Bertrand.pt - Anna Karénina
Opinião dos leitores
(1)

Anna Karénina

de Lev Tolstoi 

Editor: Relógio D'Água
Edição ou reimpressão: março de 2007
Portes
Grátis
10%
35,33€
Poupe 3,53€ (10%) Cartão Leitor Bertrand
Em stock - Envio 24H
portes grátis

Plano Nacional de Leitura
Livro recomendado para o Ensino Secundário como sugestão de leitura.

Críticas de imprensa

"A personagem de Anna extrapola as páginas e é, ainda hoje, uma espécie de heroína de personalidade nobre cujo destino foi sempre condenado: casou com um homem que não amava e que lhe foi imposto por terceiros e conformou-se com a ideia até ao dia em que foi arrebatada por uma paixão incontrolável. Não conseguindo manter o seu romance escondido por muito tempo, Karénina definha por dentro e por fora, arrastando-nos com ela."
Teresa d’Ornellas

Excertos
«Embora seja uma das maiores histórias de amor da literatura mundial, Anna Karénina não é apenas um romance de aventura. Verdadeiramente interessado por temas morais, Tolstoi era um eterno preocupado com questões que são importantes para a humanidade em todas as épocas. Bom, há uma questão moral em Anna Karénina, embora não aquela que o leitor habitual possa crer que seja. Esta moral não é certamente o ter cometido adultério, Anna pagou por isso (num sentido vago pode dizer-se que é esta a moral do final de Madame Bovary). Não é isto, seguramente, por razões óbvias: se Anna ficasse com Karenin e escondesse do mundo o seu affair, não pagaria por isso primeiro com a felicidade e depois com a própria vida. Anna não foi castigada pelo seu pecado (podia muito bem ter-se safado deste) nem por violar as convenções da sociedade, muito temporais como aliás são todas as convenções e sem ter nada a ver com as eternas exigências da moralidade. Qual era então a «mensagem» moral que Tolstoi queria passar neste romance? Entendemo-la melhor se olharmos o resto do livro e compararmos a história de Lévin e Kiti com a de Vronski e Anna. O casamento de Lévin é baseado num conceito metafísico, não apenas físico, do amor, na boa-vontade e no sacrifício, no respeito mútuo. A aliança Anna-Vronski é fundada apenas no amor carnal e é aqui que reside a sua ruína.»
Do Posfácio, de Vladimir Nabokov

  • Trágico
    Tânia Martins - Livraria Bertrand Santarém | 11-04-2017

    Finalmente acabei esta tão grandiosa obra! E pensar que comecei este livro por causa de um senhor chamado Francisco José Viegas a dizer leiam a primeira frase do Anna Karenina: "Todas as famílias felizes são iguais, mas cada família infeliz é infeliz à sua maneira" acho que este início encerra muito da história que nos acompanha ao longo de 800 páginas. Devo dizer que numa fase inicial me custou a entrar na leitura e tendo em conta que já não lia um autor russo há bastante tempo acho que foi uma boa adaptação a este cenário e à densidade das personagens... Comecemos por Anna Karenina e Vronski, paixão avassaladora de um momento para o outro e à qual não conseguem escapar e que acaba por se tornar na espiral de loucura de Anna e que em última análise se torna no seu fim, começa a história enredada num casamento com um homem mais velho que não ama e ao apaixonar-se por Vronski extrapola todos os sentimentos para esta relação doentia. Levin e Kiti acabam por ser levados pelas circunstâncias em que surge o amor de Anna e Vronski, Kiti rejeitada por Vronski e abandonada à sua sorte e Levin que vê a recusa do pedido de casamento por causa de Vronski, as personagens acabam por enredar-se mas acho que o amor destes dois será mais leve ainda que com alguns toques de obsessão aqui e ali acaba por ser uma Kiti que obedece e apoia o marido que é agricultor e que prospera numa Rússia decadente que tenta lutar para sair do fosso mas com uma política para inglês ver digamos assim. Acho que a frase que inicia este livro e com a qual termina reflete bem o estado de espírito das personagens numa Rússia completamente mórbida e apática de sentimentos e numa sociedade hipócrita na qual todos criticam mas na qual todos vivem! A apoteose do livro acaba por ser o trágico final de Anna, embora expectável acho que reflete bem a obsessão e a loucura de querer ser amada até ao limite e não conseguir ir para além disso terminando com a própria vida...

Anna Karénina
ISBN: 9789727089239 Ano de edição ou reimpressão: Editor: Relógio D'Água Idioma: Português Dimensões: 165 x 238 x 47 mm Encadernação: Capa dura Páginas: 896 Tipo de Produto: Livro Classificação Temática: Livros  >  Livros em Português  >  Literatura  >  Romance
Livros  >  Livros em Português  >  Plano Nacional de Leitura  >  10.º ano
Livros  >  Livros em Português  >  Plano Nacional de Leitura  >  11.º ano
Livros  >  Livros em Português  >  Plano Nacional de Leitura  >  12.º ano

Sugestões

O Ano da Morte de Ricardo Reis
20%
portes grátis
20% Cartão Leitor Bertrand
17,70€
Porto Editora
Cada Suspiro Teu
10%
portes grátis
18,50€ 16,65€
Edições Asa
X
O QUE É O CHECKOUT EXPRESSO?


O ‘Checkout Expresso’ utiliza os seus dados habituais (morada e/ou forma de envio, meio de pagamento e dados de faturação) para que a sua compra seja muito mais rápida. Assim, não tem de os indicar de cada vez que fizer uma compra. Em qualquer altura, pode atualizar estes dados na sua ‘Área de Cliente’.

Para que lhe sobre mais tempo para as suas leituras.