Vozes de Chernobyl

História de um desastre nuclear (5ª Edição)

de Svetlana Alexievich 

Prémio Nobel da Literatura
Prémio Melhor Livro do Ano da Revista Lire
Prémio Médicis Ensaio
National Book Critics Circle Award
Prémio da Paz Erich Maria Remarque
Editor: Elsinore
Edição ou reimpressão: agosto de 2020
Portes
Grátis
10%
18,79€
Poupe 1,88€ (10%) Cartão Leitor Bertrand
Em stock - Envio 24H
portes grátis

Vozes de Chernobyl é a mais aclamada obra de Svetlana Alexievich, Premio Nobel de Literatura 2015, tida como o seu trabalho mais duro e impactante.
A 26 de abril de 1986, Chernobyl foi palco do pior desastre nuclear de sempre. As autoridades soviéticas esconderam a gravidade dos factos da população e da comunidade internacional, e tentaram controlar os danos enviando milhares de homens mal equipados e impreparados para o vórtice radioativo em que se transformara a região. O acidente acabou por contaminar quase três quartos da Europa.
Numa prosa pungente e desarmante, Svetlana Alexievich dá voz a centenas de pessoas que viveram a tragédia: desde cidadãos comuns, bombeiros e médicos, que sentiram na pele as violentas consequências do desastre, até as forças do regime soviético que tentaram esconder o ocorrido. Os testemunhos, resultantes de mais de 500 entrevistas realizadas pela autora, são apresentados através de monólogos tecidos entre si com notável sensibilidade, apesar da disparidade e dos fortes contrastes que separam estas vozes.
Prefácio de Paulo Moura e tradução de Galina Mitrakhovich.

Críticas de imprensa
«A sua técnica é uma mistura vigorosa de eloquência e de silêncio, descrevendo a incompetência, o heroísmo e o luto: a partir dos monólogos dos seus entrevistados, ela cria uma história que o leitor consegue de facto palpar. Ao lê-la, percebi pela primeira vez que Chernobyl foi o tsunami da Europa: mas fomos nós, humanos, que o criámos, e este tsunami é interminável.»
The Telegraph

«Terríveis e grotescas, as histórias de Vozes de Chernobyl acrescem página após página como a radiação alojada nos corpos dos sobreviventes.»
The New York Times

  • muito doloroso
    Bárbara ramos, livreira- bertrand - forum madeira | 08-05-2019

    Um livro difícil de ler. Às vezes, parece que estamos a ler sobre um passado muito distante ou sobre algo muito longe da realidade, que pertence ao mundo da ficção científica. Apesar de muito bom é muito doloroso.

  • Vozes de Chernobyl
    Mariana Torres- Bertrand Póvoa de Vrazim | 19-04-2019

    Nesta obra, Svetlana mostra coletânea de entrevistas feitas com sobreviventes da catástrofe de Chernobyl, ocorrida na década de 80. A autora dá voz aos esquecidos, abordando não apenas diferentes pontos de vista sobre a catástrofe, mas também as marcas que foram deixadas em cada indivíduo. Apesar da narrativa não ser das mais leves, é muito agradável.

  • Um livro que todos deveriam ler
    Beatriz Sertório | 03-03-2020

    Este livro destruiu-me ... Antes de ver a série e ler este livro, a única coisa que sabia sobre Chernobyl era que tinha havido um desastre nuclear e que a zona tinha sido evacuada. Tanta da história que aprendemos na escola tem a ver com tragédias que esta acabava por ser apenas mais uma, com um nome e uma data para decorar. Posto isto, não estava, de todo, à espera que este livro me afectasse da maneira que afectou. Foi uma leitura que levou tempo porque, muitas vezes, tinha que parar de ler para digerir certas passagens e dei por mim a chorar logo a partir do primeiro capítulo, mas foi, sem dúvida, uma das leituras mais importantes que já fiz até hoje. A história do desastre de Chernobyl não é apenas uma história do passado, é ainda parte do nosso presente e será também do nosso futuro. Antes de Chernobyl, o inimigo tinha um rosto - podia ser combatido e vencido; depois de Chernobyl, os inimigos estão por toda a parte, nos alimentos que ingerimos, na água que bebemos, no ar que respiramos ... É impossível ler este livro sem pensarmos no futuro do nosso planeta. Impossível não nos colocarmos na posição dos "chernobylianos" que, confrontados com uma unidade de tempo tão grande que não conseguimos sequer conceber - aproximadamente, 20.000 anos, o tempo que levará até Chernobyl ser novamente habitável-, tiveram que abandonar as suas casas, para sempre. Os relatos de como foram abatidos os animais e os testemunhos das crianças são especialmente dolorosos. Pensar que para aquelas crianças, o papão dos seus pesadelos era um perigo muito real chamado "radiação" e que tão cedo como aos 5 anos de idade, já tinham plena consciência do que é a morte e de que eles próprios iam morrer, é uma dor que deveria ser de todo o mundo. Uma das ideias que é partilhada por muitos dos testemunhos deste livro é que a literatura não os preparou para Chernobyl. O que viram e sofreram, as mortes que tiveram não se assemelhavam a nada que tivessem lido em algum livro. Svetlana escreveu este livro para relembrar as vítimas deste desastre, mas também para consciencializar as gerações vindouras dos perigos muito reais que estamos a construir para nós mesmos e, por essa mesma razão, acredito que toda a gente o deveria ler.

  • Uma lição!
    Daniel Costa | 25-02-2020

    De forma simples, o livro relata-nos o sofrimento de uma forma tão natural, que conseguimos senti-lo e colocar-nos no lugar de quem está a relatar. Um livro inesquecível.

  • Uma leitura emocionante
    Bárbara Ferreira - blogue I Keep Making These To Read Lists | 22-10-2019

    Svetlana Alexievich dá voz aos que morreram no desastre, aos que ainda vivem com as repercussões do mesmo e aos que vivem nas áreas afectadas. É uma leitura emocionante, que dá um lado humano a uma tragédia moderna, tecnológica.

  • É um livro que todos temos de ler
    Inês Mota - blogue Bobby Pins | 22-10-2019

    Não é, de todo, uma leitura fácil. Os relatos são-nos apresentados sem paninhos quentes, tal como são, e nem sempre são memórias fáceis de ler ou digerir: o sofrimento e as decisões horrendas que tiveram de ser tomadas (algumas retratadas na série) marcaram-me e mexeram comigo de tal forma que tive de deixar de ler este livro à noite. Determinadas passagens são fortes demais mas necessárias. Para compreendermos o que realmente estas pessoas tiveram de passar, para entendermos o que é que acontece quando um desastre sem precedentes ocorre, para ganharmos uma perceção real do que é que a Humanidade é capaz de fazer — para o bem e para o mal. É um livro real, cru e imprescindível. Embora custe a virar a página, senti que entregou tudo o que esperava dele. Queria testemunhos, memórias, pormenores e foi exatamente isso que recebi, sem recriações ou floreados. Svetlana limitou-se a transcrever exatamente as palavras de cada testemunha e, sinceramente, foi a sua melhor decisão. É um livro que todos temos de ler para que a História nunca mais se repita.

  • Avassalador
    Rita | 20-09-2019

    Já todos ouvimos falar de Chernobyl, certo? Mas quantos de nós sabem o que se passou após o desastre nuclear? Desenganem-se, não sabemos nada. “Vozes de Chernobyl” é um livro de leitura obrigatória. Mostra-nos aquilo que foi a transformação de um desastre num crime comparável (se é que podemos comparar a perda de vidas inocentes) ao Holocausto. Chernobyl foi mais do que um acidente, foi sofrimento, foi a redução do valor da vida humana a zero. Inúmeras gerações sofreram e continuam a sofrer por terem sido expostas a níveis elevadíssimos de radiação. Inúmeras pessoas lutaram para divulgar informação acerca do que se estava a passar e foram castigadas. Para os responsáveis pelo governo, divulgar essa informação significava criar uma onda de pânico que só perturbaria e difamaria o poder governamental. Svetlana Alexievich encontrou a melhor forma de dar a conhecer estes factos dando voz a quem os presenciou e ainda hoje sofre com eles. Para nós, leitores, serve como um lembrete de como os nossos problemas são tão insignificantes comparados com o sofrimento destas pessoas. Nós não sabemos nada…

  • O legado de uma geração
    Ana Azenha - Livreira Bertrand Foz Plaza | 11-04-2017

    Um relato brutal do que foi Chernobyl, pelos que o viveram. O que se passou antes, durante e depois, as mentiras, as atitudes despreocupadas do governo soviético, os efeitos da radiação... Tudo isso é aqui contado na primeira pessoa. Como se consegue viver assim ainda hoje? Fiquei arrepiada...

  • ver menos comentários ver mais comentários

Outros livros da coleção

Arranha-Céus
10%
portes grátis
10% Cartão Leitor Bertrand
17,69€
Elsinore
Preparação para a Próxima Vida
10%
portes grátis
10% Cartão Leitor Bertrand
24,99€
Elsinore
Vozes de Chernobyl
História de um desastre nuclear (5ª Edição)
ISBN: 9789898831828 Ano de edição ou reimpressão: 08-2020 Editor: Elsinore Idioma: Português Dimensões: 155 x 232 x 18 mm Encadernação: Capa mole Páginas: 336 Tipo de Produto: Livro Coleção: Literatura Estrangeira Classificação Temática: Livros  >  Livros em Português  >  Literatura  >  Outras Formas Literárias

Quem comprou também comprou

Auschwitz, Um Dia de Cada Vez
10%
portes grátis
10% Cartão Leitor Bertrand
17,00€
A Esfera dos Livros
Os Filhos da Droga
10%
portes grátis
10% Cartão Leitor Bertrand
15,00€
Bizâncio
X
O QUE É O CHECKOUT EXPRESSO?


O ‘Checkout Expresso’ utiliza os seus dados habituais (morada e/ou forma de envio, meio de pagamento e dados de faturação) para que a sua compra seja muito mais rápida. Assim, não tem de os indicar de cada vez que fizer uma compra. Em qualquer altura, pode atualizar estes dados na sua ‘Área de Cliente’.

Para que lhe sobre mais tempo para as suas leituras.