Bertrand.pt - A Minha Mulher / Onde Vamos Morar

A Minha Mulher / Onde Vamos Morar

de José Maria Vieira Mendes 

Editor: Cotovia
Edição ou reimpressão: julho de 2007
7,00€
Esgotado ou não disponível.

Os Artistas Unidos e as edições Cotovia lançam dentro de dias um volume com dois textos de José Maria Vieira Mendes, autor que revelaram em 1998 com Dois Homens. Neste 24º volume dos Livrinhos reunem-se duas peças, A Minha Mulher com estreia marcada para Setembro no TNDM e Onde Vamos Morar escrita para os Artistas Unidos e, neste momento, sem data nem local de apresentação. A Minha Mulher recebeu o Prémio Luso-Brasileiro de Dramaturgia António José da Silva criado pelo Instituto Camões e a Fundação nacional de Arte do Brasil (Funarte). ( edição 2007). Um júri composto por João Carneiro (presidente), João Lourenço, Eugénia Vasques, pela parte portuguesa, e Reinaldo Maia, Fernando Peixoto, Marco António Rodrigues, pela parte brasileira, deliberou, por unanimidade, atribuir o Prémio a A Minha Mulher, de José Maria Vieira Mendes.

A MINHA MULHER
Um pai, uma mãe, o filho destes (Nuno), a sua mulher (Laura) e um amigo de família (Alexandre), todos numa casa de férias, num verão quente. Os dias repetem-se, pastosos, secos e amargos, num carrossel fechado, agoniante, de insultos e maus tratos e conflitos, ignorados ou escondidos por uma escuridão que os abafa. E apesar de a convivência se tornar cada vez mais intragável, de as acusações endurecerem, nenhuma mudança se descortina, nenhuma atitude que permita avistar um fim.
A Minha Mulher de José Maria Vieira Mendes partiu da vontade de pensar em teatro sobre o embate travado por duas gerações. E acabou numa reflexão sobre a memória, sobre a repetição e o amor, sobre a escrita para teatro também e sobre o escuro.
Esta peça começou a ser escrita depois da leitura de peça em um acto de Strindberg Brincar com o Fogo.

ONDE VAMOS MORAR
De novo pais e de novo filhos. Américo é o pai, doente e solitário. Vítor, o seu filho, casado com Gabriela que o deixa para partir em viagem. Patrícia, a irmã de Gabriela, vive na casa da infância, vazia agora que os pais morreram. Gustavo regressou depois de vinte anos fora do país e procura uma casa onde ficar e o pai que já há muito não via. Mas encontra apenas Vânia, a sua meia-irmã, que está ainda no princípio. E por último Mário, que trabalha como estafeta para uma florista incompetente que se engana sucessivamente na morada dos clientes.
São sete as personagens, deambulando pelas suas histórias e cruzando-se umas com as outras, numa teia irregular que todos une. Gente que entra e sai numa cidade onde muita coisa se esconde ou não se vê, onde as ruas ficam desertas à noite e por onde passa um comboio que não se sabe para onde vai.
Desencontros, partidas e abandonos. A morte, sempre. Uma peça sobre a morte, sim, o escuro, claro, mas também sobre a distância, o regresso, o esquecimento, a procura de uma morada, uma casa, só. E uma peça também sobre o fim do diálogo.
Para José Maria Vieira Mendes, a conclusão de um tempo e o arranque de outro.

A Minha Mulher / Onde Vamos Morar
ISBN: 9789728972103 Ano de edição ou reimpressão: 07-2007 Editor: Cotovia Idioma: Português Dimensões: 115 x 150 x 8 mm Tipo de Produto: Livro Classificação Temática: Livros  >  Livros em Português  >  Arte  >  Artes de Palco
Livros  >  Livros em Português  >  Literatura  >  Outras Formas Literárias
Livros  >  Livros em Português  >  Literatura  >  Teatro (Obra)

Sugestões

Hamlet
10%
portes grátis
10% Cartão Leitor Bertrand
16,60€
Assírio & Alvim
Frei Luís de Sousa
20%
portes grátis
7,70€ 6,16€
Porto Editora
X
O QUE É O CHECKOUT EXPRESSO?


O ‘Checkout Expresso’ utiliza os seus dados habituais (morada e/ou forma de envio, meio de pagamento e dados de faturação) para que a sua compra seja muito mais rápida. Assim, não tem de os indicar de cada vez que fizer uma compra. Em qualquer altura, pode atualizar estes dados na sua ‘Área de Cliente’.

Para que lhe sobre mais tempo para as suas leituras.