Lewis Trondheim

Lewis Trondheim

Biografia

Lewis Trondheim nasceu em 1964. Após uma infância sem grandes histórias, em Fontainebleau, e depois dos anos de liceu, que ele mesmo qualifica de vegetativos, cumpre um ano de tropa na Alemanha no fim do qual se inscreve numa escola de publicidade de 1986 a 1989. Em 1987, durante um colóquio sobre a banda desenhada em Cerisy, encontra Jean-Christophe Menu e descobre que se pode fazer banda desenhada doutras formas que não em álbum de 46 páginas a cores.
Juntando-se a Menu, Stanislas, Matt Konture, Killofer e David B funda L'Association em 1990. Nesse mesmo ano, Psychanalyse, o seu primeiro álbum, é publicado. Em 1991 Lewis trabalha no atelier Nawak, onde entrará também Joann Sfar.
Em Janeiro de 1994, Lewis ganha em Angoulême o Alph-Art Coup de Coeur pelo seu livro Slaloms, de L'Association. Aproveita para pôr um fim ao seu Comics, para grande desalento dos seus fans. Ao contrário do que seria de esperar, atira-se ao trabalho de corpo e alma, libertando uma quantidade impressionante de livros e desenhos. La Mouche, da Seuil (em princípio suavizada e publicada pela Kodansha no Japão e mais tarde totalmente redesenhada para a França), Diablotus, de L'Association, Promenade da Autrement, etc.
1995 foi o ano que viu nascer Blacktown (o 1º Lapinot colorido da Dargaud). Só neste ano foram publicadas sete obras de Lewis, em diferentes editoras. No período 97/99 surge uma série de projectos com uma nova série de heroic-fantasy para a Delcourt, Donjon, com Joann Sfar.
Finalmente com o dourado ano 2000, chegam os projectos dos desenhos animado, já completos, como La Mouche, ou com elaboração em curso como Kaput & Zosky ou Jack & Marcel. Uma das particularidades interessantes do primeiro volume da série humorística Donjon é desde logo a reunião dos seus dois jovens autores. Trondheim e Sfar encontram-se entre os jovens autores de bd francesa como os mais promissores. O que mais caracteriza Trondheim é o seu estilo gráfico: evoluindo ao longo dos álbuns, os seus desenhos, que podem parecer rudimentares ou mesmo desajeitados à primeira vista, são duma espontaneidade e vivacidade raras. Quanto aos cenários de Trondheim, a ironia e a ligeira absurdidade que os contamina não fazem mais que chamar a atenção para os nossos defeitos que fazem de nós seres tão humanos.
partilhar

bibliografia

Os Cosmonautas do Futuro
10%
portes grátis
10% Cartão Leitor Bertrand
3,00€
Edições Asa
X
O QUE É O CHECKOUT EXPRESSO?


O ‘Checkout Expresso’ utiliza os seus dados habituais (morada e/ou forma de envio, meio de pagamento e dados de faturação) para que a sua compra seja muito mais rápida. Assim, não tem de os indicar de cada vez que fizer uma compra. Em qualquer altura, pode atualizar estes dados na sua ‘Área de Cliente’.

Para que lhe sobre mais tempo para as suas leituras.