Bertrand.pt - A Moral em Desordem

A Moral em Desordem

Em defesa da causa do homem

de Paul Valadier 

Editor: Instituto Piaget
Edição ou reimpressão: janeiro de 2006
24H
Portes
Grátis
10%
14,69€
Poupe 1,47€ (10%) Cartão Leitor Bertrand
Em stock - Envio imediato
portes grátis

Neste ensaio, o jesuíta e Filósofo torna-se polemista para desalojar as complacências da nossa época em matéria de moral, que é caracterizada mais por uma espécie de seguidismo libertário do que por rigor intelectual. O autor convida-nos a reaprender a dizer «não» aos conformismos que fomentam uma insidiosa desordem incapaz de conduzir a sociedade para a sua felicidade.
Será que o autor de Elogio da Consciência, por acaso, se tornou reaccionário? Não, apenas faz o seu trabalho, querendo retomar as questões pelas bases ou pelos fundamentos, sem se afastar da sua conhecida vinculação à liberdade de consciência, juiz último da culpabilidade. Mas que deve, também, reabrir o dossier mais urgente da reflexão moral contemporânea, aquele a propósito do qual , para espanto, se escreve tão pouco: o dossier do famoso «direito natural». Não se trata da natureza tal qual se dá a ver, mas dum conceito construído que postula a necessidade senão de uma objectividade, pelo menos de uma objectivação de um horizonte onde existam «o bem e o mal». É verdade que o uso - ou antes o mau uso - que o Magistério da Igreja católica faz, frequentemente, deste conceito não contribuiu pouco para o desservir, para o desacreditar : cabe a cada um assumir a sua parte de responsabilidades!
Voltemos ao cristianismo. Tudo o que precede postula, para o teólogo, uma releitura da antropologia cristã. Nietzsche deverá continuar a ensinar-lhe a desviar-se de uma concepção na qual a religião surge como uma concorrência entre o homem e Deus, perdendo este à medida que ganha a sua criatura, ou o inverso. O Deus dos cristãos não é "inimigo dos homens e das suas possibilidades". Propõe uma Aliança e suscita uma liberdade chamada a desenvolver-se, simultaneamente lúcida sobre a grandiosidade do homem mas também sobre os compromissos sempre possíveis com o mal. As últimas páginas deste livro convidam a uma rigorosa meditação sobre o contributo de um cristianismo contemporâneo para com a antropologia e a moral, no grande debate perpétuo e plural que caracteriza as nossa sociedades ocidentais.
O livro de Valadier é audacioso. Vivemos em países onde, sob a capa da democracia, se chega, muitas vezes, a estabelecer que a maioria decide o que é bem ou mal. - como se a democracia se reduzisse a uma contagem aritmética. Com severidade, não sem pontos polémicos, mas também com o rigor de um grande intelectual, o autor abre dossiers essenciais, vitais, mesmo, para a ideia que o ser humano se faz ou se fará de si próprio, dos seus «valores», do seu destino. Não fiquemos apenas contentes por ler este livro. Trabalhemo-lo!

A Moral em Desordem
Em defesa da causa do homem
ISBN: 9789727716036 Ano de edição ou reimpressão: Editor: Instituto Piaget Idioma: Português Dimensões: 158 x 233 x 28 mm Páginas: 208 Tipo de Produto: Livro Coleção: Pensamento e Filosofia Classificação Temática: Livros  >  Livros em Português  >  Ciências Sociais e Humanas  >  Filosofia

Sugestões

Bullshit
10%
portes grátis
10% Cartão Leitor Bertrand
9,90€
Bookout
iPlatão
10%
portes grátis
10% Cartão Leitor Bertrand
14,50€
Clube do Autor
X
O QUE É O CHECKOUT EXPRESSO?


O ‘Checkout Expresso’ utiliza os seus dados habituais (morada e/ou forma de envio, meio de pagamento e dados de faturação) para que a sua compra seja muito mais rápida. Assim, não tem de os indicar de cada vez que fizer uma compra. Em qualquer altura, pode atualizar estes dados na sua ‘Área de Cliente’.

Para que lhe sobre mais tempo para as suas leituras.