Bertrand.pt - Jerusalém
Opinião dos leitores
(1)

Jerusalém

15ª edição

de Gonçalo M. Tavares 

Prémio Fundação Inês de Castro
Grande Prémio Romance e Novela da APE
Prémio Fernando Namora/Casino Estoril
Prémio Portugal Telecom (Brasil)
Melhor Livro Estrangeiro (França)
Prémio Melhor Narrativa Ficcional da SPA
Prémio Belgrado Poesia (Sérvia)
Prémio Internazionale Trieste 2008 (Itália)
Prémio Portugal Telecom (Brasil)
Prémio Literário José Saramago
Editor: Editorial Caminho
Edição ou reimpressão: junho de 2014
Portes
Grátis
10%
14,90€
Poupe 1,49€ (10%) Cartão Leitor Bertrand
Em stock - Envio 24H
portes grátis

Um dia a mãe de Mylia, de 18 anos, leva-a ao médico, Theodor Busbeck, alegando que a filha vê almas. O médico apaixona-se por Mylia, talvez como objecto de estudo, contudo, passado algum tempo, e dada a impossibilidade de vida em comum, Mylia é internada no hospício Georg Rosenberg.
Busbeck dedica-se a estudar o sofrimento, convencido de que se chegar a descobrir o padrão do horror através dos tempos resolverá os problemas da sociedade global.
Mylia , no Hospício, apaixona-se por Ernst, esquizofrénico, de quem nem um filho.

Uma mulher, um assassino, um médico, um menino, uma prostituta e um louco.
E uma noite.

Jerusalém foi o romance mais escolhido pelos críticos do jornal Público como "livro da década."

  • Duas dores
    Henrique Fialho - Livreiro Bertrand La Vie Caldas da Rainha | 04-10-2017

    A dimensão alegórica do romance de Gonaçlo M. Tavares é, quanto a mim, a sua evidente mais-valia, não tanto pelo que a mensagem acarrete de político como pelo que deixa supor de filosófico. O hospício, como a cidade santa, é o local onde se busca tratamento para a “alma”, não deixando de ser, pelas suas mais ou menos perceptíveis contrariedades, um local onde a “alma”, obrigada a uma normalidade que não é sua, ainda mais se afasta da sua natureza. O medo diário, o terror ininterrupto, o horror, o perigo, que são já causa e consequência da doença não podem ser tratados senão pela resistência à total e absoluta desconexão com o Eu. Daí que para o final duas dores apareçam bem distinguidas: a dor má (do espírito), porque castiga a vontade de viver; a dor boa (do apetite), porque reforça a vontade de viver. Estou em crer que outro dilema não será o de Jerusalém. Do livro e da cidade.

Jerusalém
15ª edição
ISBN: 9789722126922 Ano de edição ou reimpressão: Editor: Editorial Caminho Idioma: Português Dimensões: 137 x 208 x 18 mm Encadernação: Capa mole Páginas: 256 Tipo de Produto: Livro Classificação Temática: Livros  >  Livros em Português  >  Literatura  >  Romance

Sugestões

O Ano da Morte de Ricardo Reis
20%
portes grátis
20% Cartão Leitor Bertrand
17,70€
Porto Editora
Cada Suspiro Teu
10%
portes grátis
18,50€ 16,65€
Edições Asa
X
O QUE É O CHECKOUT EXPRESSO?


O ‘Checkout Expresso’ utiliza os seus dados habituais (morada e/ou forma de envio, meio de pagamento e dados de faturação) para que a sua compra seja muito mais rápida. Assim, não tem de os indicar de cada vez que fizer uma compra. Em qualquer altura, pode atualizar estes dados na sua ‘Área de Cliente’.

Para que lhe sobre mais tempo para as suas leituras.