Bertrand.pt - Cartas do Gervásio ao seu Umbigo

Cartas do Gervásio ao seu Umbigo

Comprometer-se com o estudar na universidade

de Pedro Rosário, Júlio António González-Pienda e José Carlos Núñez Pérez 

Editor: Edições Almedina
Edição ou reimpressão: junho de 2006
11,11€
Esgotado ou não disponível.

Apresentação do projecto
Agradecimentos
Prefácio
Introdução

O Projecto
Cartas do Gervásio ao Seu Umbigo


Carta zero
Se lerem as cartas com atenção, poderão entender os sinuosos contornos da minha experiência como caloiro na Universidade e testemunhar comigo o acontecido. Boa viagem

Carta n.° 1
Aliás, o que é exactamente adaptar-se bem à Universidade?

Carta n.° 2
Que objectivos tenho? O que é que verdadeiramente guia o meu agir, no meu estudo, na Universidade, nos meus hobbies, no meu desporto, nas relações com os outros, na minha preguiça?

Carta n.° 3
Como posso tirar melhores apontamentos?

Carta n.° 4
Sabes como vencer a procrastinação, Gervásio?

Carta n.° 5
Porque é que esquecemos?

Carta n.° 6
Quem governa a tua aprendizagem? Sabes como se distinguem os alunos que obtêm sucesso escolar?

Carta n.° 7
Qual destas afirmações está certa?

Carta n.° 8
Como se resolvem problemas?

Carta n.° 9
Conto contigo para o resolver, posso?

Carta n.° 10
Como é que consegues ter esta cadeira tão organizada? Preparar o exame com tanta intensidade?

Carta n.° 11
(...) o estudo deve ser diferente em função do tipo de exames?

Carta n.° 12
Afinal, o que é isso da ansiedade face aos testes?

Carta n.° 13
Que tal vai o teu estudo, Gervásio?

Implementar o Projecto

Introdução
Racional teórico

Aprendizagem auto-regulada: uma abordagem processual
Gramáticas da aprendizagem auto-regulada
Estrutura e funcionamento dos processos auto-regulatórios: uma abordagem sociocognitiva
Ensinar estratégias de aprendizagem
Investigação sobre os processos de auto-regulação da aprendizagem
Promover competências de auto-regulação da aprendizagem
Estrutura do Projecto

Proposta de actividades
Palavras finais
Glossário
Referências

APRESENTAÇÃO DO PROJECTO

Designação:
Cartas do Gervásio ao Seu Umbigo

Descrição:
Este projecto está orientado para discutir com alunos do 1.° ano da Universidade questões sobre estratégias e processos de auto-regu-lação da aprendizagem, equipando-os para poderem enfrentar as suas tarefas de aprendizagem com maior qualidade e profundidade. A ferramenta Cartas do Gervásio ao Seu Umbigo corresponde a um conjunto de cartas de um aluno do 1.° ano, o Gervásio, dirigidas ao seu Umbigo. Nestes textos, o Gervásio discorre e reflecte sobre algumas das suas experiências na Universidade, acentuando o papel das estratégias e dos processos de auto-regulação na sua aprendizagem.

Objectivos:
Este projecto visa:
i. Ensinar os processos de auto-regulação da aprendizagem. É importante que os alunos conheçam os processos envolvidos na aprendizagem, memorização e resolução de problemas. Este conhecimento declarativo e procedimental sobre os processos envolvidos no aprender facilitará o conhecimento condicional sobre como e onde aplicar as estratégias de auto-regulação aprendidas.
ii. Trabalhar com os alunos um repertório de estratégias de aprendizagem que os ajudem nas suas aprendizagens na Universidade e na vida. O desenho do projecto está orientado para que os alunos reflictam sobre a sua aprendizagem enquanto treinam a aplicação destas estratégias de aprendizagem à sua vida académica.

População-alvo:
Alunos do 1.° ano da Universidade, mas também outros alunos, psicólogos, professores e pais que queiram alargar os seus conhecimentos sobre as estratégias de auto-regulação da aprendizagem e as competências de estudo no contexto universitário.

Racional desta ferramenta:
A escolha do 1.° ano como alvo deste projecto de promoção de competências de estudo está ancorada na facilitação dos processos de adaptação à Universidade. Sob o guarda-chuva do modelo socio-cognitivo da auto-regulação da aprendizagem, este projecto visa equipar os alunos com um repertório de estratégias de aprendizagem que os auxilie a enfrentar as aprendizagens mais competentemente. Promover a autonomia e os processos de auto-regulação da aprendizagem é uma componente fundamental no processo de adaptação às exigências da Universidade e de formação ao longo da vida.

Metodologia:
Cada carta está organizada em torno de um conjunto de estratégias de auto-regulação da aprendizagem (e. g., estabelecimento de objectivos; organização do tempo; tomada de apontamentos; lidar com a ansiedade face aos testes; estratégias de memorização da informação). O estilo narrativo confere a esta ferramenta um carácter dinâmico permitindo uma adaptação ecológica ao contexto específico de aprendizagem.
Num estilo não prescritivo, humorístico e pouco ameaçador, os lei-tores-autores têm oportunidade de aprender um leque alargado de estratégias de aprendizagem e de reflectir sobre situações, ideias e reptos em contexto, através da voz de um aluno que vivenciou uma experiência par da deles. Esta proximidade experiencial facilita a discussão e a tomada de perspectiva dos alunos face aos conteúdos estratégicos apresentados no texto. O carácter plástico desta ferramenta permite que as cartas possam ser lidas como uma descrição romanceada da experiência de um aluno do 1.° ano e discutidas num ambiente familiar descomprometido; trabalhadas no contexto da clínica psicológica, desenvolvendo apenas os tópicos julgados necessários; ou ainda analisadas sob o formato de programa de promoção de competências de estudo com um grupo de alunos interessados.

Formato:
O projecto apresenta um formato de justaposição curricular, sem um número de sessões previstas, nem um tempo determinado para cada sessão tendo como referência o marco teórico subjacente ao projecto. As 13 cartas, ou apenas algumas destas, podem ser distribuídas pelo número de sessões que forem julgadas adequadas, exploradas por um psicólogo na consulta individual, por um professor na sala de aula ou por um educador na sala de estar.

Conteúdo:
O propósito final deste projecto é formar alunos auto-reguladores dos seus processos de aprendizagem que assumam o controlo da sua aprendizagem. Neste sentido, no projecto são trabalhados quer o racional subjacente ao projecto, quer um repertório de estratégias de auto-regulação da aprendizagem disseminadas nas cartas. São igualmente proporcionadas oportunidades de praticar e aplicar essas estratégias a diferentes tarefas e contextos de aprendizagem, e de reflectir sobre o percurso pessoal de aprendizagem.

Avaliação:
A avaliação dos produtos desta intervenção de promoção de com-petências de auto-regulação da aprendizagem deve ser coerente com os objectivos, a população e o formato escolhidos. A equipa de investigação que desenhou a ferramenta Cartas do Gervásio ao Seu Umbigo construiu questionários e instrumentos de avaliação dos processos de auto-regulação e das abordagens dos alunos a aprendizagem na Universidade que podem ser solicitados ao coordenador do projecto através do endereço prosario@iep.uminho.pt, apenas para fins de investigação.

Críticas
(...) Cartas do Gervásio ao seu Umbigo são o mote para uma intervenção intencional na promoção da auto-regulação da aprendizagem em estudantes do ensino superior. A sua oportunidade decorre das mudanças significativas que o processo de Bolonha pretende introduzir nas práticas tradicionais de ensino-aprendizagem nas nossas instituições académicas.
Leandro S. Almeida, Departamento de Psicologia, Universidade do Minho

(...) "Como irão ser os próximos anos? Conseguirei chegar até ao fim?... Estas são algumas questões às quais o Gervásio, como tantos outros jovens que iniciam o seu percurso no ensino superior, gostaria de obter respostas válidas.
Maria Paula Paixão, Departamento de Psicologia, Universidade de Coimbra

(...) o Gervásio é (...) uma importante ferramenta de intervenção, capaz de promover uma aprendizagem autónoma e auto-regulada, num momento em que esta se configura como a chave determinante para a mudança proposta por Bolonha.
Elisa Chaleta, Departamento de Psicologia, Universidade de Évora

Cartas do Gervásio ao seu Umbigo
Comprometer-se com o estudar na universidade
ISBN: 9789724027999 Ano de edição ou reimpressão: Editor: Edições Almedina Idioma: Português Dimensões: 161 x 230 x 9 mm Encadernação: Capa mole Páginas: 188 Tipo de Produto: Livro Classificação Temática: Livros  >  Livros em Português  >  Ensino e Educação  >  Pais e Educadores

Sugestões

Más Maneiras de Sermos Bons Pais
10%
portes grátis
10% Cartão Leitor Bertrand
7,50€
BIS
Inteligência Emocional
10%
portes grátis
10% Cartão Leitor Bertrand
19,90€
Temas e Debates
X
O QUE É O CHECKOUT EXPRESSO?


O ‘Checkout Expresso’ utiliza os seus dados habituais (morada e/ou forma de envio, meio de pagamento e dados de faturação) para que a sua compra seja muito mais rápida. Assim, não tem de os indicar de cada vez que fizer uma compra. Em qualquer altura, pode atualizar estes dados na sua ‘Área de Cliente’.

Para que lhe sobre mais tempo para as suas leituras.