Bertrand.pt - Relâmpago - Revista de Poesia nº 11

Relâmpago - Revista de Poesia nº 11

Carlos de Oliveira

 

Editor: Fundação Luís Miguel Nava
Edição ou reimpressão: abril de 2003
11,10€
Esgotado ou não disponível

Nascido no Brasil em 1921, de pais portugueses, Carlos de Oliveira vem para Portugal com dois anos. A família fixa-se na Gândara (que marcará profundamente a sua obra de poesia e ficção), onde o pai exerce como médico. Irá mais tarde para Coimbra, onde toma contacto com vários outros jovens, constituindo-se aí o grupo que dará início ao movimento neo-realista. O seu primeiro livro, "Turismo", foi publicado em 1942, na colecção Novo Cancioneiro. Em 1947 conclui a licenciatura em Histórico-Filosóficas e muda-se para Lisboa em 1948, casando-se um ano depois com Ângela Oliveira. Trabalha nas redações do Jornal do Comércio e da revista Eva, dedicando-se em exclusivo à escrita a partir de finais da década de 60. Uma obra de grande rigor e depuração verbal, que reescrevia à medida que fazia novas edições (o ensaio de Rosa Maria Martelo inserido na revista, e intitulado ""Retrato do artista enquanto reescritor" aborda esse lado), uma obra que " à medida que os anos passam, tem adquirido um relevo e uma importância que a publicação de cada um dos seus livros só em pequenos círculos de leitores ia alcançando." (Pequeno Roteiro da História da Literatura Portuguesa) Morreu em Lisboa em 1981.

Carlos de Oliveira é um dos maiores poetas portugueses (e ficcionista). Manuel Gusmão, no ensaio que lhe dedica neste número da "Relâmpago não hesita mesmo em afirmar: "Carlos de Oliveira (...e Herberto Helder) aparecem-me desde há muito como dois dos pólos mais poderosos do sistema constelar da poesia portuguesa posterior a Pessoa, se é que não do século XX."

Para além de Manuel Gusmão e Rosa Maria Martelo, há ainda ensaios de José Ricardo Nunes e Pedro Eiras, duas cartas de Carlos de Oliveira, testemunhos de Armando Silva Carvalho, Augusto Abelaira, Eduarda Dionísio, Eduardo Prado Coelho, Fernando Lopes, Fernando Pinto do Amaral, José Manuel Mendes, Margarida Gil, Nuno Júdice e Urbano Tavares Rodrigues. E ainda fotografias, fac-símiles de poemas, as capas dos livros, uma bibliografia e uma curta nota biográfica.

Como acontece nos outros números, este nº 11 da "Relâmpago" dá-nos também a ler poesia inédita. De A. M Pires Cabral, Adília Lopes, António Franco Alexandre e Sandro Penna. E recensões críticas aos mais recentes livros de Ana Hatherly, António Osório e José Bento, e à edição da poesia completa de Luís Miguel Nava.

Relâmpago - Revista de Poesia nº 11
Carlos de Oliveira
ISBN: 977087395010 Ano de edição ou reimpressão: Editor: Fundação Luís Miguel Nava Idioma: Português Dimensões: 160 x 240 x 20 mm Encadernação: Capa mole Páginas: 224 Tipo de Produto: Livro Classificação Temática: Livros  >  Livros em Português  >  Literatura  >  Revistas Literárias

Sugestões

Quatro Cinco Um
10%
portes grátis
10% Cartão Leitor Bertrand
5,00€
Tinta da China
Revista Ler - Verão 2018 - nº 150
10%
portes grátis
10% Cartão Leitor Bertrand
6,00€
Círculo de Leitores
X
O QUE É O CHECKOUT EXPRESSO?


O ‘Checkout Expresso’ utiliza os seus dados habituais (morada e/ou forma de envio, meio de pagamento e dados de faturação) para que a sua compra seja muito mais rápida. Assim, não tem de os indicar de cada vez que fizer uma compra. Em qualquer altura, pode atualizar estes dados na sua ‘Área de Cliente’.

Para que lhe sobre mais tempo para as suas leituras.