Bertrand.pt - Cinética Química

Cinética Química

Estrutura Molecular e Reactividade Química

de Luís Arnaut e Sebastião J. Formosinho 

Editor: Imprensa da Universidade de Coimbra
Edição ou reimpressão: outubro de 2003
26,50€
Esgotado ou não disponível

"The essence of science lies not in discovering new facts, but in discovering new ways of thinking about them."
William Bragg

Estas palavras de W. Bragg definem o lema deste livro de texto universitário. Apresentar uma perspectiva tradicional e actualizada para o ensino da Cinética Química, mas através de uma nova visão, proporcionada pelo Modelo de Intersecção de Estados (ISM, na abreviatura inglesa). Apesar de ser apelidado de modelo, trata-se, de facto, de uma teoria, porque proporciona novos conceitos. Conceitos e formalismo que permitem estimar a geometria das ligações químicas reactivas em estados de transição e as barreiras de energia de activação de reacções elementares. Desta forma, por exemplo, problemas tradicionais, como o da interpretação mecanística das reacções de halogéneos com hidrogénio em fase gasosa, que recorriam a valores experimentais de energias de activação, podem ser interpretados de um modo mais fundamental: em termos da termoquímica das reacções, geometria de equilíbrio de moléculas reagentes e produtos, e características electrónicas destas mesmas espécies químicas (Capítulo 12).
A Natureza tem dádivas preciosas de simplicidade para o desvendar dos seus mistérios. Atente-se no caso do espectro de emissão do átomo de hidrogénio, que apresenta uma enorme regularidade. O começo da mecânica quântica e a interpretação da estrutura electrónica dos átomos teria sido muito mais difícil se o átomo mais simples fosse, por exemplo, como o átomo de oxigénio, Por contraste, o progresso das fórmulas químicas, como representação de formas moleculares, foi muito entravado pelo conceito de "peso equivalente". A Cinética Química também teve um surgimento tardio e deparou com inúmeros obstáculos ao seu desenvolvimento, como a introdução histórica do Capítulo 1 nos revela. Paralelamente, também este formalismo simples do ISM, para calcular barreiras de energia e constantes cinéticas, e relacionar estrutura molecular com reactividade química, surge muito tardiamente no campo. Fomos afortunados em termos recebido inspiração para o estabelecimento do ISM, e fomos disponíveis para a acolhermos com uma "mente preparada" e perseverantes para trabalharmos tais ideias e lutado por elas, ao longo de vários anos, contra ventos e marés. Julgamos que o nosso conhecimento do modelo e das suas aplicações está agora suficientemente amadurecido para poder vir a lume, com proveito para estudantes e jovens investigadores, sob uma forma pedagógica. O texto, primeiro numa forma parcial e mais recentemente numa forma próxima da actual, ao longo de sete anos de preparo, foi lido por alunos de Cinética Química e por colaboradores e colegas nossos, a quem estamos agradecidos pelas melhorias que nos permitiram introduzir. Há sempre incorrecções e erros que permanecem sob a responsabilidade dos autores.
As relações de estrutura-reactividade, correntes em química-orgânica física, encontram uma explicação natural no contexto do ISM, bem como as respectivas "anomalias". Eis o foco integrador dos conhecimentos a apresentar. Estes progressos generalizam-se a tópicos de grande importância actual, mormente em sistemas biológicos, como reacções de transferência de electrões e de transferência de protões. Nas primeiras encontram-se efeitos de elevadas exotermicidades no comportamento cinético de famílias de reacções, conduzindo a facetas mais inesperadas como as da "região invertida" e da "dupla região invertida". A própria catálise encontra sempre fundamento no aumento da "ordem de ligação no estado de transição".
Mas o texto apresenta-se com novidades menos evidentes, mas igualmente importantes. A parte experimentai do livro baseia-se maioritariamente em experiências realizadas no Departamento de Química da Universidade de Coimbra: trabalhos práticos realizados por alunos de licenciatura de química, e a um nível mais avançado por estudantes de pós-graduação e mesmo por colegas nossos. Por isso estamos gratos a Magda Abreu, Mónica Barroso, Doutor Rui Brito, Doutor Alberto Canelas Pais, Marta Pineiro, Carlos Serpa, J. R. Rodrigues, Doutora M. Isilda Silva e ao Grupo de Tensões Residuais da UC.

Cinética Química
Estrutura Molecular e Reactividade Química
ISBN: 9789728704117 Ano de edição ou reimpressão: Editor: Imprensa da Universidade de Coimbra Idioma: Português Dimensões: 173 x 241 x 42 mm Encadernação: Capa mole Páginas: 640 Tipo de Produto: Livro Coleção: Ensino Classificação Temática: Livros  >  Livros em Português  >  Ciências Exatas e Naturais  >  Química

Sugestões

Química Orgânica
10%
portes grátis
10% Cartão Leitor Bertrand
30,00€
IST - Instituto Superior Técnico
Introdução à Mecânica Quântica
10%
portes grátis
10% Cartão Leitor Bertrand
26,00€
IST - Instituto Superior Técnico
X
O QUE É O CHECKOUT EXPRESSO?


O ‘Checkout Expresso’ utiliza os seus dados habituais (morada e/ou forma de envio, meio de pagamento e dados de faturação) para que a sua compra seja muito mais rápida. Assim, não tem de os indicar de cada vez que fizer uma compra. Em qualquer altura, pode atualizar estes dados na sua ‘Área de Cliente’.

Para que lhe sobre mais tempo para as suas leituras.