Bertrand.pt - Porquê Eu? Porquê Isto? Porquê Agora?

Porquê Eu? Porquê Isto? Porquê Agora?

de Robin Norwood 

Editor: Sinais de Fogo Publicações
Edição ou reimpressão: abril de 2003
16,96€
13,57€
Esgotado ou não disponível.

Com o seu livro anterior, o bestseller internacional Mulheres que Amam Demais, Robin Norwood alterou a forma como pensamos sobre o amor.
Agora, em PORQUÊ EU? PORQUÊ ISTO? PORQUÊ AGORA?, a autora convida os seus leitores - mulheres e homens - para uma viagem ao domínio do Espírito e oferece uma perspectiva revolucionária sobre a adversidade, indo ao encontro de algumas das nossas questões mais profundas e perturbadoras:

"Porque está isto a acontecer-me?"
"Qual é o objectivo da dor?"
"O que está o meu corpo a tentar dizer-me?"

Este livro aborda estas questões de frente e ilustra-as com exemplos concretos. Ao fazê-lo, a autora lança alguma luz sobre temas como:

· Karma individual e familiar
· A natureza predestinada dos laços emocionais
· Como escolhemos os nossos pais e as circunstâncias do nosso nascimento
· As nossas vidas passadas e os nossos problemas presentes
· A dependência como caminho para a transformação

Excertos

A vida parecia boa, de facto, a seguir à publicação do meu primeiro livro, Women Who Love Too Much. Era casada com um homem inteligente e bem sucedido que me apoiava no meu trabalho. Tinha um consultório florescente de psicoterapia, era uma autora campeã de vendas e uma autoridade internacionalmente reconhecida em dependência relacional. Tinha conseguido destilar todo o sofrimento de anos de fracasso com os homens e com o amor, com a ajuda de um programa espiritual, transformando-o em sabedoria que me salvou a vida. Passara a ajudar mulheres de toda a parte a fazerem o mesmo por si próprias. Foi um tempo de gratidão pelo meu próprio restabelecimento e de orgulho pelo que estava a realizar no mundo. Mas esse estado não estava destinado a durar muito mais.

Num dia de Outono, em 1986, regressava de avião para a Califórnia a seguir a uma palestra e comecei uma conversa de circunstância com a senhora sentada ao meu lado. Enquanto conversávamos, ela lançou-me subitamente um olhar perscrutador.

"Quantos anos tem?" perguntou, mudando de tom.

"Faço 42 anos em Julho próximo", respondi.

Ela assentiu lentamente, continuando a olhar-me com atenção. "Toda a sua vida vai mudar durante o próximo ano", informou-me solenemente.

Achei graça. "Não, não. Não está a perceber. Já mudou.", disse-lhe eu. "Para mim as coisas foram sempre muito difíceis, mas agora estão perfeitas." Informei-a sorridentemente até onde tinha chegado em poucos anos. "Agora tenho um marido muito bom e tenho verdadeiro êxito pela primeira vez na vida. Está tudo absolutamente perfeito.", repeti orgulhosamente.

"Tudo vai mudar," respondeu ela. "Vai desaparecer tudo." A seguir disse, à laia de explicação, "Eu tenho um dom, sabe? Vejo coisas."

Nessa altura chegou uma hospedeira com o jantar e a conversa não voltou ao tema do que o futuro me reservava. Mas ficou provado que ela tinha toda a razão.

Em Abril do ano seguinte estava a divorciar-me do meu marido, já não trabalhava como terapeuta e, apesar de ainda não o saber, estava gravemente doente e a morrer lentamente.

Porquê Eu? Porquê Isto? Porquê Agora?
ISBN: 9789728541460 Ano de edição ou reimpressão: Editor: Sinais de Fogo Publicações Idioma: Português Dimensões: 140 x 210 x 20 mm Encadernação: Capa mole Páginas: 240 Tipo de Produto: Livro Coleção: Outro Olhar Classificação Temática: Livros  >  Livros em Português  >  Ciências Sociais e Humanas  >  Filosofia

Sugestões

Ou-Ou
20%
portes grátis
18,00€ 14,40€
Relógio D'Água
Silêncio na Era do Ruído
20%
portes grátis
15,50€ 12,40€
Quetzal Editores
X
O QUE É O CHECKOUT EXPRESSO?


O ‘Checkout Expresso’ utiliza os seus dados habituais (morada e/ou forma de envio, meio de pagamento e dados de faturação) para que a sua compra seja muito mais rápida. Assim, não tem de os indicar de cada vez que fizer uma compra. Em qualquer altura, pode atualizar estes dados na sua ‘Área de Cliente’.

Para que lhe sobre mais tempo para as suas leituras.