Manuel Costa e Silva

Manuel Costa e Silva

Biografia

Manuel Costa e Silva nasceu em Lisboa, a 19 de Março de 1938.

Concluído o liceu, muda-se para Áustria onde ingressa num curso superior de Engenharia de Máquinas. Após dois anos, em 1959, abraça o cinema e muda-se para Paris.

Aluno do IDHEC até 1961, no 2º ano é-lhe atribuída uma bolsa do Fundo do Cinema. Especializa-se em fotografia e é como operador de imagem que começa o seu trabalho no mundo cinematográfico, em especial na reportagem. Seguidamente trabalha como primeiro-assistente de operador e mais tarde como director de fotografia.

Durante o período de 1963-1964 é assistente de realização de três filmes rodados na Suécia.

Regressa a Portugal, desenvolvendo um actividade incessante em prol do cinema e da sua divulgação. Trabalha sucessivamente na Tóbis, na Média Filmes (da qual é um dos fundadores), na Unifilme e no Centro Português de Cinema (também um dos fundadores). No período de 1962-1965 escreve artigos para as revistas portuguesas Filme, Celulóide e Plano e a revista sueca Chaplin.

Para além do seu trabalho contínuo como director de fotografia e realizador, Manuel Costa e Silva teve a seu cargo inúmeros trabalhos como assistente de produção, assistente de realização, director de produção e produtor executivo.

Em 1967 adquire um bolsa da Fundação Calouste Gulbenkian para uma visita de estudo aos Estados Unidos, onde toma conhecimento de novas técnicas, estúdios e laboratórios cinematográficos.

De 1969 a 1974 dirigiu a Secção de Cinema e os Serviços de Produção do Instituto de Tecnologia Educativa.

De 1985 a 1986 pertenceu à Direcção do Festival Internacional de Cinema de Tróia, do qual foi um dos fundadores.

Teve intermitente actividade lectiva na Escola de Cinema do Conservatório Nacional, na área de Câmara e Iluminação.

Foi professor da Escola Superior de Teatro e Cinema.

Criador e director dos Encontros Internacionais do Cinema Documental, no Centro Cultural da Malaposta.

Manuel Costa e Silva foi um grande divulgador das obras de ficção, especialmente de documentários através dos festivais que dirigiu.

Faleceu a 26 de Janeiro de 1999.

Sobre este autor consulte o Dicionário do Cinema Português 1962-1988 (pp. 364-366), de Jorge Leitão Ramos, publicado pela Editorial Caminho.

partilhar
Do Animatógrafo Lusitano ao Cinema Português
Lisboa a 24 Imagens
15,04€
Editorial Caminho
Os Meus Amigos
20%
portes grátis
20% Cartão Leitor Bertrand
9,57€
Dom Quixote
X
O QUE É O CHECKOUT EXPRESSO?


O ‘Checkout Expresso’ utiliza os seus dados habituais (morada e/ou forma de envio, meio de pagamento e dados de faturação) para que a sua compra seja muito mais rápida. Assim, não tem de os indicar de cada vez que fizer uma compra. Em qualquer altura, pode atualizar estes dados na sua ‘Área de Cliente’.

Para que lhe sobre mais tempo para as suas leituras.