Bertrand.pt - Swing

Swing

de Júlio Morgado 

Editor: Edição do Autor
Edição ou reimpressão: dezembro de 2006
16,65€
Esgotado ou não disponível.

Tudo está como dantes, entretanto nada é como foi.

Swing é uma nova moraldo amor, uma realidade sociológica de importância, com milhões de adeptos em todo o mundo. Tendo como base casais, o swing vai muito para além disso...

Cada swinger encara esta realidade como uma busca da sua particular felicidade. Individualmente liberal, parte para uma nova forma de viver e de fazer reviver o seu amor, que o levará a questionar muito do que tinha como garantido.

Por trás de todas as virtudes que praticamos existe um prazer encoberto. E quando aceitamos a dor, é geralmente porque esperamos que isso se reverta no gozo futuro de um prazer maior.

Por isso não existe uma felicidade certa, a não ser aquela que construímos para nós à custa do nosso corpo e mente e da nossa moral. A haver uma felicidade errada, seria aquela que é construída à custa da infelicidade dos outros (coisa não tão rara quanto isso). Como tal, quando eu falo em prazer refiro-me não só aos sentidos mas também aos sentimentos. Ao prazer que se tem em trabalhar em favor da sociedade, ao prazer de agradar, ao prazer em ver os filhos crescer saudáveis, a esses e a todos os pequenos prazeres.
Não repudie a busca de prazer como se de um vício se tratasse, pois essa é a expressão verdadeira e inata da sua natureza humana, bem mais importante que a sua natureza social, produto do meio em que vive.

O ser humano procura uma única coisa na vida: o prazer. Se se encrespou com esta opinião, é porque é uma pessoa bafejada pela religião, que atribui à palavra "prazer" um significativo depreciativo. Pensou unicamente no prazer dos sentidos. Talvez se tivesse usado o termo "satisfação" se sentisse mais confortável, porque para si o homem procura a felicidade e um homem satisfeito é um homem feliz. Mas a felicidade é apenas um ideal, obra da imaginação. Tem apenas a ver com a forma como sentimos, que por seu lado depende do sucesso ou insucesso da satisfação das expectativas que cada um tem da vida. Mas nada me demonstra que o homem só se preocupa com o propósito final da suprema felicidade, para muitos, nos dias de hoje, um dia feliz, por si só já é uma bênção. Além de que, o que a si o faz feliz pode desagradar imensamente a outra pessoa. Contudo, um denominador comum existe em todos: a procura do prazer e a satisfação das suas necessidades. Essa é a força anímica que carrega a humanidade - se o homem aceitasse a dor e o sofrimento, a raça humana estaria extinta há muito tempo.

Esta nova moral do amor é uma realidade sociológica de importância, com milhões de adeptos em todo o mundo, tornando-se, por isso, um assunto incontornável. Será uma audácia falar nele; escandaloso seria ignorá-lo.
A comunidade swinger pode ser uma sociedade paralela, mas não é uma sociedade obscura. Dela fazem parte advogados importantes, quadros de empresas, gente do desporto, detentores de cargos públicos, músicos, dentistas, professores ou até um antigo presidente de uma grande potência. Não é, certamente, uma sociedade às avessas, onde os valores sociais se extinguem, eles existem, só que colmatados e equilibrados por outros valores de ordem sexual e uma moral diferente.
Se este estilo de vida, como é afirmado, propicia aos seus praticantes uniões mais intensas, enriquecimento das suas vidas e uma maior felicidade, então será algo que devemos olhar mais atentamente. Se esta é uma solução para combater o casamento que institucionaliza a ideologia burguesa de segurança nulificadora da vida emocional das pessoas e torna a vivência uma mesmice; então, esta é uma solução digna da nossa reflexão. Mesmo que cheguemos à conclusão que para nós não serve. Pois se pecado existe... é o pecado da ignorância.

De todas as aberrações sexuais, a castidade é a mais estranha.
Anatole France

Nota do autor

O swing - nem sempre assim designado - é uma forma de actividade sexual que a humanidade conhece desde os primórdios dos tempos. Talvez tenha sido, relatada pela primeira vez no Antigo Testamento (Êxodo 32), quando Moisés desce do Monte Sinai, com os dez mandamentos e se depara com uma enorme festa de adoração de deuses pagãos.

Não pretendo com este livro fazer a apologia do swing como estilo de vida. Não digo que deva ou possa ser adaptado por todos os casais; só a poucos fará bem, mas a esses, fará muito bem. Para outros, será fatídico! Pensem no swing como um acelerante: se a relação for boa, traz-lhe mais adrenalina (entre outras coisas); se for má, só célere será o fim (entre coisa nenhuma). (...)

Swing
ISBN: 9789892004822 Ano de edição ou reimpressão: Editor: Edição do Autor Idioma: Português Dimensões: 150 x 230 x 23 mm Encadernação: Capa mole Páginas: 320 Tipo de Produto: Livro Classificação Temática: Livros  >  Livros em Português  >  Saúde e Bem Estar  >  Vida Sexual

Sugestões

Guia da Sexualidade - 101 perguntas e respostas
10%
portes grátis
10% Cartão Leitor Bertrand
12,00€
Porto Editora
The Game
10%
portes grátis
10% Cartão Leitor Bertrand
20,09€
Editorial Presença
X
O QUE É O CHECKOUT EXPRESSO?


O ‘Checkout Expresso’ utiliza os seus dados habituais (morada e/ou forma de envio, meio de pagamento e dados de faturação) para que a sua compra seja muito mais rápida. Assim, não tem de os indicar de cada vez que fizer uma compra. Em qualquer altura, pode atualizar estes dados na sua ‘Área de Cliente’.

Para que lhe sobre mais tempo para as suas leituras.