Bertrand.pt - As minhas lembranças observam-me

As minhas lembranças observam-me

de Tomas Tranströmer 

Prémio Nobel da Literatura
Editor: Sextante Editora (chancela)
Edição ou reimpressão: setembro de 2012
13,30€
10,64€
Esgotado ou não disponível

Plano Nacional de Leitura
Livro recomendado para o 3º ciclo, destinado a leitura autónoma.

«A minha vida.» Quando penso estas palavras, vejo diante de mim um rasto de luz. Observando melhor, a luz tem a forma de um cometa, com uma cabeça e uma cauda. A extremidade mais luminosa, a cabeça, é a infância e a idade do crescimento. O núcleo, a parte mais densa, é a primeira infância, quando são determinados os traços principais da nossa vida. Tento recordar-me, tento chegar lá. Mas é difícil movimentarmo-nos nessas regiões muito condensadas, é perigoso, tenho a sensação de que chegaria muito próximo da morte. Mais adiante, o cometa dilui-se: é a parte mais comprida, a cauda. Torna-se cada vez menos denso, mas também mais largo. Encontro-me agora num ponto muito avançado da cauda do cometa; tenho sessenta anos no momento em que escrevo estas linhas.


PRÉMIO NOBEL DE LITERATURA 2011

Traduções de Ana Diniz e Alexandre Pastor
Posfácio de Pedro Mexia

«Através de imagens condensadas, translúcidas, Tomas Tranströmer dá-nos um acesso renovado à realidade.»
Academia Sueca no anúncio do Prémio Nobel de Literatura de 2011

Críticas de imprensa
«A memória de Tranströmer é feita destes “rastos de luz”. O seu perfil desenha-se sob um brilho de relâmpagos: o menino fascinado por museus e bibliotecas, coleccionador de escaravelhos (sempre com um frasco de éter no bolso), o rapazinho antinazi fervoroso durante a guerra, o adolescente deprimido (“Fui aprisionado por um holofote que emitia escuridão”) mas capaz de se libertar dos seus fantasmas e descobrir, nas traduções de versos clássicos nas aulas de Latim (Catulo, Horácio), que “através da forma (da Forma!) era possível elevar uma coisa a um estádio superior”. Desde pequeno, Tranströmer vai aproximando-se quer da “experiência da beleza” quer do “grande mistério” do mundo natural.»

José Mário Silva, Expresso

As minhas lembranças observam-me
ISBN: 978-972-0-07176-7 Ano de edição ou reimpressão: 09-2012 Editor: Sextante Editora (chancela) Idioma: Português Dimensões: 132 x 204 x 12 mm Encadernação: Capa integral Páginas: 104 Tipo de Produto: Livro Classificação Temática: Livros  >  Livros em Português  >  Literatura  >  Memórias e Testemunhos

Quem comprou também comprou

O Filósofo e o Lobo
20%
portes grátis
14,90€ 11,92€
Lua de Papel
A Guerra não Tem Rosto de Mulher
20%
portes grátis
21,98€ 17,58€
Elsinore
X
O QUE É O CHECKOUT EXPRESSO?


O ‘Checkout Expresso’ utiliza os seus dados habituais (morada e/ou forma de envio, meio de pagamento e dados de faturação) para que a sua compra seja muito mais rápida. Assim, não tem de os indicar de cada vez que fizer uma compra. Em qualquer altura, pode atualizar estes dados na sua ‘Área de Cliente’.

Para que lhe sobre mais tempo para as suas leituras.