Bertrand.pt - Quando o Diabo Reza

Quando o Diabo Reza

de Mário de Carvalho 

Prémio PEN Clube Português Ensaio
Grande Prémio de Conto Camilo Castelo Branco
Prémio Fernando Namora
Prémio Vergílio Ferreira
Grande Prémio de Literatura ITF/DST
Prémio PEN Clube Português Ficção
Grande Prémio APE
Prémio Fernando Namora
Prémio Literário Giuseppe Arcebi
Prémio Pégaso de Literatura
Prémio de Romance e Novela da APE
Grande Prémio de Conto Camilo Castelo Branco
Prémio Dom Diniz
Prémio Cidade de Lisboa
Editor: Tinta da China
Edição ou reimpressão: outubro de 2011
Portes
Grátis
10%
16,20€
Poupe 1,62€ (10%) Cartão Leitor Bertrand
Em stock - Envio 24H
portes grátis

Quando um galderio tem uma ideia brilhante partilha-a logo com outro vadio. Coletivização intelectual. Uma grande ideia fica a secar se não for disponibilizada. E como não há dois sem três, estende-se a rede e monta-se a urdidura. Vala grande, saltar de trás. Ponderadas as valências de cada factor e os recursos disponíveis, o projecto avança, científico e inseguro.
Quando duas irmãs, já entradas na vida, sonham com teres e haveres, mundos melhores, segurança de estado e paz de espírito, o destino costuma intrometer-se, turvar os planos, rasteirar os desígnios. Dessas contrariedades e feita a literatura que se da mal com os harpejos dos anjos nas nuvens e prefere o diabo, sempre atrás da porta, vigilante, até a rezar.
Quando um ancião rabugento anda por ai a bengalar à solta, ocorre a alguns visionários que ele esta mesmo a pedi-las.

Críticas de imprensa
«Este romance de Mário de Carvalho faz da linguagem uma festa. (...) O romance é de uma grande "impureza": alia a escrita da ficção narrativa à escrita dramática e à escrita para o guião cinematográfico. Um texto com um fortíssimo domínio de si, que a todo o momento se revela consciente dos seus recursos e dos seus efeitos.»
António Guerreiro, Expresso, 4 estrelas

«Mário de Carvalho continua a escalpelizar a "fauna humana" sem dó, mas (e é essa a novidade) com piedade. (...) Por meio do indirecto livre e da reinvenção do linguajar do "bas-fond" lisboeta, o contador desta história dá-nos a ver, justamente quando exibe os seus ridículos e nos convida ao riso, o seu estranho amor por uma fauna escassamente amorável. Como se a arte do romance fosse justamente essa: a de pôr o diabo a rezar por nós.»
Osvaldo Manuel Silvestre, Público, 4 estrelas

«Vadios e vadiagens reunidos num verdadeiro festim. (...) Mário de Carvalho até poderia escrever sobre a vida sexual das moscas da fruta, a arte de coser redes de pesca ou o funcionamento da bolsa de valores de Tóquio. Fosse como fosse, brilharia a escrita, esse manejo da língua portuguesa que é sempre um verdadeiro festim, um antecipado regalo.»
José Mário Silva, Ler

Quando o Diabo Reza
ISBN: 9789896711009 Ano de edição ou reimpressão: Editor: Tinta da China Idioma: Português Dimensões: 143 x 198 x 15 mm Encadernação: Capa dura Páginas: 168 Tipo de Produto: Livro Classificação Temática: Livros  >  Livros em Português  >  Literatura  >  Romance

Sugestões

O Ano da Morte de Ricardo Reis
20%
portes grátis
20% Cartão Leitor Bertrand
17,70€
Porto Editora
Cada Suspiro Teu
10%
portes grátis
18,50€ 16,65€
Edições Asa
X
O QUE É O CHECKOUT EXPRESSO?


O ‘Checkout Expresso’ utiliza os seus dados habituais (morada e/ou forma de envio, meio de pagamento e dados de faturação) para que a sua compra seja muito mais rápida. Assim, não tem de os indicar de cada vez que fizer uma compra. Em qualquer altura, pode atualizar estes dados na sua ‘Área de Cliente’.

Para que lhe sobre mais tempo para as suas leituras.