As Portas da Percepção

seguido de Céu e Inferno

de Aldous Huxley 

Bertrand.pt - As Portas da Percepção
Opinião dos livreiros
(4)
Editor: Antígona
Portes
Grátis
10%
15,00€
Poupe 1,50€ (10%) Cartão Leitor Bertrand
Envio até 5 dias úteis
portes grátis

Numa radiosa manhã de Maio, em 1953, Aldous Huxley tomou pela primeira vez quatro décimos de grama de mescalina, dissolvidos em meio copo de água, sentou-se e aguardou os seus efeitos. Pouco depois, tudo o que o rodeava se transformou. Eis a génese de As Portas da Percepção (1954), um dos textos mais inspiradores para a contracultura americana dos anos 60. Registo minucioso de alterações sensoriais e ensaio filosófico que aborda os efeitos libertadores desta substância alucinogénica, é uma obra visionária sobre o funcionamento da mente e o desejo de transcendência do ser humano.
Esta edição inclui ainda Céu e Inferno (1956), que explora a história e a índole de experiências transcendentais.

  • A experiência de Huxley
    Mariana Martins - Livreira Bertrand Alegro Montijo | 08-05-2021

    Huxley, autor da obra incontornável “Admirável Mundo Novo”, elaborou este ensaio emblemático em 1953, e o mesmo foi publicado em 1954. Nesta época na América, dava-se o auge do movimento Hippie, e esta obra tornou-se quase um símbolo da contracultura americana, inspirando Jim Morrison a chamar à sua icónica banda The Doors, derivado do título original “The Doors of Perception”. Huxley relata-nos a sua experiência com substâncias alucinogénias, de um modo quase filosófico, e expressa como sentiu a sua consciência expandir. Interessante e elucidativo. Citando a frase de William Blake que serviu de inspiração a Huxley: “Se as portas da percepção fossem purificadas, tudo surgiria aos olhos do homem tal como é, infinito.”

  • Qual a percepção do mundo?
    Suzete Araújo - Livreira Bertrand Fórum Algarve | 22-03-2019

    Como é o mundo quando estamos sob a influência de alucinogénios? Foi isso que o autor quis relatar com esta obra. Será que a visão do individuo perante o mundo se torna mais optimista? Este ensaio com narrativa fluida é o relato da visão de Huxley num estado alterado a que o cérebro não está habituado.

  • Huxley e os alucinogénios
    Joana Coelho - Bertrand Fórum Algarve | 13-03-2019

    Relato na primeira pessoa dos efeitos da mescalina onde o autor pormenoriza as suas experiências alucinatórias. Citando a editora portuguesa deste livro, "Registo minucioso de alterações sensoriais e ensaio filosófico que aborda os efeitos libertadores desta substância alucinogénica, é uma obra visionária sobre o funcionamento da mente e o desejo de transcendência do ser humano."

  • Excelente!
    César Silva - Centro Comercial Colombo | 02-03-2019

    Um ensaio excelente sobre os efeitos da mescalina e sobre a experiência de Aldous Huxley. Um livro que nos faz ver novas perspetivas de tudo o que se passa ao seu e ao nosso redor. Um "must" para a prateleira de qualquer viciado em livros!

  • ver menos comentários ver mais comentários
As Portas da Percepção
seguido de Céu e Inferno
ISBN: 9789726082439 Editor: Antígona Idioma: Português Dimensões: 128 x 209 x 10 mm Encadernação: Capa mole Páginas: 160 Tipo de Produto: Livro Classificação Temática: Livros  >  Livros em Português  >  Literatura  >  Ensaios

Quem comprou também comprou

Livros e Cigarros
10%
portes grátis
10% Cartão Leitor Bertrand
15,00€
Antígona
Cândido ou o Optimismo
10%
portes grátis
10% Cartão Leitor Bertrand
13,90€

de Voltaire 

Tinta da China
X
O QUE É O CHECKOUT EXPRESSO?


O ‘Checkout Expresso’ utiliza os seus dados habituais (morada e/ou forma de envio, meio de pagamento e dados de faturação) para que a sua compra seja muito mais rápida. Assim, não tem de os indicar de cada vez que fizer uma compra. Em qualquer altura, pode atualizar estes dados na sua ‘Área de Cliente’.

Para que lhe sobre mais tempo para as suas leituras.