Bertrand.pt - Sociedade Civil e Estado em Angola

Sociedade Civil e Estado em Angola

O Estado e a sociedade civil sobreviverão um ao outro?

de Armando Marques Guedes 

Editor: Edições Almedina
Edição ou reimpressão: janeiro de 2006
24H
Portes
Grátis
10%
10,09€
Poupe 1,01€ (10%) Cartão Leitor Bertrand
Em stock - Envio imediato
portes grátis

O presente estudo discute a aplicabilidade do conceito de sociedade civil - uma noção desenvolvida no quadro das sociedades ocidentais e que nelas radica — à realidade de "Angola" pós-colonial. Contra o pano de fundo de diversos exemplos empíricos tidos como paradigmáticos dos processos em curso de construção de um Estado e de uma "nação" angolanos, é defendida a utilidade analítica do conceito, uma vez este reconfigurado de modo a poder dar conta das especificidades próprias deste tão complexo caso.
A modelização proposta para o efeito é relacional, retrata a ideia de "sociedade civil" como umbilical e indelevelmente ligada à de "Estado", e encara ambas como parcelas de uma chave particularmente capaz de uma melhor decifração dos difíceis, e muito arduamente contestados, processos em curso. Para tanto é proposto o esboço de uma leitura cuidada das modalidades de participação política e das formas organizacionais da sociedade civil angolana em gestação, nos intervalos que vão do período colonial tardio à 1a República e, desde então, ao longo da 2.ª República, sempre no quadro maior da progressão a que estas duas formas de acção se têm visto sujeitas.
O padrão maior que este trabalho tenta decifrar e compreender, é um de um conjunto de tentativas, hoje no essencial político-jurídicas, de decantação de unidades coesas elaboradas a partir de uma base marcada por uma enorme e dificilmente redutível diversidade.

ÍNDICE

1. Introdução e enquadramento geral
2. As conjunturas de emergência da ideia e do conceito de sociedade civil e os limites da respectiva aplicabilidade
3. As unidades constitutivas da "sociedade civil angolana": um primeiro esboço impressionista
4. Por uma periodização e uma tipificação das modalidades de participação e das formas organizacionais da sociedade civil angolana em gestação: das elites coloniais à 1a República pós-colonial: entre a convergência e a conglomeração
5. As formas organizacionais e as modalidades de participação política distintivas da 2ª República: entre a autonomização e a atomização
6. A "sociedade civil angolana" secundo-republicana entre o state-building e o nation-building: a crise do nacionalismo fundacional
7. O pluralismo e a multiculturalidade nos processos simultâneos de consolidação de uma sociedade civil, de uma nação, e de um Estado
8. A importância de uma teorização da acção transformativa para conseguir ponderar e comparar as formas e graus de eficácia da participação política de uma qualquer "sociedade civil"
9. As conjunturas pós-coloniais actuais e as reconfigurações imprescindíveis da ideia de sociedade civil

Sociedade Civil e Estado em Angola
O Estado e a sociedade civil sobreviverão um ao outro?
ISBN: 9789724026800 Ano de edição ou reimpressão: Editor: Edições Almedina Idioma: Português Dimensões: 160 x 231 x 9 mm Encadernação: Capa mole Páginas: 116 Tipo de Produto: Livro Classificação Temática: Livros  >  Livros em Português  >  Direito  >  Direito Internacional

Sugestões

Enciclopédia da União Europeia
10%
portes grátis
10% Cartão Leitor Bertrand
29,90€
Petrony Editora
Tutela Jurisdicional Efetiva no Direito da União Europeia
10%
portes grátis
10% Cartão Leitor Bertrand
34,20€
Petrony Editora
X
O QUE É O CHECKOUT EXPRESSO?


O ‘Checkout Expresso’ utiliza os seus dados habituais (morada e/ou forma de envio, meio de pagamento e dados de faturação) para que a sua compra seja muito mais rápida. Assim, não tem de os indicar de cada vez que fizer uma compra. Em qualquer altura, pode atualizar estes dados na sua ‘Área de Cliente’.

Para que lhe sobre mais tempo para as suas leituras.