Celso Cruzeiro

Celso Cruzeiro

Biografia

Celso Cruzeiro nasceu em 18 de Maio de 1945, em Cajadães - S.Vicente de Lafões, e é licenciado em Direito pela Universidade de Coimbra, cidade onde viveu, de 1963 a 1969, na «República do Palácio da Loucura». De 1966 a 1969, integrou várias estruturas estudantis de luta pela conquista democrática da Associação Académica de Coimbra, desde o Secretariado do Conselho de Repúblicas à Comissão Pró-Eleições. Foi um dos responsáveis pela publicação do jornal «O Badalo», órgão de resistência estudantil e, ainda em Coimbra, colaborou nas revistas «Vértice» e «Capa e Batina». Em 1969 foi eleito para a Direcção da AAC, investido na situação de responsável pela actividade cultural daquela associação. Foi um dos principais dirigentes da revolta estudantil denominada "crise académica de 1969", da qual escreveu, vinte anos mais tarde, a história e a interpretação política, «Coimbra, 1969» (Afrontamento, 1989). Participou nas estruturas do MFA na Guiné e, após a revolução, por determinação dos responsáveis daquele Movimento, assume a chefia da redacção do jornal Voz da Guiné. Em Dezembro de 1974 é eleito para a Comissão Política Nacional do Movimento de Esquerda Socialista, organização política em que militará até à sua extinção. Em 1975 encontra-se a advogar em Aveiro, onde ajuda a fundar a Associação de Dinamização e Educação Popular de Aveiro. No plano profissional, passa então a intervir em várias causas de repercussão social. Em 1980 publica «Afluentes de Abril» (ed. Centelha) e em 1982 funda, em Aveiro, a Cooperativa de Cinema Grande Plano, que organizará o Festival Internacional de Cinema dos Países de Língua Oficial Portuguesa até 1990. Em 1995 publica o romance «Não Pode Ser» (Editorial Notícias) e em 1999 é agraciado, pela Presidência da República, com a Grã-Cruz da Ordem da Liberdade. Subscreveu o manifesto político de fundação do Bloco de Esquerda. Tem participação vária em artigos de opinião e em debates nos diversos órgãos da comunicação social.
partilhar
A Nova Esquerda Política
10%
portes grátis
10% Cartão Leitor Bertrand
14,13€
Âncora Editora
Coimbra,1969
10%
portes grátis
10% Cartão Leitor Bertrand
16,15€
Edições Afrontamento
Não Pode Ser
10%
portes grátis
10% Cartão Leitor Bertrand
9,32€
Editorial Notícias
1969 Coimbra
10%
portes grátis
10% Cartão Leitor Bertrand
10,09€
Edições Afrontamento
X
O QUE É O CHECKOUT EXPRESSO?


O ‘Checkout Expresso’ utiliza os seus dados habituais (morada e/ou forma de envio, meio de pagamento e dados de faturação) para que a sua compra seja muito mais rápida. Assim, não tem de os indicar de cada vez que fizer uma compra. Em qualquer altura, pode atualizar estes dados na sua ‘Área de Cliente’.

Para que lhe sobre mais tempo para as suas leituras.