Bertrand.pt - Deslocados Internos: Entre a Soberania do Estado e a Protecção Internacional dos Direitos do Homem

Deslocados Internos: Entre a Soberania do Estado e a Protecção Internacional dos Direitos do Homem

Uma crítica ao Sistema Internacional de Protecção dos Refugiados

de Márcia Mieko Morikawa 

Editor: Coimbra Editora
Edição ou reimpressão: maio de 2006
24H
Portes
Grátis
10%
19,08€
Poupe 1,91€ (10%) Cartão Leitor Bertrand
Em stock - Envio imediato
portes grátis

A ideia deste tema surgiu "ingenuamente" numa tarde de Novembro de 1999, no Sri Lanka. O sentimento de desconforto e de frustração que me foi proporcionado diante da situação de abandono em que se encontravam inúmeras crianças que perderam seus pais durante a guerra civil do Sri Lanka foi a verdadeira "força motriz" e "fonte inspiradora" deste trabalho. Não apenas essa situação mas muitas outras que pude presenciar junto à organização não-governamental Peace Boat (como a visão "surrealista" dos campos de refugiados em Eritreia) serviram-me de "impulso" ao desenvolvimento deste tema. Esta obra é, portanto, fruto de um contínuo "desassossego" meu. Desassossego este muito maior do que aquele que é o próprio trabalho de desenvolvimento de uma tese académica: "impressões diárias do meu desconvencimento", pleno "exercício de solidão".
A obra "peca", talvez, pela dificuldade que tive em posicionar-me entre dois mundos: o mundo "real" das vítimas do deslocamento forçado e o mundo "irreal" de um Direito ainda muito distante de alcançar a realidade dessas pessoas. Ela é, contudo, e quanto a isso não me restam dúvidas, grandes e importante passo dado diante de um tema ainda pouco discutido no mundo académico.

Parte I - Aproximação ao tema
Capítulo 1. Breve Evolução Histórica da Protecção Jurídica Internacional da Pessoa do Refugiado (A Evolução do termo "Refugiado")
Capítulo 2. Breve Análise e Crítica ao Sistema de Protecção Internacional dos Refugiados
Parte II - A Definição de "Deslocado Interno" em Direito Internacional - do Estatuto Jurídico do Deslocado Interno
Capítulo 3. O Fenómeno do Deslocamento Forçado: da Guerra Fria à criação dos "Princípios Orientadores relativos aos Deslocados Internos"
Parte III - Explorando os Limites Normativos da Definição Jurídica do Deslocado Interno
Capítulo 4. Deslocado Interno: Um Refugiado ou um caso Sui Generis em Direito Internacional?
Parte IV - O Fenómeno Internacional do Deslocamento forçado e suas nuances jurídicas
Capítulo 5. Da necessidade do reconhecimento de um Direito Humano a não ser arbitrariamente deslocado
Parte V - O Futuro da protecção dos refugiados em Direito Internacional
Capítulo 6. O Significado de "Protecção" em Direito Internacional dos Refugiados
Capítulo 7. Da Protecção Legal e da Assistência Humanitária: Novos Desafios
Parte VI - Deslocados Internos: entre os paradigmas da soberania do Estado e da Protecção Internacional dos Direitos do Homem. O anúncio de uma nova Ordem Mundial?
Capítulo 8. Soberania "Como Responsabilidade e Cooperação"

Deslocados Internos: Entre a Soberania do Estado e a Protecção Internacional dos Direitos do Homem
Uma crítica ao Sistema Internacional de Protecção dos Refugiados
de Márcia Mieko Morikawa 
ISBN: 9789723213799 Ano de edição ou reimpressão: Editor: Coimbra Editora Idioma: Português Dimensões: 161 x 230 x 36 mm Páginas: 352 Tipo de Produto: Livro Coleção: Stvdia Ivridica Classificação Temática: Livros  >  Livros em Português  >  Direito  >  Direito Internacional

Sugestões

O Sistema Africano de Direitos Humanos
10%
portes grátis
10% Cartão Leitor Bertrand
17,50€
Universidade Católica Editora
Direito Internacional Público
10%
portes grátis
10% Cartão Leitor Bertrand
12,90€
Porto Editora
X
O QUE É O CHECKOUT EXPRESSO?


O ‘Checkout Expresso’ utiliza os seus dados habituais (morada e/ou forma de envio, meio de pagamento e dados de faturação) para que a sua compra seja muito mais rápida. Assim, não tem de os indicar de cada vez que fizer uma compra. Em qualquer altura, pode atualizar estes dados na sua ‘Área de Cliente’.

Para que lhe sobre mais tempo para as suas leituras.