Bertrand.pt - A chave de casa

A chave de casa

de Tatiana Salem Levy 

Editor: Cotovia
Edição ou reimpressão: maio de 2007
Portes
Grátis
10%
14,00€
Poupe 1,40€ (10%) Cartão Leitor Bertrand
Em stock - Envio 24H
portes grátis

Tatiana Salem Levy nasceu em Lisboa mas mudou-se para o Rio de Janeiro com nove meses de idade. É judia, brasileira, portuguesa, possui ascendência turca e tem apenas 28 anos. Para além da óbvia multiculturalidade que envolve esta "autora revelação", aquilo que mais surpreende é a força do romance autobiográfico a que deu o título de A chave de casa. Nunca poderíamos supor que uma jovem adulta, de aspecto frágil, pudesse escrever de forma tão crua ao ponto de provocar uma sensação de quase claustrofobia nos seus leitores.
Audaciosa, Tatiana Salem Levy, sobrepõe uma narrativa de viagem a uma história de paralisia. Um corpo que percorre a Turquia na esperança de encontrar uma casa de família e um corpo que jaz e sofre numa cama. Um paralelo tão contraditório como as confissões que lemos; confissões sobre um amor que vai sobrevivendo graças a instantes de delírio sexual, em que tudo é permitido, aliados a momentos de medo. E, ao mesmo tempo, por entre narrativas ficcionais e memorialísticas, a figura maternal, a mãe que se ama, a mãe que já morreu mas que se quer ressuscitar, a mãe de que se precisa.

Críticas de imprensa

«Neta de judeus da Turquia e filha de comunistas do Brasil, a narradora recebe do avô a chave que abriria a porta da casa de Esmirna, para onde os avós fugiram durante a Inquisição (tal como os pais fugiram para Lisboa, anos mais tarde e por motivos diferentes). Com tão simbólica herança nas mãos pergunta-se: "E agora o que ele quer? Que eu vá atrás da sua história, recuperar o seu passado?" (p. 19). A construção da narrativa responde à pergunta, colocando esse passado num plano onde a narradora irá definindo a sua procura através do encontro com as raízes, que são também o seu presente, a par com o amor, a dúvida e o confronto com a morte, um mesmo e único legado inevitável."
Sara Figueiredo Costa

«Estamos perante uma narrativa que adere ao pathos autobiográfico. [...] As questões do nome, do território familiar e da pátria surgem tematizadas como ponto de partida de uma busca .»
António Guerreiro, Expresso

Excertos
"Conto (crio) essa história dos meus antepassados, essa história das imigrações e suas perdas, essa história da chave de casa, da esperança de retornar ao lugar de onde eles saíram, mas nós dois (só nós dois) sabemos ser outro o motivo da minha paralisia. Conto (crio) essa história para dar algum sentido à imobilidade, para dar uma resposta ao mundo e, de alguma forma, a mim mesma, mas nós dois (só nós dois) conhecemos a verdade. Eu não nasci assim. Não nasci numa cadeira de rodas, não nasci velha. Nenhum passado veio me assoprar os ombros. Eu fiquei assim. Fui perdendo a mobilidade depois que o conheci. Depois que o amei: depois que conheci a loucura através do amor, o nosso. Foi o amor (excedido) que me tirou, um a um, os movimentos do corpo. Que me deixou paralisada nessa cama fétida de onde hoje não consigo sair."

A chave de casa
ISBN: 9789727951987 Ano de edição ou reimpressão: Editor: Cotovia Idioma: Português Dimensões: 128 x 203 x 12 mm Encadernação: Capa mole Páginas: 216 Tipo de Produto: Livro Coleção: Sabiá Classificação Temática: Livros  >  Livros em Português  >  Literatura  >  Romance

Sugestões

O Ano da Morte de Ricardo Reis
30%
portes grátis
10% + 20% Cartão Leitor Bertrand
17,70€ 15,93€
Porto Editora
O Tatuador de Auschwitz
10%
portes grátis
10% Cartão Leitor Bertrand
16,50€
Editorial Presença
X
O QUE É O CHECKOUT EXPRESSO?


O ‘Checkout Expresso’ utiliza os seus dados habituais (morada e/ou forma de envio, meio de pagamento e dados de faturação) para que a sua compra seja muito mais rápida. Assim, não tem de os indicar de cada vez que fizer uma compra. Em qualquer altura, pode atualizar estes dados na sua ‘Área de Cliente’.

Para que lhe sobre mais tempo para as suas leituras.