Bertrand.pt - 25 dos 4

25 dos 4

de Maia, Vasco, Cid e António 

Editor: Assírio & Alvim
Edição ou reimpressão: abril de 1999
24H
Portes
Grátis
20%
25,00€
20,00€
Em stock - Envio imediato
portes grátis

Quando pegam no jornal, muitos leitores vão com os olhos direitos ao cartoon. Lá diz o provérbio chinês: uma imagem vale mais que mil palavras. Neste caso, um simples desenho revela um acontecimento, de forma irónica e humorada. António, no "Expresso", Cid, em "O Independente", Maia, em a "Capital" e no "Semanário" e Vasco, no "Público", dispensam apresentações. Eles têm sido os mais assíduos e influentes cartoonistas desde o 25 de Abril, numa tradição de desenhadores da imprensa, que remonta a Bordalo, Leal da Câmara , Stuar, Abel Manta, Vilhena Uma dupla edição reúne, neste volume, com introdução de António Valdemar, 25 dos melhores cartoons de cada um destes quatro desenhadores, publicados na imprensa portuguesa desde o 25 de Abril (o outro volume, "CARTOONS DO ANO 1999, propõe os melhores cartoons dos mesmos autores, no ano de 1999, e tem uma introdução de António Barreto). Uma óptima ocasião para rememorar casos e protagonistas, imagens subtis, inteligentes, carregadas de humor, imagens que nos fizeram e fazem rir e pensar.

«Os 4 dos 25 acompanharam a transição para a democracia de uma sociedade conformista, de mediocridades frívolas, de um regime autoritário, habitado por fantasmas e no estertor da agonia "orgulhosamente só".
«Mas além do 25 de Abril e das alterações profundas que deram lugar a um Portugal diferente, - embora com uma classe política com os mesmos e com outros defeitos da anterior - os cartoonistas presentes neste livro também comentaram o que ocorreu no mundo: a "guerra das estrelas", o fundamentalismo islâmico, a "perestroika", a luta contra o "apartheid" e a discriminação racial. As contestações sindicais na Polónia, nos estaleiros de Gdansk, impulsionaram a derrocada da União Soviética e a queda do Muro de Berlim. Novas preocupações se acentuaram com a Comunidade Europeia, os desajustamentos de "Maastricht", a violência e a crueldade na Bósnia, a tortura e o morticínio em Timos-Leste.
«Tempo de novas calamidades: os resíduos tóxicos, a droga, a sida. Tempo de mudanças profundas no dia a dia: o computador, o telemóvel, o micro-ondas e os raios laser, o vídeo, o cartão multibanco e os computadores. Depois da confirmação de vaticínios de Júlio Verne no fim dos anos 60 com a chegada do Homem à Lua, as últimas décadas colocam-nos perante o universo da internet que também nos veio demonstrar que a "aldeia global" de McLuhan não é, afinal, uma utopia.
«Perdura nestas páginas a memória quase longínqua da intervenção activa de militares e civis, agitada por equívocos revolucionários, radicalismos utópicos, avanços de direita e divisões na esquerda. Curiosamente numerosos protagonistas desapareceram da ribalta. Hoje conseguem sobreviver graças a caricaturas e cartoons, entre os quais de deparam 25 dos 4, um olhar crítico não só do que se vê, mas do que se pensa enquanto vê.
«Uma coisa, porém, é certa: a sátira e o humor no desenho de Imprensa, que o 25 de Abril restituiu, ao prestígio da época áurea do séc. XIX e da I República, representou um contributo decisivo e uma tomada de consciência para as grandes questões nacionais e internacionais para repensar a democracia e construir um país novo.»
António Valdemar, na Introdução

Críticas
« (...) "25 dos 4" recolhe os melhores "cartoons" de António, Cid, Maia e Vasco concebidos e realizados nos últimos 25 anos, segundo os critérios dos próprios artistas. Ao todo, 100 obras de uma incontestável qualidade, "servidas" com humor e inteligência ao leitor num livro-bandeja que vale bem o preço pedido pelo editor. «Ao desfolhar as páginas da obra, a memória aviva-se com a evocação, mais subtil ou mais óbvia consoante os casos e os artistas, de momentos únicos do último quarto de século. Só por isso, por constituir um elemento de combate contra o esquecimento que o tempo instala na consciência de cada um de nós, o exercício da leitura desta obra vale a pena.» Carlos Pessoa, Público, 11/02/00

25 dos 4
ISBN: 978-972-37-0565-2 Ano de edição ou reimpressão: Editor: Assírio & Alvim Idioma: Português Dimensões: 247 x 290 x 16 mm Encadernação: Capa dura Páginas: 128 Tipo de Produto: Livro Classificação Temática: Livros  >  Livros em Português  >  Banda Desenhada  >  Humor

Sugestões

Maria - A Maior das Subversões
20%
portes grátis
7,50€ 6,00€
Edições Polvo
Astérix - O Papiro de César
20%
portes grátis
10,90€ 8,72€
Edições Asa
X
O QUE É O CHECKOUT EXPRESSO?


O ‘Checkout Expresso’ utiliza os seus dados habituais (morada e/ou forma de envio, meio de pagamento e dados de faturação) para que a sua compra seja muito mais rápida. Assim, não tem de os indicar de cada vez que fizer uma compra. Em qualquer altura, pode atualizar estes dados na sua ‘Área de Cliente’.

Para que lhe sobre mais tempo para as suas leituras.