiosas; As condições da fé.
Segundo Taylor, foi a chegada do humanismo exclusivo como uma opção disponível que possibilitou a secularização. Esse humanismo é antropocêntrico e define-se como a medida de todas as coisas, parafraseando Pitágoras. Trata-se de uma perspetiva da vida que se concentra na capacidade do homem em construir para si um mundo livre e autónomo de Deus ou do sagrado como explicação da existência. Essa perspetiva que se desdobra ainda mais entre os filósofos da suspeita reafirma, se não a «morte de Deus», pelo menos o seu completo banimento do mundo.
Entre as contribuições mais significativas do autor está o conceito de secularidade como um processo ad intra em vez de ad extra em relação à religião. Até então, alguns autores trataram da secularidade como exterior e mesmo contraposto à religião. Taylor, entretanto, situa-a como um processo intrarreligioso.
Isto significa afirmar que a intensidade da secularidade está intrinsecamente ligada à intensidade com que a religião se manifesta na sociedade. Para Taylor, portanto, a secularidade consiste em novas condições de crença; numa nova feição da experiência que incita a crença e é definida por ela, num novo con- texto no qual toda a busca e todo o questionamento do moral e do espiritual devem ser conduzidos. Há ainda a destacar alguns conceitos caros ao autor, como por exemplo: «contexto de compreensão»; «plenitude»; «religião».

A Era Secular
ISBN: 9789896591045 Ano de edição ou reimpressão: Editor: Instituto Piaget Idioma: Português Dimensões: 160 x 233 x 53 mm Encadernação: Capa mole Tipo de Produto: Livro Coleção: Epistemologia e Sociedade Classificação Temática: Livros  >  Livros em Português  >  Ciências Sociais e Humanas  >  Sociologia
Livros  >  Livros em Português  >  História  >  História em Geral

Sugestões

Como se destacar numa entrevista de emprego
10%
portes grátis
10% Cartão Leitor Bertrand
12,20€
Porto Editora, S.A.
As melhores respostas em entrevistas de emprego
10%
portes grátis
10% Cartão Leitor Bertrand
12,20€
Porto Editora, S.A.
X
O QUE É O CHECKOUT EXPRESSO?


O ‘Checkout Expresso’ utiliza os seus dados habituais (morada e/ou forma de envio, meio de pagamento e dados de faturação) para que a sua compra seja muito mais rápida. Assim, não tem de os indicar de cada vez que fizer uma compra. Em qualquer altura, pode atualizar estes dados na sua ‘Área de Cliente’.

Para que lhe sobre mais tempo para as suas leituras.