Bertrand.pt - 1
Opinião dos leitores
(1)

1

de Gonçalo M. Tavares 

Prémio Fundação Inês de Castro
Grande Prémio Romance e Novela da APE
Prémio Fernando Namora/Casino Estoril
Prémio Portugal Telecom (Brasil)
Melhor Livro Estrangeiro (França)
Prémio Melhor Narrativa Ficcional da SPA
Prémio Belgrado Poesia (Sérvia)
Prémio Internazionale Trieste 2008 (Itália)
Prémio Portugal Telecom (Brasil)
Prémio Literário José Saramago
Editor: Relógio D'Água
Edição ou reimpressão: abril de 2004
Portes
Grátis
10%
15,15€
Poupe 1,52€ (10%) Cartão Leitor Bertrand
Envio até 10 dias
portes grátis

Gonçalo M. Tavares nasceu em Agosto de 1970.
Em 2001 publicou a sua primeira obra Livro da Dança. Entre os seus romances mais recentes contam-se Um Homem: Klaus Klump (2003) e A Máquina de Joseph Walser (2004).
Várias das suas obras têm sido premiadas e traduzidas. Está representado em antologias de poesia publicadas na Holanda e na Bélgica, e editado em revistas inglesas e americanas. O seu livro Jerusalém recebeu o prémio do Círculo de Leitores.

Excertos

Os braços
Como viver? Não há outra pergunta séria.
Um velho com o braço direito partido
folheia o jornal com a mão esquerda.
Penso: assim seria mais fácil.
O corpo a decidir por nós.
Olho para mim: os dois braços intactos.
Que fazer?

  • A poesia como investigação
    Henrique Fialho - Livreiro Bertrand La Vie Caldas da Rainha | 14-09-2017

    Há nesta poesia uma toada fortemente alegórica que se constrói a partir de um olhar sobre os outros e sobre «pequenos pormenores» mundanos, não obstante aqui os outros serem mais entendidos no sentido heideggeriano, ou seja, como aqueles entre os quais aquele que observa também se encontra. A observação de um objecto exterior ao sujeito transforma-se rapidamente num pretexto para o sujeito se reflectir a si próprio, tornando-se este num novo objecto de interrogações. Esta parece ser a condição essencial do poeta: aquele que olhando para o mundo, olha-se a si próprio como parte integrante e inseparável do próprio mundo. Mas olha-se a si próprio com o olhar daquele que se investiga e não com as olheiras daquele que se confessa ou daquele que se lamenta.

1
ISBN: 9789727088119 Ano de edição ou reimpressão: Editor: Relógio D'Água Idioma: Português Dimensões: 139 x 209 x 17 mm Encadernação: Capa mole Páginas: 228 Tipo de Produto: Livro Coleção: Poesia Classificação Temática: Livros  >  Livros em Português  >  Literatura  >  Poesia

Sugestões

Labareda
10%
portes grátis
10% Cartão Leitor Bertrand
21,90€
Tinta da China
Traçar um Nome no Coração do Branco
10%
portes grátis
10% Cartão Leitor Bertrand
12,20€
Assírio & Alvim
X
O QUE É O CHECKOUT EXPRESSO?


O ‘Checkout Expresso’ utiliza os seus dados habituais (morada e/ou forma de envio, meio de pagamento e dados de faturação) para que a sua compra seja muito mais rápida. Assim, não tem de os indicar de cada vez que fizer uma compra. Em qualquer altura, pode atualizar estes dados na sua ‘Área de Cliente’.

Para que lhe sobre mais tempo para as suas leituras.