Bertrand.pt - O Senhor Henri
Opinião dos livreiros
(1)

O Senhor Henri

de Gonçalo M. Tavares 

Prémio Belas Artes de Tradução Literária
Prémio Tabula Rasa
Prémio Fundação Inês de Castro
Grande Prémio Romance e Novela da APE
Prémio Fernando Namora/Casino Estoril
Prémio Portugal Telecom (Brasil)
Melhor Livro Estrangeiro (França)
Prémio Melhor Narrativa Ficcional da SPA
Prémio Belgrado Poesia (Sérvia)
Prémio Internazionale Trieste 2008 (Itália)
Prémio Portugal Telecom (Brasil)
Prémio Literário José Saramago
Editor: Editorial Caminho
Edição ou reimpressão: abril de 2003
13,90€
Esgotado ou não disponível

Plano Nacional de Leitura
Livro recomendado para o 3º ciclo, destinado a leitura autónoma.

Com uma entrada de supetão (como se diz na gíria futebolística), Gonçalo M. Tavares publicou nos últimos dois anos meia dúzia de livros (por vários géneros, poesia, narrativa e teatro), ganhou dois prémios (Prémio Branquinho da Fonseca, atribuído a "O Senhor Valéry" e Prémio de Revelação de Poesia da APE pelo livro "Investigações.Novalis"), e galgou fronteiras, com traduções em antologias poéticas (na Holanda e Bélgica) e em revistas anglo-saxónicas.
Chega-nos uma nova narrativa, "O Senhor Henri", herói das 36 curtas histórias deste livro. O senhor Henri, tal como o senhor Valery, gosta de jogos de linguagem, e é uma pessoa muito bem informada, fervoroso leitor da enciclopédia. E sabe de cor as datas dos vários acontecimentos. Mas é uma pessoa só, tendo por companhia a sua bebida de cor esverdeada, o absinto.

"O problema do senhor Henri é que nem sempre sabe o que fazer com tanta sabedoria acumulada. Porque o senhor Henri não interage com ninguém. Ele é o exemplo acabado do solipsista, do homem fechado sobre si mesmo, egocêntrico, arrogante e misógino. Ao contrário do senhor Valéry, ele não se assusta com o mundo, porque o mundo se resume ao que ele sabe, ao que ele diz. "Máquina de raciocínio", "animal do pensamento", produtor de "uma indústria filosófica", o senhor Henri é "cerebral em todas as direcções" e tem "quilómetros e quilómetros de inteligência dentro da cabeça". Quem o diz é o próprio, sem o mínimo pudor, entre dois copos de absinto. Porque o absinto "é a minha teoria sobre o mundo"."
José Mário Silva, Diário de Notícias

Excertos

... é verdade que se um homem misturar absinto com a realidade fica com uma realidade melhor.
... mas também é certo que se um homem misturar absinto com a realidade fica com um absinto pior.
... muito cedo tomei as opções essenciais que há a tomar na vida - disse o senhor Henri.
... nunca misturei o absinto com a realidade para não piorar a qualidade do absinto.

  • Filosofia num copo de absinto
    João Diniz - Livraria Bertrand Colombo | 11-06-2019

    Histórias curtas mas cheias de significado, apresentadas por mais um dos singulares habitantes do Bairro de Gonçalo M. Tavares. Senhor Henri ensina-nos que a filosofia pode vir dos sítios mais improváveis, que a resposta às perguntas mais complexas pode estar submersa no fundo de um copo de absinto.

O Senhor Henri
ISBN: 9789722115537 Ano de edição ou reimpressão: 04-2003 Editor: Editorial Caminho Idioma: Português Dimensões: 149 x 217 x 13 mm Encadernação: Capa dura Páginas: 98 Tipo de Produto: Livro Classificação Temática: Livros  >  Livros em Português  >  Literatura  >  Romance

Quem comprou também comprou

Viagem ao País da Manhã
11,99€
Cavalo de Ferro
Fantasia para Dois Coronéis e Uma Piscina
10%
portes grátis
10% Cartão Leitor Bertrand
10,00€
Leya
X
O QUE É O CHECKOUT EXPRESSO?


O ‘Checkout Expresso’ utiliza os seus dados habituais (morada e/ou forma de envio, meio de pagamento e dados de faturação) para que a sua compra seja muito mais rápida. Assim, não tem de os indicar de cada vez que fizer uma compra. Em qualquer altura, pode atualizar estes dados na sua ‘Área de Cliente’.

Para que lhe sobre mais tempo para as suas leituras.