Bertrand.pt - A Arbitragem Voluntária e a Mediação de Conflitos

A Arbitragem Voluntária e a Mediação de Conflitos

de Miguel Cancella de Abreu, Clara Moreira Campos, Arafam Mané e Filipe Lobo D'Avila 

Editor: Edições Almedina
Edição ou reimpressão: novembro de 2008
Portes
Grátis
10%
22,21€
Poupe 2,22€ (10%) Cartão Leitor Bertrand
Em stock - Envio 24H
portes grátis

A obra que agora se publica, é assim um trabalho de vanguarda, que coloca a Lusofonia no centro das grandes transformações em curso, e que se estão a operar no Mundo. Bem hajam os Autores por terem trabalhado neste "Digestum" que permitirá dar-nos a conhecer novos instrumentos de Regulação, Mediação, Conciliação e Arbitragem de conflitos, ao serviço da Justiça.
Júlio de Castro Caldas (in Prefácio)

ÍNDICE

PREFÁCIO
NOTA INTRODUTÓRIA

I PARTE Legislação sobre Arbitragem e Outros Meios de Resolução de Litígios: Conciliação e Mediação de Conflitos
TÍTULO I - ANGOLA
Capítulo I - Lei Sobre a Arbitragem Voluntária - Lei 16/03, de 25 de Julho
Capítulo II - Comentários
TÍTULO II - BRASIL
Capítulo I - Lei da Arbitragem - Lei 9307, de 23 de Setembro de 1996
Capítulo II - Comentários
TÍTULO III - CABO VERDE
Capítulo I - Lei da Arbitragem - Lei n.º 76/VI/2005, de 16 de Agosto
Capítulo II - Comentários
TÍTULO IV -
Capítulo I - Arbitragem Voluntária - Decreto-Lei n.º 9/2000, de 2 de Outubro
Capítulo II - Comentários
TÍTULO V - MACAU
Capítulo I - Arbitragem Voluntária - Decreto-Lei n.º 29/96/M, de 11 de Junho
Capítulo II - Comentários
TÍTULO VI - MOÇAMBIQUE
Capítulo I - Lei de Arbitragem, Conciliação e Mediação - Lei n.º 11/99, de 8 de Julho
TÍTULO VII - PORTUGAL
Capítulo I - Lei de Arbitragem Voluntária - Lei n.º 31/86, de 29 de Agosto
Capítulo II - Comentários
TÍTULO VIII - SÃO TOMÉ E PRÍNCIPE
Capítulo I - Lei de Arbitragem Voluntária - Lei n.º 9/2006, de 2 de Novembro
Capítulo II - Comentários
TÍTULO IX - TIMOR
Capítulo I - Código Processo Civil de Timor - Decreto-Lei n.º 2006/01
Capítulo II - Comentários
TÍTULO X - Quadro comparativo das Leis e a sua interdependência com o sistema judicial estadual

II PARTE Convenções Internacionais
TÍTULO I - CONVENÇÃO DE GENEBRA DE 1927 sobre a execução de sentenças arbitrais estrangeiras
TÍTULO II - CONVENÇÃO DE NEW YORK de 10 de Junho 1958, sobre reconhecimento e execução de sentenças arbitrais estrangeiras
TÍTULO III - LEI-MODELO DA CNUDCI sobre a arbitragem comercial internacional, de 21 de Julho de 1985
TÍTULO IV - ACORDO SOBRE ARBITRAGEM COMERCIAL INTERNACIONAL DA MERCOSUL
TÍTULO V - CONVENÇÃO DE WASHINGTON para a resolução de diferendos relativos a investimentos entre Estados e nacionais de outros Estados, de 18 de Março de 1965
TÍTULO VI - CONVENÇÃO INTERAMERICANA SOBRE ARBITRAGEM COMERCIAL INTERNACIONAL (PANAMÁ)
TÍTULO VII - DIRECTIVA 2008/52/CE DO PARLAMENTO EUROPEU E DO CONSELHO relativa a certos aspectos da mediação em matéria civil e comercial
Comentários
TÍTULO VIII - Capítulo I - ACTO UNIFORME DA OHADA (Organização para a Harmonização do Direito dos Negócios em África) Relativo ao Direito da Arbitragem
- Regulamento de Arbitragem do Tribunal Comum de Justiça e Arbitragem da OHADA
Capítulo - Comentários

III PARTE Rede de Centros de Mediação, Conciliação e Arbitragem nos Países e Comunidades de Língua Portuguesa
Conclusão
Protocolo de Colaboração, Óbidos 2005
Fotografias I Convenção RAL, Lisboa 2005

A Arbitragem Voluntária e a Mediação de Conflitos
de Miguel Cancella de Abreu, Clara Moreira Campos, Arafam Mané e Filipe Lobo D'Avila 
ISBN: 9789724036892 Ano de edição ou reimpressão: Editor: Edições Almedina Idioma: Português Dimensões: 160 x 230 x 63 mm Encadernação: Capa mole Páginas: 400 Tipo de Produto: Livro Classificação Temática: Livros  >  Livros em Português  >  Direito  >  Direito Civil

Sugestões

Código Civil - Edição Académica
10%
portes grátis
10% Cartão Leitor Bertrand
9,90€
Porto Editora
Código Civil
10%
portes grátis
10% Cartão Leitor Bertrand
12,90€
Porto Editora
X
O QUE É O CHECKOUT EXPRESSO?


O ‘Checkout Expresso’ utiliza os seus dados habituais (morada e/ou forma de envio, meio de pagamento e dados de faturação) para que a sua compra seja muito mais rápida. Assim, não tem de os indicar de cada vez que fizer uma compra. Em qualquer altura, pode atualizar estes dados na sua ‘Área de Cliente’.

Para que lhe sobre mais tempo para as suas leituras.