Últimas Cartas ao Meu Irmão Théo

de Vincent Van Gogh 

Bertrand.pt - Últimas Cartas ao Meu Irmão Théo
Opinião dos livreiros
(1)
Opinião dos leitores
(1)
Editor: Padrões Culturais
Edição: novembro de 2009
Portes
Grátis
10%
6,45€
Poupe 0,65€ (10%) Cartão Leitor Bertrand
Em stock online

Esta selecção de cartas, escritas nos últimos 2 anos de vida, representa o período mais marcante na vida de Van Gogh onde este produziu a maior parte da sua pintura e no qual a sua instabilidade psíquica se agravou. Na correspondência que troca com o seu irmão, seu maior confidente e amigo, podemos constatar o quão importante era essa relação afectiva, a lucidez (afinal) do pintor que passou a parte final da sua vida em asilos, e a sua revolta calada perante uma sociedade hostil e que, não entendendo nem aceitando o seu modo de viver, era a maior responsável pelos seus internamentos. O irmão de Van Gogh, Théo suportou-o financeiramente durante a maior parte da sua existência. E morreria poucos meses depois de Vincent.

Excertos
«Calculo que, com uma pensão duns setenta e cinco francos mensais, há-de haver meio de me internar, de modo a que eu tenha tudo quanto precisar.
Em seguida, empenhar-me-ei, caso seja possível, em poder sair durante o dia para ir desenhar ou pintar ao ar livre. Pois, se aqui saio todos os dias, julgo que o sistema pode continuar.
Pagando mais, previno-te de que seria menos feliz. A companhia dos outros doentes, compreendes, não me é de todo desagradável, até me distrai. Mas um aposento separado... Resta saber como serão os regulamentos duma instituição como essa.
Quanto a mim, bem sabes que não teria escolhido precisamente a loucura se me fosse dado escolher. No entanto, talvez tenha a consolação de poder continuar a trabalhar um pouco na pintura.»

  • Sem Título
    Ana Pinto - Bertrand Campo Pequeno | 16-04-2019

    Uma aproximação poética a um dos génios da pintura. Segregado pela sociedade Vincent Van Gogh mostra uma verdadeira clareza de pensamento nestas suas últimas ao seu irmão Théo. O "Últimas cartas ao meu Irmão Théo" mostra toda a força de um laço de sangue, uma verdadeira história de Amor.

  • Emotivo
    Daniela D. - Livraria Alameda Shop & Spot | 26-02-2024

    Um mergulho emotivo na alma de um dos maiores pintores da história. “Cartas a Théo” não é uma leitura fácil; a infelicidade e desespero que assombraram Van Gogh durante toda a sua vida são claramente espelhados nesta obra mas o amor pelo seu irmão é evidente. Recomendo vivamente a sua leitura a todos os leitores que procuram saber um pouco mais sobre Van Gogh.

Da mesma coleção

Teoria do Amor
10%
portes grátis
10% Cartão Leitor Bertrand
5,60€
Padrões Culturais
O Cântico de Natal
10%
portes grátis
10% Cartão Leitor Bertrand
5,60€
Padrões Culturais
Últimas Cartas ao Meu Irmão Théo
ISBN:
9789898160690
Ano de edição:
11-2009
Editor:
Padrões Culturais
Idioma:
Português
Dimensões:
136 x 198 x 4 mm
Encadernação:
Capa mole
Páginas:
64
Tipo de Produto:
Livro
Classificação Temática:
X
O QUE É O CHECKOUT EXPRESSO?


O ‘Checkout Expresso’ utiliza os seus dados habituais (morada e/ou forma de envio, meio de pagamento e dados de faturação) para que a sua compra seja muito mais rápida. Assim, não tem de os indicar de cada vez que fizer uma compra. Em qualquer altura, pode atualizar estes dados na sua ‘Área de Cliente’.

Para que lhe sobre mais tempo para as suas leituras.