Bertrand.pt - Giotto

Giotto

 

Editor: Editorial Estampa
Edição ou reimpressão: abril de 2000
10,00€
Esgotado ou não disponível

Giotto di Bhondone nasceu cerca de 1267 em Colle di Vespignano, perto de Florença, e morreu nesta cidade em 1337.
Giotto ter-se-à provavelmente iniciado junto de Cimabue, cuja glória iria eclipsar. Inspirou-se também noutras fontes: nos mosaístas romanos, como Cavallini, em escultores como Nicola e Giovanni Pisano. Rodeado de artistas de Roma e Siena, Giotto pintou na Basílica Superior de São Francisco de Assis, nos últimos anos do século XIII, o seu primeiro grande ciclo de frescos, consagrado à vida de São Francisco. Aí integrou, pela primeira vez, volumes expressos em três dimensões numa arquitectura espacial coerente.
Por volta de 1300, Giotto é um mestre plenamente afirmado, dispondo em Florença de uma importante oficina. Produziu retábulos com fundo dourado, como o da Madona de Orgnissanti, que obedecem à estrita iconografia sagrada, mas que adquirem uma nova vida pela verdade e força conferidas as formas. Nos frescos da Capela da Arena de Pádua, encomendados pelo negociante Enrico Scrovegni, sobre os temas da vida da Virgem e de Cristo, tende a uma unidade plástica e dramática plenamente antigida. Em O Beijo de Judas, ou O Encontro de Joaquim e Ana, o imbricado dos grupos e a sua oposição traduzem uma intensa expressão psicológica.
Na Fuga para o Egipto ou na Lamentação por Cristo Morto, a compreensão iconográfica do motivo afasta todos os elementos anedóticos.
Entre 1308 e 1312, Giotto trabalhou em diversos locais, nomeadamente Rimini, Assis e de novo Pádua, etc. Encontrando-se com maior frequência em Florença durante os quinze anos seguintes, executou na Igreja de Snata Croce as célebres pinturas da Capela Peruzzi e depois da Capela Bardi. O modelo das figuras alonga-se, talvez sob a influência de S. Martini e da arte de Siena, nas cenas da vida de São Francisco na Capela Bardi. Nas cenas da vida dos dois santos Joões na Capela Peruzzi, Giotto criou uma animação simultaneamente mais fluida e mais densa.
Chamado para junto do rei de Nápoles, Roberto de Anjou, em 1328, Giotto foi encarregado de pintar uma galeria de homens ilustres (desaparecida). De regresso a Florença, foi nomeado mestre-de-obras da cidade e tomou a direcção dos trabalhos de arquitectura e urbanismo; em 1334 começou a construção do célebre campanário de Santa Maria del Diore.

Giotto
ISBN: 9789723315646 Ano de edição ou reimpressão: Editor: Editorial Estampa Idioma: Português Dimensões: 280 x 300 x 25 mm Páginas: 132 Tipo de Produto: Livro Coleção: Os Mestres Pintores Classificação Temática: Livros  >  Livros em Português  >  Arte  >  Pintura

Sugestões

O Físico Prodigioso
10%
portes grátis
10% Cartão Leitor Bertrand
75,00€
Poupe 7,50€
Editora Guerra & Paz
Imagem e Realismo
10%
portes grátis
10% Cartão Leitor Bertrand
18,00€
Universidade Católica Portuguesa - Porto
X
O QUE É O CHECKOUT EXPRESSO?


O ‘Checkout Expresso’ utiliza os seus dados habituais (morada e/ou forma de envio, meio de pagamento e dados de faturação) para que a sua compra seja muito mais rápida. Assim, não tem de os indicar de cada vez que fizer uma compra. Em qualquer altura, pode atualizar estes dados na sua ‘Área de Cliente’.

Para que lhe sobre mais tempo para as suas leituras.